segunda-feira, 6 de abril de 2015


Eider Brito desiste de Coordenadoria de Administração Penitenciária


                Eider Brito (1)
Interino no cargo de coordenador de Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte há apenas quatro dias, Eider Pereira de Brito pediu para sair da posição nesta segunda-feira (6). De acordo com a Secretaria de Comunicação do Governo, Eider alegou razões pessoais para não seguir no posto.
Sem ter sido nomeado, ele assumiu a Coape no lugar de Luiz Carlos Danúzio, que desenvolve atividades no sistema penitenciário do Estado de Minas Gerais. A indicação havia sido feita pelo secretário adjunto Francisco Honório de Lima Filho. Nesta terça-feira (7), o secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania, Edilson França, se reunirá com o governador Robinson Faria para sugerir outro nome para a Coordenadoria.
Na semana passada, o juiz titular da Vara Criminal da Comarca de Caicó, Luiz Cândido Villaça emitiu uma recomendação ao Governo do Estado pedindo que Eider Brito fosse destituído da função, alegando que o indicado não reúne os predicamentos para exercer tal função. Dentre os motivos citou denúncia por crime de estelionato quando estava à frente da vice-direção do Presídio Estadual do Seridó.
Tribuna do Norte

Moto furtada ontem em Jardim de Piranhas foi encontrada abandonada em Caicó

                    Foi localizada no final da manhã desta segunda-feira(06) pela viatura Rádio Patrulha (RP-03) uma moto Honda de cor preta que tinha sido furtada no dia de ontem na cidade de Jardim de Piranhas também na região do Seridó. 


A moto foi encontrada abandonada no meio do mato entre os bairros Walfredo Gurgel e Frei Damião na zona oeste da cidade de Caicó. Os Policiais levaram a moto até a Delegacia de Policia Civil onde fizeram a entrega.


Eduardo Dantas

Direção de Alcaçuz divulga fotos e relação com os nomes dos presos foragidos

A diretora do Presídio de Alcaçuz, Dinorá Simas, confirmou
 em meados da tarde desta segunda-feira (06), a relação dos 
presos que fugiram da unidade através de um túnel 
escavado 
a partir do Pavilhão II.
Os presos são:
                                 

*Adailton Kleber Barbosa de Lima
*Adriano da Conceição
*Allef Marrone da Silva Coringa
*Alyson da Cruz Andrade
*Alysson Breno da Silva Tindó
*Anderson Jonh de Souza Silva
*Daniel do Nascimento Lima
*Denis Rodrigues da Silva
*Ewerton da Silva Barbosa
*Fábio Pereira dos Santos
*Francisco Robério de Lima Silva
*Francisco Thiago da Silva
*Fransueldes Dantas dos Santos
*Ivanildo Domingos da Silva
*Janailson Dionísio da Silva
*Joeudice Cirilo Pereira
*José Alan do Nascimento
*José Rafael da Silva
*Josiel Honorato de Carvalho
*Luan Franklin Anselmo da Silva
*Paulo Roberto Alves Pontes
*Rafael Vieira Dantas
*Rivanildo Pereira de Medeiros (caicoense, também chamado de Rambo)
*Robson Alves Rodrigues
*Rodrigo Costa Sena
*Rodrigo Felipe Macedo Rego
*Sandro Afonso de Souza Tavares
*Thiago Batista Coelho
*Wellington Santos Cruz


A ordem dos nomes citados acima não corresponde a ordem 
das fotos. A direção de Alcaçuz divulgou a lista com os 
nomes e as fotos separados.

JGM ESQUADRIAS

aqui você encontra qualidade,preço baixo e 


facilidade 

de pagamento   tudo em até 3x no cartão de 

crédito. 

confiram nossos preços.


Porta 210x80 de frente -280 reais


Porta de quarto 210x80 -260 reais


Porta de quarto 210x70 -240 reais


Porta de banheiro 210x60 -220 reais


Janela 1x80 -200 reais


Janela 80x80 -180 reais


Janela 60x80 -160 reais


Forras 212x60,70,80 -100 reais


Trabalhamos também com encomendas com 

tamanhos 


diferentes


telefone para contato 96037111.

Dudu Costa

Breve loja da fábrica no Centro de Caicó

               

Denúncia de injúria racial pode paralisar Campeonato Gaúcho

20150404101414266732uFoto: Superesportes
O presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD), Roberto Leite Pimentel, admite que o Campeonato Gaúcho poderá ser suspenso devido ao processo que o Internacional enfrentará pelas supostas injúrias raciais sofridas pelo lateral Fabrício na última quarta-feira, contra o Ypiranga.
“Nós ainda não recebemos a denúncia por parte da procuradoria. Eu estou acompanhando pela imprensa toda a repercussão. A denúncia chega ao tribunal e é possível que ocorra suspensão (do Campeonato) até que ocorra o julgamento”, confirmou o presidente do TJD/RS, Roberto Pimentel, em entrevista para a Rádio Guaíba.
Como o Internacional encara o Cruzeiro-RS quarta-feira, na fase de quartas de final do Gauchão, o tribunal irá acelerar o processo de julgamento até terça.
                    
“Como as questões que poderão aparecer em um eventual processo podem influenciar na competição, poderemos dar celeridade na questão, com um pedido de tutela antecipada. No caso, quase sempre é pela suspensão do campeonato”, reafirmou Pimentel.
O Internacional poderá ser julgado pelo artigo 243-G do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que tem em seu texto “praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência”.
Caso ocorra punição, o time colorado poderá perder até seis pontos, o que mudaria os confrontos das quartas de final. Hoje o Inter enfrenta o Cruzeiro-RS, e o Grêmio encara o Novo Hamburgo.
O procurador do TJD/RS, Alberto Franco, já afirmou que poderá analisar imagens com um torcedor supostamente proferindo a palavra macaco, bem como ouvir o jornalista Luciano Potter, que teria ouvido de um grupo de torcedores, nas arquibancadas do Beira-Rio, cometendo injúrias raciais. Tanto procurador quanto o jornalista afirmam que estão recebendo ameaças de torcedores via redes sociais.
Terra


Blog do BG: 

Gato do crime passeia em interior de presídio com 4 celulares e 4 carregadores

Fotos do acervo de Niltinho Ferreira

Foto: Celulares e carregadores sem a carcaça
Enquanto algumas pessoas colocam gato na distribuição da água e da luz de suas residências para diminuir a fatura a ser paga, outras colocam literalmente gatos para praticar atos ilícitos dessa vez no interior de um presídio.

Recebemos informações na madrugada de hoje, por volta das 0h32min, que um fato inusitado chamou a atenção de agentes em Patos/PB. Os agentes notaram um gato em atitude suspeita passeando no interior do presídio. O gato estava envolvido com um esparadrapo branco. Após o gato ser pego a surpresa veio á tona! O gato transportava quatro aparelhos celulares e quatro carregadores (sem as carcaças) colados ao seu corpo.

Algumas pessoas brincaram se perguntando: "-Quantos pedaços de carne será que esse gato iria receber por cada celular colocado no interior do presídio? Daqui a pouco ele não ia poder ver um celular!".

Via Caicó na Rota Da Noticia

Tenente Styverson Valentim não faz mais parte da equipe da Lei Seca no RN

                                          
Styvenson é natural do Estado do Acre mais mora em Natal desde os 15 anos de idade e entrou na Polícia Militar em 2003 e já ocupou a coordenação antes, mas foi retirado por "forças ocultas", mas que estão mais fracas hoje em dia, conta ele. O Tenente Styvenson e sua equipe já aprenderam carteiras de pessoas ricas e pobres, desde pessoas simples com de autoridades como de policiais, promotor de justiça, de um deputado estadual do Rio Grande do Norte, e até mesmo de guardas presidenciais no momento da Copa do Mundo e outros mais.

O fato é que o mito da Lei Seca disse que o desgaste foi muito grande e que o investimento nas operações não era o ideal. O Tenente reconhecido nacionalmente por ser linha dura falou que pediu várias vezes investimentos e valorização para os profissionais que participavam das abordagens os quais ele mesmo treinava para serem incorruptíveis, ao ponto de se aparecesse alguma dúvida quanto a conduta de algum dos policiais de sua equipe ele trocava os policiais, como foi no caso de dois os quais foram substituídos. 
                                   
Styvenson disse em entrevista para o Jornal Hoje na manhã dessa segunda feira (6 de abril): "-A situação é a seguinte: Não adianta reclamar, pois nada vai mudar! Agora me dedico a palestras para educar os jovens que mais para frente também irão se tornar motoristas. Falo com eles para que eles não virem essas pessoas sem educação que dirigem por ai". Ele contou que estava desgastado com a falta de investimento e reconhecimento e optou por deixar o comando das ações. 

Ele destacou que a Lei Seca continua em Natal e que ao sair deixou o comando a cargo do Tenente Issac (que já trabalhou com Styvenson na operação) que segundo ele é uma pessoa muito competente e tem tudo para realizar um grande trabalho. "-Issac é um verdadeiro herói por continuar trabalhando nas atuais condições", destacou ele. 

Segundo ele: "-As pessoas no trânsito são muito mal educadas e quando vamos disciplinar, eles reclamam e xingam. Quando você prende um bandido ele baixa a cabeça e ainda chama o policial de senhor. Uma pessoa marginalizada, uma pessoa com quem o Estado falhou é mais educada que esse pessoal no trânsito, com quem o Estado não falhou", desabafou. 
                                  

É exatamente por esse tipo de pessoa mal educada que o Tenente agora decidiu palestrar e conta que agora tem recebido diversos convites todas as semanas. "-Foi algo que aconteceu naturalmente. Muitas igrejas e escolas me chamam para palestrar. Mas é mais no interior mesmo, para pessoas humildes. Tem dia que tenho três palestras, fico o dia inteiro viajando", contou o mito Tenente Styvenson que será sempre lembrado como o Tenente incorruptível da Lei Seca.

Fugitivos de Alcaçuz podem ser do PCC

                                                                       
Grave já era se os fugitivos da Alcaçuz fossem bandidos “comuns”.
Mais grave é pelo fato de poderem ser do PCC.
Segundo o juiz Henrique Baltazar Vilar dos Santos, é exatamente no pavilhão 2, onde foi encontrado o túnel que fugiu os presos, que estão (ou estavam) membros do PCC.