CEDUC; Rebelados liberam mais um menor com ferimentos na cabeça



Os rebelados do Ceduc de Caicó  acabaram de liberar um dos menores  que eram mantidos como refém  dentro  da unidade.
O menor esta com um profundo fermento  na cabeça e foi levado ao hospital regional  por uma equipe do Serviço  de Atendimento  Móvel  de Urgência  (SAMU).
Via Eduardo Dantas

CLIMA TENSO NESSE MOMENTO NO CEDUC DE CAICÓ

  25 internos estão com três funcionários reféns
Alguns familiares dos menores estão aflitos na parte de fora da unidade,  equipes do Samu, Bombeiros, Policial Civil, Judiciário, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal todas estão no local inclusive dois Juízes e alguns profissionais da imprensa.

SITUAÇÃO DE MOMENTO NO CEDUC DE CAICÓ

  Um interno ferido com corte na cabeça
  Três funcionários feitos reféns no interior da unidade
Nesse momento dois Juízes estão no interior do ceduc negociando a liberação dos funcionários feitos reféns.

URGENTE ASSALTO EM CAICÓ! !


Assalto ao Supermercado de Hominho no Castelo Branco na Zona Leste da cidade.

Dois elementos em uma moto, aguardando mais Levaram dois celulares.
Um elemento desceu armado e outro ficou esperando na moto. Roubaram dois celulares da filha de Hominho que estava trabalhando no caixa.

Juiz de Execuções de Alcaçuz estranha demora da Polícia em entrar no Pereirão

                                    
Ainda na entrevista concedida à Rádio Rural de Caicó, o juiz Henrique Baltazar Vilar dos Santos, que responde pela Vara de Execuções Penais de Nísia Floresta disse estranhar a demora que a Polícia Militar levou para entrar nas dependências do Presídio de Caicó.
Dr. Henrique acredita que se a entrada tivesse acontecido mais cedo, logo nos primeiros momentos da rebelião, a destruição das celas tinha sido a mínima. “Polícia não pode esperar mandado judicial para entrar em presídio. Isso não existe em lugar nenhum”, comentou.

Detentos do Pavilhão 3 da Penitenciária Mário Negócio destroem 18 celas em motim

            celasmossoro
Por volta das 11h30, cerca de 200 detentos do Pavilhão 3, lados A e B, da Penitenciária Agrícola Mário Negócio iniciaram uma rebelião. Os presos começaram o motim logo após o almoço batendo nas grades e queimando colchões e alguns presos fizeram outros detentos de refém. Ao todo, 18 celas foram destruídas.
Quatro presos ficaram feridos e foram salvos após a entrada dos agentes que notaram o motim, segundo o vice-diretor da unidade prisional, José Fernandes. Aparentemente, José Fernandes disse que eles não tinham nenhuma reivindicação, mas acredita-se que a ordem tenha partido do foco das rebeliões no Rio Grande do Norte.
Ele disse que o movimento foi controlado por volta das 12h30 quando eles conseguiram contornar a situação. “Os agentes foram recebidos com paus, pedras. Eles quebraram tudo lá dentro. Queimaram colchões. O cenário neste pavilhão é de destruição”.
via jornal de fato

PM intensifica abordagens a transporte público em Natal


        pmonibus
A secretaria estadual de Segurança Pública, por meio do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) da PM, está intensificando durante esta terça-feira (17) o trabalho de policiamento com abordagens nos transportes públicos de Natal. A operação Transporte Seguro tem o objetivo de garantir a paz social e a segurança aos motoristas e cobradores, bem como aos usuários do sistema de transporte público da capital.
                
A Polícia Militar tem reforçado o trabalho nas quatro regiões administrativas da cidade, bem como intensificado o policiamento ostensivo nas paradas de ônibus e nas principais vias de ônibus como forma de coibir a ação dos criminosos e resgatar a sensação de segurança na circulação das pessoas que utilizam o sistema de transporte público.
A Sesed reforça o compromisso com a população no sentido de garantir a ordem, resgatando os direitos humanos, e pede que os cidadãos mantenham a tranquilidade frente a esse movimento episódico e temporário que aflige, por ora, a paz social e que evite compartilhar boatos e informações inverídicas por meio das redes sociais.

Governo cede e clubes terão 240 meses para quitar dívidas com a União

O governo decidiu ceder a um apelo dos clubes de futebol e resolveu manter em 240 meses o prazo para que os times possam refinanciar as suas dívidas com a União. A decisão será anunciada na tarde desta terça-feira (17) após reunião de ministros e líderes da base aliada na Casa Civil em que fecharão o texto da medida provisória que reforma o futebol brasileiro.
O governo defendia que a dívida dos clubes fosse parcelada em até 180 meses uma entrada de 10% sobre a dívida de cada um. Dados extraoficiais utilizados pelo Planalto indicam passivo de R$ 4 bilhões, a maior parte com o INSS e o FGTS.
                 
A medida provisória deveria ter sido apresentada aos parlamentares na manhã desta terça mas, segundo o ministro George Hilton (Esporte), ele foi finalizado na manhã de hoje e será apresentado aos parlamentares em reunião na Casa Civil às 14h30. O ministro deverá detalhar a proposta após o encontro.
A MP foi um dos temas discutidos em um café da manhã com com o vice-presidente Michel Temer, os ministros Aloízio Mercadante (Casa Civil), Pepe Vargas (Relações Institucionais) e Hilton, e líderes da base aliada na Câmara. Segundo interlocutores, o Ministério da Fazenda finalizou o texto na manhã desta terça e por isso não houve tempo hábil para apresentar a proposta aos deputados.
Reportagem da Folha de S.Paulo desta terça mostra que o texto estabelece que os presidentes de clubes passarão a ter mandato limitado em quatro anos, prorrogável por igual período. Estarão, ainda, sujeitos à responsabilização civil e criminal em caso de gestão temerária.
A agremiação que aderir ao Refis (programa de refinanciamento) e não honrar as parcelas do programa, ou contrair novas dívidas junto ao poder público, pode ser até rebaixada de série. Na visão do governo, somente uma penalidade dessa natureza é capaz de fazer com que clubes entrem na linha.
Folha Press


Blog do BG: 

MELHOR PREÇO EM METRO QUADRADO EM CAICÓ

OPORTUNIDADE DE MORAR COM TRANQUILIDADE E CONFORTO,
  CASA COM 3/4, SERROTE BRANCO I,
DESCRIÇĀO DO IMOVEL
-GARAGEM PARA 2 VEICULOS
-SALA DE ESTAR
-3 DORMITÓRIOS SENDO 1 SUITE
- COZINHA
- BANHEIRO SOCIAL
-ÁREA DE SERVIÇO
VALOR PROMOCIONAL
ACEITAMOS FINANCIAMENTO BANCARIO
CENTRAL DE VENDAS
(84) 9905-0393/ 9157-4343
FRANCINALDO MEDEIROS
CORRETOR DE IMÓVEIS
CRECI 5347/RN

Pavilhões do Pereirão de Caicó estão destruídos e preso é mantido refém

Segundo o promotor Geraldo Rufino, que acompanha as negociações com os amotinados da Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó, o grupo destruiu celas e queimou colchões nos pavilhões B e C. Os presos ficarão recolhidos ao pavilhão A. O clima de tensão aumenta a cada hora no presídio.

Ainda de acordo com Geraldo Rufino, há informações de que um apenado estava sendo mantido refém pelos demais. O tumulto em Caicó ainda teria sido totalmente controlado. Detentos do pavilhão E ainda resistem em suspender as manifestações.

Policial Militar da Paraíba é preso em Caicó tentando levar garoto a força para motel


Um fato lamentável ocorreu na noite de hoje em Caicó quando policiais militares abordaram um veículo Fiesta placa MZH-9418 conduzido pelo PM Rosenildo Alves de Assis, residente em Caicó no bairro Recreio.
A abordagem foi nas proximidades do Estádio  Marizão, os policiais acharam estranho aquele carro de vidros escuros e pouca velocidade, ao realizar a abordagem descobriram que o condutor era um Policial Militar lotado na cidade de Brejo do Cruz-PB. No banco de passageiro se encontrava um menor de idade de 16 anos, que disse aos PMS que não conhecia o Rosenildo e que ele lhe ofereceu uma carona e no caminho travou as portas do carro e ainda lhe ofereceu dinheiro para ir a um Motel da cidade.

Com essa indagação do menor, o PM foi detido e conduzido a delegacia Civil, ele também apresentava sintomas visíveis de embriaguez Alcoólica. Segundo o que foi apurado, o PM seria autuado além da embriaguês ao volante outro crime de favorecimento a prostituição Infanto juvenil, não cabe fiança.
Os pais do garoto estavam revoltados com o PM por tentar levar seu filho a força para um MOTEL. Essas informações foram também reforçadas pelo próprio pai do garoto.
Via v&cArtigoseNoticias

Caicó ficará sem fornecimento de energia a partir desta quarta


                 
O município de Caicó ficará sem fornecimento de energia a partir desta quarta-feira (18), já que a COSERN fará manutenção na rede elétrica do município. Nesta quarta-feira (18) o fornecimento será interrompido no bairro Boa Passagem nas ruas Santa Maria e adjacências começando a partir das 8h da manhã e encerrando ao meio dia.

Já na quinta-feira (19) os trabalhos serão prosseguidos no bairro Darcy Fonseca nas ruas Djalma Aladim e adjacências, além do centro da cidade que compreende a rua Marinheiro Manoel Inácio e outras próximas aos pontos de ajuste

Via vcartigosenoticias.com

Rebelião no Pereirão em Caicó ainda não chegou ao fim

Foto: Eduardo Dantas

Apesar da Polícia ter entrado  no Pereirão para conter a rebelião que teve inicio nesta terça-feira (17), em Caicó, alguns presos ainda resistem e não querem se entregar.

Detentos de um pavilhão foram contidos, mas em outro pavilhão começaram um novo motim. Há informações que tem preso feito de refém.
As reivindicações dos presos partem desde a alimentação, até a outras melhores condições de convivência dentro daquela unidade prisional.

Sistema prisional do RN tem mais um dia de rebelião

Detentos atearam fogo dentro do Pereirão, em Caicó (Foto: Sidney Silva/G1)

Detentos do Pereirão, em Caicó, se rebelaram na manhã desta terça (17).
Série de revoltas começou na última semana no RN.

Os detentos da Penitenciária Estadual do Seridó Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega, o Pereirão, em Caicó, se rebelaram na manhã desta terça-feira (17). De acordo com o diretor da unidade prisional, Alex Alexandre Dantas, os presos começaram a quebrar as grades das celas por volta das 7h.

O Pereirão é a oitava unidade prisional do Rio Grande do Norte a ser atingida pela onda de rebeliões iniciada na última quarta-feira (11). Elas continuaram na quinta, sexta e nesta segunda. A situação levou à exoneração do secretário estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc), Zaidem Heronildes da Silva Filho, e o governo decretou situação de calamidade no sistema prisional.
Detentos gravaram vídeos em que fazem uma série de exigências, como a saída da diretora da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, Dinorá Simas (veja abaixo). Esta é a maior unidade prisional do estado e apontada como foco do início das rebeliões.
Segundo o diretor do Pereirão, cerca de 600 presos cumprem pena na unidade prisional, que tem capacidade para 367 detentos. A direção do presídio já pediu reforço da Polícia Militar. "Estávamos preparados com maior efetivo de agentes e pedimos reforços para a PM. Acredito que nós vamos entrar no presídio para tentar controlar a situação", afirmou Alex Alexandre.
Em entrevista à InterTV Cabugi nesta segunda-feira, a secretária de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte, Kalina Leite Gonçalves, afirmou que não vai negociar com os presos. "O que o poder público tem que fazer é garantir os direitos constitucionais. Agora, nenhuma possibilidade de negociação com preso", disse ela.
Outros presídios
Além do Pereirão, foram alvos de ataques outras sete unidades prisionais, onde a situação estava controlada na manhã desta terça.
Houve revoltas em quatro unidades na Zona Norte de Natal: Centro de Detenção Provisória de Potengi, Complexo Prisional João Chaves, Presídio Provisório Professor Raimundo Nonato e Centro de Detenção Provisória da Zona Norte (CDP).

Também foram registradas rebeliões no Centro de Detenção Provisória da Ribeira, na Zona Leste de Natal; na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta; e na Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP).
Presos do CDP da Riberia deixaram a unidade na manhã desta terça-feira (Foto: Divulgação/Sejuc-RN)Presos do CDP da Ribeira deixaram a unidade na manhã desta terça-feira (Foto: Divulgação/Sejuc-RN)

Via G1/RN

Cem presos do CDP da Ribeira serão transferidos para Parelhas

                                         


Depois da rebelião ontem (16) na CDP da Ribeira, em Natal, cerca de cem presos amotinados serão transferidos para o CDP de Parelhas, na região do Seridó. Uma equipe de escolta da Coordenadoria de Administração Penitenciária (Coape) vai promover a transferência na manhã de hoje (17).

PM apreende drogas e material para cavar túnel no maior presídio do RN

        droga (1)
G1/RN - Uma operação da Polícia Militar do Rio Grande do Norte realizada na área residencial de Alcaçuz, em Nísia Floresta, no final da tarde desta segunda-feira (16) resultou na apreensão de 136 quilos de maconha. Além da droga, os policiais também apreenderam oito celulares que seriam atirados para dentro do presídio estadual de Alcaçuz, duas balanças de precisão e materiais como sacos de estopa, cordas, bocais e lâmpadas, que, segundo a PM, seriam utilizados na construção de um túnel para fuga da unidade prisional.

“Por conta das rebeliões que vêm acontecendo, nós intensificamos o patrulhamento na região de Alcaçuz. Realizamos várias abordagens naquela área e conseguimos encontrar todo o material que seria utilizado para fazer um túnel, além de 136 quilos de maconha”, confirmou o tenente Queiroz, do BPChoque.
Ainda segundo o tenente, quatro pessoas foram detidas em Alcaçuz e a abordagem terminou no bairro das Rocas, na Zona Leste de Natal, onde outras duas pessoas foram presas. Todos os seis detidos, além do material apreendido, foram encaminhados para a Delegacia de Plantão da Zona Sul, no bairro de Candelária, em Natal.