Com chegada da água na captação da CAERN, abastecimento será normalizado em Caicó e mais três municípios

A Agência Nacional das Águas comemora a chegada das águas do Açude de Coremas, a captação da CAERN em Jardim de Piranhas, normalizando o abastecimento das cidades de Caicó, Timbaúba dos Batistas, São Fernando e da própria Jardim de Piranhas, através da Adutora Manoel Torres. A informação acaba de ser confirmada ao Blog do Marcos Dantas, pelo diretor da ANA, engenheiro Paulo Roberto Varela, que fez questão de destacar a importância que a suspensão da irrigação vem tendo para a normalização desse abastecimento.
Quero render as minhas homenagens aos irrigantes pela compreensão ao momento grave em que estamos vivendo. Ontem sem que se aumentasse nenhuma gota d’água a partir do açude de Coremas, onde a válvula ainda está travada, pois não conseguimos operar com ela, foi possível restabelecer o fluxo d´água, que chegou ontem na captação de Jardim de Piranhas, de maneira que desde as 22 horas de ontem está sendo bombeada e o abastecimento normalizado. É apenas o primeiro passo, e é preciso que mantenhamos absolutamente suspensa a irrigação, e que a população das cidades, em respeito ao esforço e ao sacrifício das pessoas da Zona Rural, também comecem a poupar”, destacou Paulo Varella.

Caixa Econômica Federal seleciona estagiários e oferece bolsa de R$ 1 mil.


O Centro de Integração Empresa - Escola (Ciee) anunciou a abertura de processo seletivo para o programa de estágio da Caixa Econômica Federal. Estudantes de todo o país podem se inscrever a partir do dia 24 deste mês.
As vagas são para estudantes dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia (Agrônoma/Agrícola, Ambiental, Civil, Elétrica, Mecânica ou Telecomunicações). Podem participar da seleção estudantes do 5º ao penúltimo semestre dos cursos. A bolsa oferecida é R$ 1 mil, para jornada de 5 horas diárias de estágio, além de auxílio-transporte de R$ 130 por mês. Os interessados poderão se inscrever e fazer a prova online até o dia 9 de agosto, no site do Ciee.
Os classificados em todas as fases do processo seletivo, que inclui entrevista com gestor nas unidades da instituição financeira, serão convocados para preenchimento de futuras vagas.
Fonte: Blog Sidney Silva-Caicó na Rota da Noticia

JGM ESQUADRIAS


O LUGAR CERTO QUANDO SE FALA EM ALTA QUALIDADE E PREÇO ACESSIVEL.
NAS COMPRAS A VISTA OFERECEMOS 10% DE DESCONTO E TAMBÉM TRABALHAMOS COM PS CARTÕES MASTER E VISA.

VENHA CONFERIR NOSSOS PRODUTOS E PREÇOS.
ESTAMOS LOCALIZADO NA AV RIO BRANCO, VIZINHO A FUNERÁRIA SANTA CLARA NO CENTRO DE CAICÓ
CONTATOS 996037111
DUDU COSTA


Agentes acham mais de 50 celulares dentro de presídio no Seridó potiguar

celulares apre
Mais de 50 aparelhos celulares, facas artesanais e drogas, como maconha e crack, foram encontradas durante uma revista realizada em dois dos cinco pavilhões da Penitenciária Estadual Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega, o Pereirão, que fica na cidade de Caicó, na região Seridó potiguar. A busca, segundo a direção, aconteceu na manhã desta quinta-feira (9).
Segundo o agente penitenciário Alex Alexandre, diretor do presídio, as buscas foram feitas em resposta ao vazamento de imagens gravadas por presos, que com aparelhos celulares mostraram cenas de tortura e agressão contra um detento rival, além de uma rodinha onde alguns internos aparecem fumando maconha. Os vídeos, que foram divulgados em redes sociais, foram exibidos pelo G1 nos dias 29 de junho e 7 de julho.
Atualmente, ainda de acordo com Alexandre, o Pereirão possui 550 detentos. A revista foi feita nos pavilhões B e C, onde 300 homens ocupam 30 celas. O diretor informou ainda que uma sindicância será instaurada para apurar como os objetos apreendidos entraram na penitenciária.
A maior parte dos presos do Pereirão passa dia circulando entre os pavilhões porque as grades das celas –arrancadas durante os motins que aconteceram em março – ainda não foram colocadas de volta. “Parte da reforma de dois pavilhões já está pronta, mas ainda falta pintura e acabamento. Nos outros os presos não têm como ficar encarcerados. Então eles passam o dia soltos e são recolhidos somente à noite”, disse Alexandre.
G1

VENDE-SE CASA NO MAYNARD


VENDE-SE CASA, MAYNARD, 3/4 SENDO 1 SUÍTE,  ESCRITURA PÚBLICA,R$ 160.000

CASA RECÉM CONSTRUÍDA,MAYNARD, RUA PROFESSOR MANOEL FERNANDES,
ESCRITURA PÚBLICA,DESCRIÇÃO DE CADA IMÓVEL GARAGEM PARA 2 VEÍCULOS,SALA DE ESTAR
3 QUARTOS SENDO 1 SUITE,1 BANHEIRO SOCIAL COZINHA AMPLA,ÁREA DE SERVIÇO
OBS: TODAS COM ACABAMENTO E REVESTIMENTO IMPECÁVEL, PISO EM
CERÂMICA BRANCA, PAREDES REVESTIDAS EM GESSO E FECHADA EM MADEIRA,COM JANELAS EM VIDRO.
VALE A PENA CONFERIR OS MELHORES IMÓVEIS ESTÃO
AQUI!!!
VALOR R$ 160.000,00 (ACEITAMOS FINANCIAMENTO)
                                            
                     CENTRAL DE VENDAS

                   (84) 9905-0393/ 9157-4343

                       Francinaldo Medeiros​

      CORRETOR DE IMÓVEIS,CRECI 5347 RN

  

Suspeito de atirar em delegado no Sertão paraibano é preso no RN


Investigações apontaram paradeiro do suspeito Foi preso nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (10), em uma praia no litoral Norte potiguar, o suspeito de ter atirado no delegado Leonardo Machado, crime ocorrido em junho deste ano na cidade de Uiraúna, no Sertão paraibano. A operação que prendeu o comerciante Ivamar Paiva Barreto foi realizada por agentes da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) do Rio Grande do Norte com apoio de policiais civis da Paraíba.
De acordo com a delegada Sheila Freitas, o suspeito foi preso na praia de Muriú, que fica a pouco mais de 40 quilômetros de Natal. Em junho deste ano, policiais dos dois estados já haviam tentado encontrar e prender o Ivamar. A operação aconteceu na cidade de Pilões, na região Oeste do Rio Grande do Norte. Na ocasião, o comerciante conseguiu escapar. O delegado Leonardo Machado, de 37 anos, foi baleado em uma praça e, de acordo com a Polícia Civil, o crime teria sido motivado por uma discussão por causa de uma fila de supermercado.
Segundo as investigações, a vítima discutiu com outro homem e, quando saiu do estabelecimento, foi atingido por dois tiros, no abdômen e na cabeça. Um segundo homem teria ajudado na fuga. O estado de saúde do delegado ainda é considerado grave. O delegado-geral da Paraíba, João Alves, analisa que a motivação do crime foi banal. “Uma discussão entre o delegado e a pessoa que o atingiu, segundo informações do dono da loja, por causa da fila: um passou na frente do outro”, diz. João Alves conta que o suspeito saiu da loja, o delegado ficou na fila e quando saiu para encontrar a mulher e os filhos, o homem efetuou dois disparos contra ele.

Assinada ordem de serviço para reforma do campus UERN de Caicó

Foi assinada ontem (09) a ordem de serviço para a reforma do Campus Avançado UERN de Caicó. Assinaram o documento o reitor Pedro Fernandes Ribeiro Neto e o engenheiro civil José Augusto de Freitas Rêgo. A empresa vencedora da licitação, R.C.C Rede de Construção Civil LTDA, terá um prazo de 120 dias para a execução das obras no prédio da antiga Escola Estadual Joaquim Apolinar (EEJA).
Com investimento de R$ 274.333,62, a obra deve ser iniciada na próxima semana com melhorias estruturais, pintura e restauração da parte elétrica, dentre outros serviços. “Estaremos nesta sexta-feira visitando o Campus para tomar as medidas iniciais. O prazo de execução é de 120 dias, mas acredito que, atendendo pedido do Reitor, entregaremos essa obra antes do prazo previsto”, garantiu o engenheiro José Augusto.

Campanha eleitoral vai diminuir de 90 para 45 dias

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (9) o texto-base do projeto de lei que complementa a proposta de emenda à Constituição da reforma política.
Os parlamentares ainda analisarão emendas que visam alterar a redação para, então, a matéria seguir para o Senado. O projeto limita gastos em campanha, fixa teto de doações de pessoas jurídicas e veda a doação de empresas que executam obras públicas.
A proposta também reduz a duração da campanha eleitoral de 90 para 45 dias e diminui o tempo da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão de 45 para 35 dias
                 

Dados da ‘caixa preta’ do carro de Cristiano Araújo vão para Inglaterra e as rodas tinham problema.

Carro do cantor Cristiano Araújo, em Goiás (Foto: Táliton Andrade/G1)
Técnicos da montadora Land Rover já fizeram a retirada dos dados da “caixa preta” do carro do cantor Cristiano Araújo, de 29 anos, que morreu em um acidente na BR-153, em Goiás. O delegado Fabiano Jacomelis, responsável pelas investigações, disse nesta quinta-feira (9) que as informações foram extraídas em São Paulo e encaminhadas para a leitura na Inglaterra. Elas podem ajudar a polícia a descobrir, principalmente, qual era a velocidade do veiculo no momento em que houve a saída de pista.
O investigador destacou que os dados encontrados no módulo do Range Rover Sport, ano 2015, ainda podem revelar se os air bags e os freios funcionavam. O equipamento foi retirado do carro no último dia 29 e levado para a capital paulista, mas só uma análise mais aprofundada na sede da montadora poderá descodificar as informações. Ainda não há previsão de quando a leitura dos dados ficará pronta.
Cristiano e a namorada, Allana Moraes, de 19 anos, morreram após o carro em que estavam capotar, no último dia 24, quando voltavam de um show em Itumbiara, no sul do estado. O empresário Victor Leonardo e  o motorista do cantor, Ronaldo Miranda se feriram no acidente, mas já tiveram alta médica.
Em depoimento à polícia, o condutor do veículo admitiu que estava acima da velocidade máxima permitida no trecho, que era de 110 km/h. No entanto, ele não soube precisar a quanto estava e ressaltou que perdeu o controle do carro depois que um dos pneus estourou.
“Ele disse que estava correndo um pouco, mas não soube precisar exatamente qual era a velocidade no momento do acidente, já que o carro era muito potente e ele não percebeu o excesso. Ele também informou que ouviu um barulho de pneu furado e, em seguida, perdeu o controle”, relatou o delegado.
Rodas
Ainda segundo o delegado, as primeiras perícias já mostraram que as rodas originais do veículo foram substituídas por outras e que continham vários pontos de solda. Quem deu os equipamentos a Ronaldo foi o ex-jogador de futebol Tiago Ferreira dos Santos, de 29 anos, que confirmou à polícia que já havia feito reparos nos equipamentos.
Um casal, dono de um laja a jato em Goiânia, onde o veículo foi lavado um dia antes do acidente, disse em depoimento que alertou o motorista Ronaldo Miranda, de 40 anos, sobre os riscos.“Eu disse ao delegado que, na entrega do veículo, ele [motorista] foi avisado que tinha solda naquela roda e que poderia ser perigoso, já que eles viviam na estrada, em shows, viagens”, disse o dono do estabelecimento, Fábio Luciano.
A esposa de Fábio, Katiúscia Alessandra Silva, conta que foi ela quem entregou o veículo a Ronaldo e que ele ficou “espantado” quando ela o alertou sobre a solda. “Ele olhou para mim sem entender o que eu estava dizendo. Aí ele disse que o serviço foi bem feito, mas acredito que ele não sabia que ia dar problema. Se ele imaginasse a gravidade, não teria ido naquele carro, pois ele [motorista] é honesto e jamais colocaria a vida de ninguém em risco”, contou.
As rodas aro 22 foram retiradas do Range Rover do ex-jogador porque ele tinha a intenção de vender o carro e, para isso, resolveu colocar as rodas originais. Ele revelou que o próprio veículo acusou uma falha nas peças.
“Ele percebeu [a falha] pelo painel do carro, que é do mesmo fabricante [do carro do Cristiano]. Esse carro tem uma indicação que demonstra, por exemplo, se o pneu está murcho. Diante disso, ele levou o veículo para verificação e foi informado que a roda estava amassada e havia necessidade de um reparo”, conta.
Jacomelis explicou que Ronaldo, em seu depoimento, disse que não percebeu no painel do carro de Cristiano nenhuma avaria ou problema técnico no período em que o veículo estava com as rodas não originais.
Conforme explicou o delegado, a colocação de rodas com aros maiores é uma “questão de estética”, feita para “deixar o carro mais bonito”. No entanto, conforme nota enviada ao G1, a Jaguar Land Rover, fabricante do veículo, eslcareceu que “não recomenda em nenhuma circunstância o uso de peças e acessórios não originais em seus veículos”.
Velocidade
Ronaldo perdeu o controle da direção 21 minutos após o grupo fazer uma parada em um posto de combustíveis, a cerca de 57 km do local do capotamento. O físico Reges Guimarães analisou a velocidade média feita pelo carro com base no horário das imagens de uma câmera de segurança. “Ele fez uma velocidade média de 162 km/h”, diz.
Em entrevista à TV Anhanguera, o pai de Cristiano, João Reis de Araújo, disse que já havia alertado o filho sobre excesso de velocidade. “Eu sempre ia a todos os shows e neste eu não estava. Fico muito entristecido por isso, pois eu não estava lá no último show dele. E tem coisas que a gente fica com um porquê na cabeça. Se eu tivesse junto, tenho certeza que eu ia brigar, porque eles foram muito rápido. Eu sempre puxava a orelha dele quanto a isso, pois ele deixava o pessoal correr um pouco”, afirmou.


Blog do BG:




Estiagem em Caicó é destaque no Jornal Nacional

No Nordeste do Brasil, a Agência Nacional de Águas decidiu limitar o uso dos reservatórios do Rio Grande do Norte só ao consumo humano. O nível dos açudes está muito baixo. Os 327 reservatórios dos nove estados do Nordeste e de Minas monitorados pelo Departamento Nacional de Obras contra a Seca estão em média com 23% da capacidade de armazenamento. O Rio Grande do Norte é o quarto com o menor nível.
A maior barragem do estado, está hoje com pouco mais de 28% da capacidade. É a pior situação desde a inauguração em 1983. Quinhentas mil pessoas dependem desse reservatório. Em Caicó, a barragem está com menos de 10% da capacidade. Mato seco em vez de água. O nível do reservatório chegou ao volume morto e o abastecimento das cidades ao redor está comprometido.
“Em função dessa seca que assola a nossa região, os bairros estão em sistema de rodízio. Os bairros da cidade de Caicó, 48 horas com água e 48 horas sem água”, diz Bruno Medeiros, engenheiro da CAERN Falta água para as pessoas e para os animais. Numa fábrica de queijos, a crise já gerou um corte de 30% na produção. Em um ano, a empresa, que tinha 15 funcionários, teve que demitir três. “Agora, pro final do ano, a gente espera ainda que a situação seja agravada”, aponta Alane Kaline Araújo, gerente da queijaria.
E é a mesma expectativa da meteorologia, que nunca registrou seca desse porte. “No período de 79 a 83, a média anual de chuva ficou em torno de 580 milímetros. E, agora, nesse último período seco, inclusive nós estamos vivendo, ele está em torno de 380, 400 milímetros”, explica Gilmar Bristot, meteorologista. E, se água não vem do céu, a alternativa é buscá-la no subsolo. “De fevereiro para cá, nós já perfuramos mais de 150 poços. A meta é que a gente perfure, pelo menos até setembro, no mínimo mais 46 poços instalados”, diz o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Rio Grande do Norte, Mairton França.
Robson Pires