quarta-feira, 23 de setembro de 2015


Chumacher está com menos de 45 kg e consciência limitada

O ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher ainda estaria sem falar e se locomover e pesando menos de 45 quilos, revelou o jornal britânico “Daily Express” nesta quarta-feira (23). Para efeito de comparação, o espanhol Fernando Alonso – que é três centímetros mais baixo que o alemão -, pesa 68 quilos. A publicação entrevistou uma fonte próxima à família do alemão e ela revelou que “não se vê milagres no horizonte” porque Schumacher “continua incapaz de falar ou andar e tem uma consciência muito limitada sobre o ambiente que o envolve”.
As informações não foram confirmadas oficialmente. As últimas notícias sobre o estado de saúde do alemão, que são sempre dadas pela porta-voz do heptacampeão mundial de F1, Sabine Kehm, foram divulgadas em 22 de maio. Na época, ela afirmou que “ele está fazendo progressos considerando a gravidade das lesões em sua cabeça”.
Após o acidente enquanto esquiava na França, no dia 29 de dezembro de 2013, Schumacher ficou em coma por cerca de seis meses no hospital de Grénoble e foi transferido para um centro hospitalar suíço, por quatro meses. Depois desse tempo, ele foi para sua casa em Gland, na Suíça, e é assistido por uma equipe de 15 profissionais, liderados pelo médico Richard Frackowiak.

Empresário Jair Paulino diz que não estava na mira de assaltantes

O empresário caicoense Jair Paulino liga para o blogue e diz que nunca esteve na mira de nenhum grupo que planejava fazer assalto em Caicó. Ele é proprietário de uma distribuidora de alimentos na cidade e desconhece qualquer informação neste sentido.

“Isso não passa de boataria! Minha família está intranqüila em relação a estes comentários. Minhas filhas não estão indo pra escola com medo. Tudo isso nos trouxe muito mal. Não sou nenhum milionário para estar na mira de uma quadrilha de assaltantes. Outras pessoas foram assaltadas em Caicó e não eram milionárias. Eram pessoas comuns assim como eu. Espero que essa boataria encerre poraí”, disse Jair em tom de desabafo

Via Robson Pires.

Helicóptero usado pelo Grupamento Aéreo da Polícia Militar cai em Maceió

Segundo o Corpo de Bombeiros, quatro pessoas morreram no acidente. Não há informações se a aeronave atingiu alguma residência.

Um helicóptero do Grupamento Aéreo da Polícia Militar caiu no bairro do Tabuleiro do Martins, parte alta de Maceió. De acordo com as primeiras informações, a aeronave explodiu, sem deixar sobreviventes. Ainda não se sabe quantas pessoas estavam a bordo.

O acidente aconteceu próximo ao Aeroclube de Maceió. A PM e o Corpo de Bombeiros foram acionados ao local. Viaturas de resgate e de combate a incêndio foram encaminhadas, mas ainda não há informações sobre a dimensão do caso.

A queda aconteceu em uma área residencial, mas os bombeiros disseram não saber se alguma residência foi atingida.

G1-AL

Corintians e Caicó cedem poços e Prefeitura vai instalar chafarizes para distribuir água


Atlético Clube Corintians e Caicó Esporte Clube são os dois novos aliados contra o #CriseHídrica e o desabastecimento que afetam setores bastante populosos do Município de Caicó. Os Presidentes dos dois clubes profissionais de Caicó atenderam pedido do Prefeito Roberto Germano e cederam os poços que existem nas suas sedes localizadas no Bairro Barra Nova (Corintians) e Samanaú (Caicó).

Os poços existentes nestes clubes terão chafarizes instalados pela Prefeitura Municipal de Caicó para que possam servir como pontos de distribuição de água durante o período de desabastecimento que enfrenta a cidade de Caicó.

Justiça interdita dois centros de detenção provisória de Natal


G1/RN – A Justiça do Rio Grande do Norte interditou mais duas unidades prisionais do estado nesta terça-feira (22). A decisão impede os centros de detenção provisória de Pirangi e Candelária, ambos na Zona Sul de Natal, de receber novos presos. O juiz Henrique Baltazar, titular da Vara de Execuções Penais da capital, decidiu pelas interdições após constatar superlotação e problemas sanitários em inspeções nos locais.
No CDP de Pirangi, 83 presos provisório ocupam um espaço com capacidade para 20 pessoas. Em Candelária, a capacidade é de 60 presos. Atualmente 123 estão no local. “Encontramos ainda problemas sanitários. A fossa está cheia e transbordando. Com isso, a fedentina invade as celas”, afirma Baltazar. As capacidades dos centros de detenção foram definidos em um decreto publicado em 2013 pelo governo, segundo o magistrado.