segunda-feira, 16 de março de 2015


Governo do Estado decreta situação de calamidade do sistema prisional

                                             


Será publicado nesta terça-feira (17), no Diário Oficial, o decreto nº 25.017 que declara a situação de calamidade do sistema prisional do Rio Grande do Norte. Com a decisão, medidas de emergência serão tomadas a fim de restabelecer a normalidade do sistema no estado. Uma força tarefa para adotar e executar medidas urgentes como construção, restauração das unidades parcialmente destruídas, reformas, adequações e ampliações com objetivo de criação de novas vagas.

O Governador Robinson Faria entrou em contato com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e solicitou o auxílio da Força Nacional e do Departamento Penitenciário Nacional, Depen, para dar apoio às soluções aos problemas do sistema prisional. 


As medidas da situação de calamidade foram propostas depois que o relatório de Situação e Diagnóstico foi verificado, e consideram a destruição por parte dos rebelados de mil vagas divididas entre Alcaçuz (450), Presídio Estadual de Parnamirim 
(250) e Cadeia Pública de Natal (300). 

Na noite desta segunda-feira (16), um incêndio a um micoônibus em Nova Parnamirim também foi registrado.
Via Tribuna do Norte

JGM ESQUADRIAS CAICÓ

JGM ESQUADRIAS - CAICÓ RN

AQUI VOCE ENCONTRA QUALIDADE E PREÇO BAIXO.
APRESENTAMOS PARA VOCÉ O MELHOR CUSTO BENEFÍCIO QUANDO SE FALA EM PORTAS EM CAICÓ E
REGIÃO.
CONFIRAM NOSSOS PREÇOS
NOSSO ACABAMENTO É FINO , LIXA 100 PARA TINTA E 120 PARA VERNIZ
-PORTA 210 X 80 DE FRENTE - 260 REAIS
-PORTA 210 X 80 PARA QUARTO - 240 REAIS
-PORTA 210 X 70 PARA QUARTO - 220 REAIS
-PORTA 210 X 60 PARA BANHEIRO - 220 REAIS
- JANELA 1 X 80 - 170 REAIS
- JANELA 80 X 80 - 150 REAIS
- JANELA 60 X 80 - 120 REAIS
- FORRAS 212 X 60, 70, 80 - 85 REAIS
-TRABALHAMOS COM MADEIRAS ANDIROBA, LOURO CANELA E CADRINHO
-A JGM ESQUADRIAS FICA LOCALIZADA NA RUA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - NÚMERO 370 - BAIRRO
SOLEDADE.
-CONTATOS - CEL 084-9603-7111
Dudu Costa

Líderes de motins serão transferidos para presídios federais, diz juiz

                                                


Titular da Vara de Execuções Penais de Natal, o juiz Henrique Baltazar dos Santos afirma que o Estado irá transferir alguns dos líderes dos motins realizados nos últimos dias, nas unidades prisionais da Grande Natal, para unidades federais. Entretanto, não se sabe ao certo quais e quantos presos mudarão de cárcere, pois ainda estão sendo identificados. Há apenas uma unidade federal no Rio Grande do Norte, a Penitenciária Federal de Mossoró. Dessa forma, os líderes do movimento podem acabar sendo transferidos para outros estados.
Emanuel AmaralJuiz de Execuções Penais, Henrique Baltazar, disse que providências estão sendo discutidas

“Eu tenho sido convidado para participar de reuniões com o governo. Discutimos alternativas e damos sugestões. Participam, geralmente, o governador, representantes da Polícia Militar, da Coordenadoria de Administração Penitenciária, da Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania, dentre outros órgãos. As decisões são sigilosas, mas posso adiantar que pretende-se apressar a construção de algumas unidades prisionais e transferir alguns presos para unidades federais. Estamos identificando os líderes para realizar essas transferências”, disse.


O juiz disse, ainda, estar preocupado com a situação do sistema prisional no Rio Grande do Norte. “As principais causas dessa crise são a superpopulação nas unidades prisionais e o número insuficiente de agentes. A situação é preocupante. O Estado precisa agir rapidamente. É necessária uma atitude imediata, porque se continuar da forma como está se perderá totalmente o controle”, completou. 

Na última quinta-feira (12), detentos de três cadeias da Grande Natal realizaram motins simultâneos, na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na Penitenciária Estadual de Parnamrim (PEP) e no Presídio Provisório Professor Raimundo Nonato (CDP), zona Norte de Natal. Nesta segunda-feira (16), os presos fazem novos motins nas unidades de Alcaçuz e também no Complexo Penal João Chaves, na zona Norte da capital potiguar.
Via Tribuna do Norte

Governo pede à população que não compartilhem boatos


O Governo do Estado do Rio Grande do Norte vem mais uma vez comunicar a população que todas as medidas estão sendo adotadas para conter as rebeliões que foram deflagradas no Sistema Prisional da região Metropolitana na última semana. Os episódios visam desestabilizar a ordem e a paz social.
O Estado mobilizou o efetivo policial necessário para o enfrentamento das demandas oriundas dos motins registrados. A partir de amanhã (17) o Rio Grande do Norte contará com o incremento de 200 homens da Força Nacional de Segurança Pública e dois helicópteros para reforçar o policiamento não somente nas áreas prisionais, mas em toda capital. Já houve prisões de pessoas ligadas aos atentados a ônibus, apreensões de armas e explosivos.
O Governo ratifica o compromisso com a população no sentido de garantir a ordem, resguardando os direitos humanos, e pede que os cidadãos mantenham a tranquilidade frente a esse movimento episódico e temporário que aflige, por ora, a paz social e que evite compartilhar boatos e informações inverídicas por meio das redes sociais.

Ônibus são incendiados em Natal; Secretaria apura ordem de presídios


Até as 21h, quatro ataques foram registrados na região metropolitana.
Governo investiga relação com onda de rebeliões em unidades prisionais.

Felipe Gibson, Fred Carvalho e Carlos CruzDo G1 RN
Ônibus foi incendiado na Avenida Hermes da Fonseca, em Petrópolis (Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi)Ônibus incendiado na Avenida Hermes da Fonseca, em Petrópolis (Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi)
Uma série de ataques a ônibus foi iniciada na tarde desta segunda-feira (16) na Grande Natal. Até o momento, a Polícia Militar do Rio Grande do Norte registrou quatro ocorrências nos mesmos moldes. De acordo com a PM, criminosos ordenaram que funcionários e passageiros deixassem os veículos e atearam fogo nos ônibus. A cena se repetiu no bairro Petrópolis, na Zona Leste; no conjunto Vale Dourado, na Zona Norte; no bairro Golandim, em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana; e em Parnamirim, também na Grande Natal.

Terceiro incêndio ocorreu no terminal do Golandim, em São Gonçalo do Amarante (Foto: Divulgação/Polícia Militar do RN)A Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) apura se os ataques têm relação com a onda de rebeliões que ocorrem desde a semana passada nos presídios do estado. O governo do Rio Grande do Norte decretou situação de calamidade do sistema prisional do estado por causa dos motins. Seis unidades prisionais tiveram celas quebradas e colchões queimados em rebeliões na quarta (11), quinta (12), sexta (13) e nesta segunda.

Em entrevista à InterTV Cabugi, a secretária de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte, Kalina Leite Gonçalves, afirmou que não vai negociar com os presos. "O que o poder público tem que fazer é garantir os direitos constitucioniais. Agora, nenhuma possibilidade de negociação com preso", disse.

Os ataques levaram as empresas de ônibus a recolher a frota de veículos mais cedo, conforme a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal. A secretária estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Kalina Leite, autorizou os táxis a realizarem lotações durante a noite e madrugada para atender a população. O Sindicato dos Rodoviários do Rio Grande do Norte informou que os ônibus começarão a circular às 5h desta terça.
Terceiro incêndio ocorreu no terminal do Golandim
(Foto: Divulgação/Polícia Militar do RN)
O primeiro ataque foi registrado no conjunto Vale Dourado, onde quatro homens atearam fogo em um ônibus na Avenida Santarém. O incêndio foi evitado pelos próprios passageiros, que utilizaram extintores para conter as chamas. Os suspeitos do crime fugiram sem serem identificados.

A Polícia Militar registrou o segundo incêndio de ônibus no bairro Petrópolis, na Zona Leste de Natal. O comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar, major Antônio Marinho, informou que o crime foi cometido por três homens. "Um deles estava armado e mandou o motorista e os passageiros descerem, dizendo que só queria o ônibus. Os outros dois jogaram gasolina e atearam fogo", afirma o major. Os responsáveis pelo incêndio fugiram a pé e não foram identificados. Ninguém ficou ferido com as chamas.

O terceiro caso foi no terminal do bairro Golandim, em São Gonçalo do Amarante. O major Manoel Kennedy, comandante do 4º Batalhão da PM, relatou que criminosos ordenaram a saída de passageiros e funcionários do ônibus antes de incendiar o veículo e fugir. Por último, um ônibus foi incendiado na BR-101, em Parnamirim, na Grande Natal.
Alcaçuz enfrenta rebeliões de presos há mais de uma semana (Foto: Heloisa Guimarães/Inter TV Cabugi)Alcaçuz enfrenta rebeliões de presos há mais de uma semana (Foto: Heloisa Guimarães/Inter TV Cabugi)
Rebeliões
A onda de rebeliões nos presídios começou na última quarta-feira. Os motins continuaram na quinta, sexta e nesta segunda, atingindo até agora seis unidades prisionais do Rio Grande do Norte. As grades e celas dos pavilhões foram quebradas e em alguns casos os detentos foram levados para as quadras dos presídios.
Detentos destruíram seis celas do Centro de Detenção da Ribeira, em Natal (Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi)Detentos destruíram seis celas do CDP da Ribeira
(Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi)
Após a onda de rebeliões, o governo anunciou a exoneração do secretário estadual de Justiça e Cidadania, Zaidem Heronildes da Silva Filho. A Sejuc será comandada interinamente pela delegada de Polícia Civil Kalina Leite Gonçalves, que já responde pela Sesed.

Foram alvos de ataques o Centro de Detenção Provisória da Ribeira, na Zona Leste de Natal; a Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta; a Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP); o Complexo Prisional João Chaves, na Zona Norte; o Presídio Provisório Professor Raimundo Nonato, na Zona Norte; e o Centro de Detenção Provisória (CDP) da Zona Norte.


Força Nacional
A assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social informou que foi solicitado apoio da Força Nacional em virtude da onda de rebeliões no sistema prisional. O reforço federal, segundo a assessoria da Sesed, pode chegar a 300 homens, que devem começar a chegar a partir desta terça-feira (17). Além do reforço de pessoal, dois helicópteros cedidos pelo Ministério da Justiça chegam a Natal também nesta terça.
Presos encerram rebelião em Alcaçuz no fim de tarde desta quarta (11) (Foto: Divulgação/Sejuc)Presos iniciaram rebeliões na quarta em Alcaçuz
(Foto: Divulgação/Sejuc)
A assessoria acrescentou que o decreto de calamidade para o sistema penitenciário será publicado no Diário Oficial do Estado desta terça. A decisão permite que medidas de emergência sejam adotadas e determina a criação de uma força tarefa. A Secretaria Estadual da Justiça e da Cidadania fica responsável por designar uma comissão especial de licitação, que deve acompanhar todos os processos e decisão a serem adotadas.

A força tarefa deverá apresentar ao governador Robinson Faria, a cada 30 dias, um relatório circunstanciado das atividades. As medidas da situação de calamidade foram propostas após a apreciação do relatório de Situação e Diagnóstico, e consideram a destruição por parte dos rebelados de mil vagas divididas entre Alcaçuz (450), Penitenciária Estadual de Parnamirim (250) e Cadeia Pública de Natal (300).
 
Danos à estrutura da penitenciária de Alcaçuz ainda não podem ser quantificados (Foto: Divulgação/Sejuc-RN)Presídios danificaram estruturas de presídios
(Foto: Divulgação/Sejuc-RN)
MP investiga falta de vagas
O Ministério Público do Rio Grande do Norte instaurou inquérito civil para investigar a falta de vagas nos presídios do estado. O inquérito vai apurar medidas usadas pelos órgãos públicos responsáveis pela gestão do sistema penitenciário estadual. Segundo o MP, não há unidades prisionais suficientes no estado.
De acordo com o MP, a população carcerária no RN é de, aproximadamente, 7.650 pessoas e o Estado disponibiliza cerca de 4 mil vagas. Devido à recente série de rebeliões nos presídios, o órgão investigará as condições estruturais das unidades prisionais e a gestão do sistema penitenciário.
A "grave ineficiência funcional dos agentes públicos responsáveis pela gestão deste sistema" é citada na publicação do Diário Oficial local como um dos principais motivos para a superpopulação carcerária.


Ônibus de Natal são orientados a irem para garagem após quatro atentados

                                   
Sindicato dos transportes públicos de Natal solicitou que todas as empresas de ônibus recolham os transpores o mais rápido possível para suas garagens. Já são quatro atentados a ônibus na noite de hoje.
 Atentados
20150316165136No fim da tarde, por volta das 17:30hs um ônibus da linha 72 foi incendiado na avenida Santarém por dois homens ainda não identificados.Segundo os passageiros que estavam no coletivo, homens em um veículo tipo HB20 de placa OWA 3258, teriam abordado o coletivo e mandado que todos os passageiros saíssem, em seguida, eles atearam fogo dentro do coletivo. Ainda segundo os passageiros, os dois incendiários diziam a todo momento que as ordens teriam sido dadas de dentro do presídio e que “os ataques continuariam caso Dinorá, não fosse exonerada”.
Já durante a noite mais um ônibus foi incendiado desta vez na Avenida Hermes da Fonseca, Zona Sul de Natal. Minutos depois, um ônibus foi tombado no bairro Vale Dourado na Zona Norte da cidade.
Em todos os casos, os presos dizem que a ordem partiu de alcaçuz e que o PCC está no comando. Todo sistema de segurança do estado está empenhado na tentativa controlar a situação.
190rn.com

URGENTE: CLIMA TENSO NESSE MOMENTO NA GRANDE NATAL

  Segundo informações nas últimas duas horas foi registrado três ataques a ônibus na grande Natal
  Vários ônibus sendo incendiados por bandidos armados
  Durante todo o dia de hoje (16) foi registrado tentativas de fugas em presídios da grande Natal.

URGENTE: REGISTRO DE ASSALTO AGORA POUCO EM CAICÓ

  Por volta das 20 horas dois homens homem prova mente armados assaltaram a esposa de um Policial Militar no Bairro Serrote Branco zona Norte de CAICÓ
  Segundo informações foi levado um cordão de ouro da Vítima.

Prefeito de Caicó manda colocar falta em funcionários grevistas

                                 


                                         
Funcionários da Prefeitura de Caicó entraram em contato com a nossa reportagem para informar que o atual Prefeito de Caicó mandou colocar falta em funcionários que estiverem participando de greve, segundo os mesmos esta atitude é ilegal e imoral por parte do executivo Caicoense, pois o sindicato seguiu todos os trâmites legais da greve, aviso prévio de 72h e assembleias, vale lembrar que a mesma esta sendo com funcionários de nível superior. Veja a nota enviada a nosso Blog.
                                      

Nota de esclarecimento dos Servidores Municipais à população caicoense

Vimos por meio desta esclarecer a população Caicoense os motivos  da  greve que se inicia próximo dia 18/03/2015. Para esclarecimento de alguns o funcionalismo municipal é regido pela lei  4.384/2009 que trata do Planos de Cargos Carreiras e Salários  do município de Caicó. Há quatro anos essa lei vem sendo ferida no que diz respeito ao reajuste, digo reajuste não aumento dos salários dos  servidores de nível superior. Há exatos quatro anos vemos nosso salário ser engolido vorazmente pela alta dos preços  sem termos ao menos nosso salário corrigido pelo aumento do mínimo. Ano passado nossa defasagem chegava a 55%, após uma ameaça de greve o prefeito negociou 20% da defasagem para abril/2014 e o restante para  janeiro de 2015, como já era esperado em janeiro nosso salário mais uma vez não teve a devida correção, o prefeito cumpriu toda a tabela de funcionários corretamente deixando de fora mais uma vez apenas o nível superior. Não podemos mais cruzar os braços diante de tamanho descaso e falta de respeito com a nossa classe, é revoltante e injusto um funcionário de nível superior ter seu salário congelado dessa forma arbitrária. Pedimos a compreensão de toda população neste momento de luta por nossos direitos, nós só temos por nós, nós mesmos, se não lutarmos, Roberto Germano será mais um gestor que nos desrespeitara de forma arbitrária e coronelista. Greve não é sinônimo de folga, estaremos dando nosso expediente sim, porém de braços cruzados em frente ao Centro Administrativo demonstrando nossa insatisfação e revolta até que o prefeito cumpra o nosso direito. Pedimos o apoio e a compreensão  da população para que juntos possamos vencer mais esta luta.
 Via Lucielio Henrique

CDL de Caicó elegerá nova diretoria nessa terça

                                                                                       



Está marcada para amanhã (17) a eleição da Câmara de Dirigentes Lojistas de Caicó. Os eleitos comporão a Diretoria e o Conselho Fiscal da CDL de Caicó para o biênio 2015-2017. A eleição será por aclamação por existir apenas uma chapa na disputa. Os sócios efetivos da instituição são convocados para participar da Assembleia Geral Ordinária, a partir das 19 horas, na Casa do Empresário. A chapa homologada tem como presidente o empresário Erick Gomes Souto. A diretoria também é composta por: João Batista (1° vice-presidente), Chandemberg Gois (2° vice-presidente), José Jorge Dantas (1° tesoureiro), Marcus Túlio Vale (2° tesoureiro), Íldica Vale (1ª secretária), Misael Neto (2° secretário), Kaio Vilar (diretor de eventos), José Danilo de Medeiros (diretor de serviços e produtos).

Desentendimento com o futebol

                                                       


Crise de contratos no futebol, mas agenda cultural garantida. Essa  é a realidade da Arena das Dunas pouco mais de um ano após sua inauguração. ABC e América resolveram pedir revisões em seus acertos com o consórcio administrador. O Alvinegro não pretende mais atuar em Lagoa Nova até que 17 pontos do acerto sejam revisados. Sem opções, o Alvirrubro manterá seus jogos na Arena, mas pressiona anunciando para breve a inauguração do seu estádio próprio. Além disso, o risco de penhora por parte de credores da OAS, ainda existe. No entanto, a função multiuso funciona bem apesar de demissões na área de marketing e comercial da empresa co-gestora do local.
ana silvaA Arena das Dunas está com a agenda de eventos preenchida, mas tem desafios com os clubesA Arena das Dunas está com a agenda de eventos preenchida, mas tem desafios com os clubes

O ABC tem reunião do Conselho Deliberativo marcada para esta semana. No encontro, dentre outros assuntos internos, os dirigentes pretendem debater os pontos dissonantes do contrato assinado com a Arena das Dunas. Procurados, os dirigentes afirmaram que preferiam primeiro ouvir os conselheiros para só depois comentar o assunto.


Entretanto, segundo informações de dentro do próprio clube, seriam 17 os pontos discutidos. O Alvinegro estaria disposto a enfrentar uma batalha jurídica e não atuaria na Arena até que tudo fosse revisto. Prova disso é que as próximas partidas abecedistas, inclusive o confronto com o Boavista/RJ, válido pela Copa do Brasil estão agendados para o estádio Maria Lamas Farache – Frasqueirão.

FormasNo América, o advogado Eduardo Rocha, que voltou a fazer parte da gestão, assegurou que o clube irá cumprir o contrato, mas antecipou que também pretende discutir o mesmo. Uma das formas de pressionar a Arena das Dunas é a afirmação de que o clube passará a ter estádio próprio já em julho, na data do centenário. “Nós, ao contrário de outros, não descumprimos contrato. Mas pretendemos sim rever alguns pontos pois as despesas são muito altas para jogar na Arena. Além disso, em breve teremos a Arena do Dragão”, antecipou Rocha.

Por enquanto, ao contrário do rival ABC, o América não tem esse poder de barganha e a opção número 1, caso viesse a romper com a Arena das Dunas, seria voltar a atuar no estádio Nazarenão, em Goianinha. Essa opção é bem vista por alguns membros da diretoria, por dois pontos principais.

O primeiro deles é técnico. Por se tratar de um estádio menor, a pressão dos torcedores é maior, mesmo com um público menor. Pesa a favor dessa teoria a campanha do clube na Série C em  2011, quando obteve o acesso para a Série B com um excelente aproveitamento.

O outro ponto destacado diz respeito às finanças. Apesar da capacidade de público ser menor, as despesas praticamente são inexistentes, o que garante uma renda líquida maior para o clube. O ponto negativo fica por conta da distância de cerca de 60Km entre Natal e a cidade de Goianinha.

Mas se existem problemas com os clubes, os eventos seguem em sua normalidade na Arena das Dunas. Apesar da saída dos profissionais responsáveis pelas áreas comercial e de marketing, o próprio site do local anuncia uma agenda bastante movimentada. Entre o restante do mês de março e Abril existem cinco eventos programados para o local.

O maior deles, que inclusive utilizará a área do gramado para receber público é o O Festival GROOVE. O evento reunirá no dia 18 de abril as bandas Natiruts,  Rastafeeling Reggae, Banda UsKaravelho e  @farfromalaska. Na agenda ainda existe um evento corporativo de um banco nacional, show e encontros para jovens apaixonados por vídeo games
Via Tribuna Do Norte
.

Detentos quebram grades e celas em motins no RN; situação é controlada

                                                            

G1/RN – Os motins iniciados em três unidades prisionais da Grande Natal nesta segunda-feira (16) foram controlados no início da tarde. Os presos quebraram celas e queimaram colchões na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na Penitenciária Estadual de Parnamirim, e Complexo Prisional João Chaves.
Os primeiros motins desta segunda começaram durante a manhã na Penitenciária de Alcaçuz e na Complexo João Chaves. A diretora de Alcaçuz, Dinorá Simas, informou que os presos dos pavilhões 2 e 3 quebraram todas as 30 celas, onde estavam encarcerados 258 detentos. “Os presos estão no mesmo local só que sem as celas”, afirmou a diretora.
                                            
Segundo o diretor da João Chaves, José Joanilson de Souza, as informações são de que as ordens para que se iniciasse o motim partiram da Penitenciária de Alcaçuz. “As 10 celas da unidade foram quebradas. Grades e parte da alvenaria foram destruídas. Estamos esperando o posicionamento dos superiores para saber como devemos proceder com a condução dos presos”, disse o diretor.

Vândalos colocam garrafa e latinha de cerveja em estátuas das praças de Caicó

   
Não bastassem as constantes pichações, as estátuas de José Augusto, na Praça da Alimentação, e a do Senador Dinarte Mariz na Praça do Coreto, vêm sendo alvo de outros atos de vandalismo. Agora os vândalos estão colocando touca, lata de refrigerante, e até garrafa de cerveja.
Ao postar na rede social Instagram, logo o caso ganhou repercussão e um leitor do blog enviou enviou outro registro ainda do Carnaval referente à estátua do Senador Dinarte Mariz. Os internautas e seguidores de plantão repudiam tais atitudes.
Via Gláucia Lima
Sem-título3 (1)
çkç

Quase 150 pessoas passam mal durante almoço em São José do Seridó


Um almoço que tinha tudo para ser festivo pela posse da nova presidência do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São José do Seridó terminou em um tumulto generalizado. Tudo começou por volta do meio-dia, quando o novo presidente Jair Rodrigues convidou todos os presentes para um almoço. Jair só não esperava que por volta das 14 horas centenas de seus convidados, inclusive ele próprio apresentassem sintomas de infecção intestinal, como vômito e diarréia.
A correria para o Hospital e Maternidade da cidade foi grande. Em pouco tempo a unidade ficou lotada de pacientes. Médicos que estavam de folga foram convocados pela direção para ajudar o profissional que estava de plantão no hospital. “Ainda estamos fechando esse dado, mas acredito que quase 150 pessoas deram entrada aqui ontem. Vinha gente de carro, de taxi, e muitos foram pra casa”, disse Segundo Lima, diretor do Hospital em contato com o Blog do Marcos Dantas.

O diretor disse que a situação foi tão extrema que todo o estoque de medicamentos destinados para casos de infecção, que daria para suprir a demanda de muitos meses, rapidamente foi usado para atender os casos deste domingo. “Usamos todo nosso estoque de Plasil e Buscopan. Eu tinha mais ou menos umas 200 ampolas de plasil e acabamos tudo. Estou mandando buscar mais para repor nosso estoque”, disse.

JGM ESQUADRIAS-CAICÓ RN

JGM ESQUADRIAS - CAICÓ RN

AQUI VOCE ENCONTRA QUALIDADE E PREÇO BAIXO.
APRESENTAMOS PARA VOCÉ O MELHOR CUSTO BENEFÍCIO QUANDO SE FALA EM PORTAS EM CAICÓ E
REGIÃO.
CONFIRAM NOSSOS PREÇOS
NOSSO ACABAMENTO É FINO , LIXA 100 PARA TINTA E 120 PARA VERNIZ
-PORTA 210 X 80 DE FRENTE - 260 REAIS
-PORTA 210 X 80 PARA QUARTO - 240 REAIS
-PORTA 210 X 70 PARA QUARTO - 220 REAIS
-PORTA 210 X 60 PARA BANHEIRO - 220 REAIS
- JANELA 1 X 80 - 170 REAIS
- JANELA 80 X 80 - 150 REAIS
- JANELA 60 X 80 - 120 REAIS
- FORRAS 212 X 60, 70, 80 - 85 REAIS
-TRABALHAMOS COM MADEIRAS ANDIROBA, LOURO CANELA E CADRINHO
-A JGM ESQUADRIAS FICA LOCALIZADA NA RUA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - NÚMERO 370 - BAIRRO
SOLEDADE.
-CONTATOS - CEL 084-9603-7111
Dudu Costa

Presos se rebelam simultenamente em presídios da zona Norte e em Alcaçuz


Os presos do Presidio Provisório Raimundo Nonato se rebelaram mais uma vez nesta segunda-feira (16) após ter uma tentativa de fuga frustrada pelos agentes penitenciários do local. Eles se amotinaram e destruíram as paredes do Pavilhão I e passaram para o pátio.
Eles estão separados por uma cerca e sendo contidos pelo Batalhão de Operações Especiais (BOPE) enquanto outros tentaram a fuga destruindo o muro. A situação no local é critica e o reforço já foi solicitado.
IMG-20150316-WA0068
Os presos do local são liderados por cinco sírios que foram presos no fim do ano passado no Aeroporto Internacional Aluísio Alves. Mais viaturas da Polícia Militar (PM) foram solicitadas para o auxilio na contenção dos presos.

Outro motim se iniciou simultaneamente na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, onde os presos exigiram o afastamento da atual diretora da unidade, Dinorá Simas. Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque)também foi acionado para ajudar na contenção dos presos dos pavilhões 2 e 3.
Via 190RN

Polícia Civil “identifica” homem morto a tiros em Caicó. Família não aparece para reconhecimento



5 PEDRAS DE CRACK E UMA NOTA DE R$ 10 FORAM ENCONTRADOS NO BOLSO DA VÍTIMA
Há mais de oito horas após o crime de homicídio ocorrido no final da noite desse domingo 15, na cidade de Caicó, e nenhum familiar para reconhecer o corpo do jovem que foi morto  tiros por desconhecidos nas proximidades da “Mãe Pobre”, entrocamento dos bairros Paulo VI e João XXIII.
A Polícia Civil, através da equipe de Agentes coordenados pela delegada plantonista, Dra.Helena Cristina, conseguiu identificar com sendo a vítima de nome Flaviano Santos da Silva, 35 anos, solteiro, morador de rua, e mais conhecido no mundo das drogas como “Fabinho”.
Para a polícia, o trabalho investigativo já é precário por causa da ausência de testemunhas, a lei do silêncio impera na zona onde ocorreu o crime, e mais prejudicado ainda ficará se nenhum familiar comparecer para identificar o corpo, que se encontra na geladeira do Itep de Caicó.
Via Jair Sampaio

Possivel Incêndio criminoso na madrugada de hoje (16) em caicó

Foto: Veículo incendiado no Samanaú
Registro de Incêndio na madrugada de hoje (16) em Caicó
O veículo  tipo Ford/Ranger de cor prata placas
 MYX-6856, ano 2005/2005 de Natal/RNde propriedade de Antônio de Assis 
Estava estacionado na Rua Sulivan Medeiros n° 80 no bairro Samanaú


                        

o veiculos foi incendiado por pessoas desconhecidas
Segundo informações do proprietário, que é um vendedor de redes,
ele diz saber quem seria o mandante do incêndio contra o seu veículo de trabalho. 
Seria um agiota da Zona Oeste que mora no bairro Barra Nova. 
A Polícia Militar  o orientou  a prestar queixa-crime
contra o suspeito.

URGENTE: ASSALTO REGISTRADO EM BARRA DE SANTANA

Assalto em barra de santana , dois elementos  armados invandiram uma residencia na comunidade Barra De Santana renderam uma senhora e levaram um pano de ouro e uma motocicleta modelo bros cor vermelha.
PM na região.