segunda-feira, 20 de agosto de 2018


RN TEVE 27 HOMICÍDIOS NO FIM DE SEMANA

02 - São Gonçalo do Amarante.

01 - Georgino Avelino

05 -  Nísia Floresta

06 - Natal

02 - Canguaretama

01 - São Tomé

03 -  Mossoró

01 - Extremoz

01 - Arez

01 - Ipanguaçu

01 - Nova cruz

02 - Macaíba

01 - são José do Mipibu

(166ª/167ª/168ª) Três pessoas foram mortas dentro de casa no Papoco em Mossoró

O triplo homicídio aconteceu na Rua Manoel Antônio, próximo as margens do Rio Mossoró, na região da Várzea/Papoco em Mossoró no Rio Grande do Norte.

As vitimas estavam sem identificação e estavam morando no local há duas semanas. Segundo informações, são três homossexuais, sendo dois do sexo masculino e foram encontradas mortas a tiros, dentro de uma casa, na manhã de hoje, 20 de agosto.

Segundo moradores da região, ontem por volta das 10h da noite, foram ouvidos os tiros e a Central de Operações da Polícia, foi acionada, mas as viaturas não localizaram a casa onde aconteceram as mortes. Hoje pela manhã, com apoio de moradores, a policia encontrou a casa e os corpos das vitimas.

A policia ainda não sabe a quem atribuir a autoria dos crimes. O delegado Rafael Arraes acompanhou a pericia no local do crime e aguarda a presença de familiares para identificar as vitimas e alguma informação sobre os possíveis motivos do triplo homicídio.

O Câmera

MP DENUNCIA PREFEITO BATATA, VEREADOR LOBÃO E ABDON MAYNARD


Após ser deflagrada a Operação Tubérculo, o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) ofereceu denúncia à Justiça potiguar contra dez investigados. Além do prefeito de Caicó Robson Batata, do vereador Raimundo Inácio Filho e do lobista Edvaldo Pessoa de Farias, foram denunciadas mais sete pessoas. O documento é assinado pelo procurador-geral de Justiça, Eudo Rodrigues Leite.

O prefeito de Caicó foi denunciado pelos crimes de corrupção passiva (duas vezes), dispensa indevida de licitação, corrupção ativa (duas vezes) e associação criminosa. Já o vereador Raimundo Inácio Filho, por corrupção ativa (duas vezes), e o lobista Edvaldo Pessoa de Farias por corrupção passiva, tráfico de influência e associação criminosa.
Além dos três, foram denunciados Allan Emannuel Ferreira da Rocha (corrupção ativa, dispensa indevida de licitação e associação criminosa), Felipe Gonçalves de Castro, Maurício Ricardo de Moraes Guerra, Alberto
Cardoso Correia do Rêgo Filho (corrupção ativa, lavagem de dinheiro, dispensa indevida de licitação e associação criminosa), João Paulo Melo Alves da Silva (corrupção ativa), Antônio Felipe Pinheiro de Oliveira (lavagem de dinheiro) e Abdon Augusto Maynard Júnior (corrupção passiva, lavagem de dinheiro, dispensa indevida de licitação e associação criminosa).

O MPRN ainda tem diligências em andamento, o que pode inclusive resultar em novas ações penais no futuro. A operação Tubérculo foi deflagrada na terça-feira (14) e cumpriu três mandados de prisão e outros seis mandados de busca e apreensão em Caicó e Natal. Além de presos preventivamente, o prefeito e o vereador Raimundo Inácio Filho foram afastados dos cargos. O lobista cumpre prisão temporária. A operação Tubérculo é um desdobramento das operações Cidade Luz, deflagrada em julho de 2017 e que desvendou um esquema criminoso instalado na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Natal da constituição de cartel entre empresas pernambucanas que prestavam
serviços de iluminação pública na cidade; e Blackout, realizada em agosto do mesmo ano e que apurou superfaturamento e pagamento de propina para manutenção do contrato de iluminação pública em Caicó.

Facções expulsam moradores de suas casas, e Ceará acumula refugiados urbanos

Num primeiro momento, João (nome fictício) deu de ombros para as ameaças. Há quase 30 anos na mesma casa, não imaginava que seria expulso da comunidade que viu crescer em Fortaleza.

Em junho passado, o que era apreensão virou medo. Homens em motos rodaram o bairro gritando os números das residências das quais os moradores tinham 48 horas para partir. Ou morreriam.

“Minha casa estava entre elas. [Os bandidos] foram me buscar dias depois. Eu não estava, só minha família. Tinha acabado de sair, e os vi do carro. Não retornei. Foi o tempo de minha família recolher o que podia e sair.”

Em dez dias, a família dormiu em cinco lugares diferentes, com medo. “Vivo escondido mesmo sem dever um centavo a ninguém”, conta ele, que era dono do imóvel e hoje paga R$ 400 de aluguel no interior do Ceará. O nome dele e o das vítimas citadas nesta reportagem foram trocados.

João faz parte das 133 famílias que, desde junho de 2017, procuraram a Defensoria Pública do Ceará relatando a expulsão de suas casas por facções criminosas que dominam principalmente a zona periférica de Fortaleza.

“Os chamamos de refugiados urbanos, pessoas que perdem suas casas e hoje moram longe de onde sempre viveram ou do conjunto para qual mudaram por meio de programas sociais”, diz a defensora pública geral, Mariana Lobo.

O número de pessoas atendidas é multiplicado por quatro, média de uma família comum, o que significaria mais de 500 expulsos. A defensora calcula, porém, que é um número subestimado, já que muitos têm medo de denunciar.

Somente no bairro de João, de janeiro a junho deste ano, 54 famílias tiveram que deixar suas casas, algumas com tanto medo que pediram escolta para a polícia, e apenas duas procuraram ajuda.

A guerra entre traficantes, principalmente, fez com que Fortaleza aparecesse no topo do levantamento de mortes violentasentre as capitais brasileiras em 2017, com 77,3 mortes por 100 mil pessoas, atrás apenas de Rio Branco, segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Em Fortaleza, o PCC, o Comando Vermelho e os Guardiões do Estado, uma facção local, disputam pontos de venda de droga.

O Ceará é o terceiro estado mais violento do Brasil (59,1 mortes por 100 mil), atrás de Rio Grande Norte e Acre —a taxa média do Brasil é de 30,8.


PERDI A CHAVE DO CARRO, E AGORA ?


"Tenha sempre uma ou duas chaves reservas do seu veiculo, assim você evita dor de cabeça e principalmente dor no BOLSO!"

Em Caicó você tem a Caicó Auto Chaves.

Chaves codificadas para automóveis nacionais e importados.

Observação  !

Consertamos módulos de Air Bag e ABS !!
Consertamos buzina de toyota hilux e corola em geral !!

Contatos - 84 - 9. 9668-8485

WhatsApp - 84 - 9.9945-5859

domingo, 19 de agosto de 2018


MORRE DEIVISON KELLRS, VOCALISTA DA BANDA TORPEDO

Vocalista lutava há um ano contra o câncerFoto: Divulgação

Faleceu, neste domingo (19), vítima de câncer de fígado, o vocalista da Banda Torpedo Deivison Kellrs, 30 anos. Segundo o assessor de comunicação da banda, Silvano Melo, o cantor estava internado desde o último dia 4, em um hospital particular do Recife, depois que apresentou uma piora do quadro de saúde. No dia 10, precisou de maior monitoramento e estava na UTI da unidade de saúde, respirando com ajuda de aparelhos.

A luta de Deivison Kellrs contra o tumor no fígado começou há mais de um ano. Muito debilitado pela doença, aos poucos teve que ir se afastando dos palcos, mas sua jornada era acompanhada por milhares de fãs nas redes sociais. Muitos nomes da música pop brega vinham se solidarizando com a situação e organizando shows beneficentes que custeassem tratamento do cantor. Neste domingo, muitos deles lamentaram a morte precoce do amigo.

Tentativa de homicídio na zona oeste de Caicó


Por volta 17:45 deste domingo (19), Foi registrado uma tentativa de homicídio próximo ao clube Muralhas no bairro Walfredo Gurgel na zona oeste de Caicó.

Um homem conhecido por JOSÉ SALES de aproximadamente 45 anos, foi vítima de 05 disparos de arma de fogo e foi socorrido para o Hospital Regional de Caicó por uma viatura da Polícia Militar.


19:09 - A vítima dos disparos de arma de fogo deu entrada na urgência do regional e logo em seguida foi encaminhado para o centro cirúrgico daquela casa de saúde. O seu estado de saúde é considerado grave. Os tiros atingiram um dos braços, perna e o abdômen da vítima.




Polícia prende mulher envolvida no homicídio do Policial Ildonio

Polícias Civis juntamente com Polícias  Militares efetuaram na manhã deste domingo (19), a prisão de GRÉCIA TEODORA GURGEL DE MEDEIROS, 21 anos. Grécia é companheira de VANTUIR LIMA, um dos executores do Policial Ildonio. Grécia estava no ônibus atacado pelos assaltantes e avisou aos criminosos sobre a presença de um policial no interior do veículo, fato motivador da execução do Policial Militar. Ressalte-se que a flagranteada foi a única a não ter seus pertences subtraídos durante a ação dos criminosos. Os policiais estavam no encalço da acusada desde o dia dos fatos, e hoje pela manhã receberem informações anônimas de que a mesma estaria na casa de sua avó, oportunidade em que se deslocaram ao endereço e efetuaram a prisão da mesma.