Associação que acolhe 700 animais em Caicó pode ficar sem abrigo

12:11:00

Defato.com – A Associação Caicoense de Proteção aos Animais e Meio Ambiente (Acapam) enfrenta dificuldades relativas à locação do imóvel que serve de sede para a entidade e abriga cerca de 700 animais, dentre os quais, contabilizam­se 500 gatos e 200 cães que foram recolhidos das ruas. Segundo informações fornecidas pela presidente da Acapam, Esmeraldina Maria de Medeiros, o contrato de locação firmado entre o proprietário do imóvel, onde funciona atualmente a sede da associação, e a locatária, terá o prazo expirado em dezembro deste ano.
Não havendo mais por parte do locador interesse em renovar o contrato. Fato que deixa a associação em situação preocupante. “O contrato do aluguel foi feito em fevereiro de 2014 e perdura até dezembro de 2015, mas o proprietário do imóvel já expressou que não tem interesse em renová­lo. Então, estamos já preocupados em conseguir um lugar adequado para alugar e comportar nossos 700 animais”, declarou Esmeraldina.
Fundada em 2011, a Acapam que é constituída por cinco funcionários fixos e colaboradores de alguns segmentos da sociedade local, surgiu da necessidade de prestar assistência ao número considerável de animais abandonados na cidade e que se encontravam em estado de vulnerabilidade. A presidente da entidade foi a idealizadora do projeto, que só tomou forma graças à solidariedade e esforço mútuo e coletivo de muitos caicoenses.

Leia Também...

0 comentários