quarta-feira, 28 de outubro de 2015


Senado aprova pena de até 30 anos para crime de terrorismo

O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (28) o texto principal do projeto de lei que define o que é o crime de terrorismo, mas retirou o trecho aprovado pelos deputados em que dizia que a proposta não se aplica a manifestações sociais.
O texto-base foi aprovado por 34 votos favoráveis e 18 contrários. Os senadores ainda precisarão analisar sugestões de mudança à proposta. Após a conclusão da votação no Senado, ela voltará à Câmara para ser reanalisada porque foi modificada.
Um dos pontos mais polêmicos e que geraram debates no plenário foi a retirada de um trecho aprovado na Câmara que especificava que a proposta não se aplicava a manifestações políticas, movimentos sociais, sindicais e religiosos que tenham o objetivo de defender direitos, garantias e liberdades constitucionais.
Outra mudança diz respeito ao tamanho da pena. Na Câmara, os deputados tinham aprovado pena de 12 a 30 anos de prisão. No Senado, a pena proposta é de 16 a 24 anos; se o ato resultar em morte, a pena sobe de 24 a 30 anos de prisão.
A pena é aumentada se o crime for praticado contra presidente da República, vice-presidente da República, e os presidentes da Câmara, do Senado e do Supremo Tribunal Federal.
Atualmente, a legislação brasileira não prevê o crime de terrorismo. Em caso de eventual atentado, os atos praticados seriam enquadrados com base em outros crimes, como homicídio doloso (intencional) e porte de arma de uso restrito, por exemplo.
O texto aprovado no Senado, relatado pelo senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), também propõe uma definição diferente da que passou na Câmara em relação ao crime de terrorismo.

Prefeitura de Caicó inicia recuperação de açude arrombado na Comunidade Retiro

A Prefeitura Municipal de Caicó, através da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, segue dando continuidade aos trabalhos de recuperação dos açudes arrombados ainda nas fortes cheias de 2011 na zona rural do município, principalmente nos setores do Açudinho, Retiro e Concórdia.

O Prefeito Roberto Germano esteve nesta quarta-feira(28) ao lado do Secretário Bruno Fernandes, do Vereador Lobão e de moradores, observando o resultado da intervenção da Comunidade Açudinho e em seguida também acompanhou o inicio dos trabalhos no açude grande da Comunidade Retiro.

“Um sonho dos moradores dessas comunidades que graças ao esforço de toda nossa equipe começa a se tornar realidade e ao ver esses açudes sendo recuperados temos a sensação de dever cumprindo com esse povo”, Disse o Prefeito Roberto Germano.

As maquinas e homens da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento já estão trabalhando a todo vapor na recuperação do açude da Comunidade Retiro e a expectativa do Secretário Bruno Fernandes é que os serviços estejam concluídos nos próximos quinze dias.

Thábata Mendes será a nova vocalista da banda Calypso

A apresentação para a imprensa está marcada para a próxima semana, mas a coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, descobriu que Thábata Mendes será a nova vocalista da banda Calypso.A publicação destaca que a louraça com corpo de musa fitness já se prepara para cantar nos palcos com a banda paraense. Nascida em Mossoró, no Rio Grande do Norte, Thábata tem 28 anos e começou a carreira artística aos 9. A família é circense e a menina se apresentava nos picadeiros nordestinos como malabarista e também palhaça.Em 2006, Thábata tentou ingressar no axé. Fez vários shows em Salvador e em 2007 chegou às grandes micaretas, como Fortal e CarNatal. Thábata também compõe. O Extra revela ainda que a loura pensou em desistir algumas vezes e até trocou de gênero, enveredando para o sertanejo. Agora, ela vai se jogar nos ritmos do Norte.

Novidades na LK MULTIMARCAS

Veja as novidades em camisetas polos e básicas, bermudas e mocassim na LK MULTIMARCAS Produtos de qualidade e com preços acessíveis. @LKMULTIMARCAS 99927-8030

A LK MULTIMARCAS está localizado na Av Coronel Martiniano, prédio da EDISOM IMPORTADOS

Caso F Gomes

Os familiares do jornalista Francisco Gomes de Medeiros, foram surpreendidos na manhã desta quarta-feira (28 de outubro de 20015) com a notícia de que o Ministério Público com atuação em Caicó na Vara Criminal, pediu o adiamento da sessão de julgamento popular do réu Gilson Neudo Soares do Amaral. Ele seria julgado no próximo dia 04 de novembro, porque foi apontado pela Polícia Civil e denunciado pelo órgão ministerial, como partícipe do crime.

F. Gomes foi assassinado na porta de sua casa no dia 18 de outubro de 2010. De lá pra cá, se passaram 5 anos e apenas 1 dos réus (João Francisco dos Santos, “Dão”) foi efetivamente condenado. Os demais, três ao todo, já denunciados pelo Ministério Público, ainda não sentaram no banco dos réus com exceção do comerciante Lailson Lopes, que foi condenado mas deverá ser julgado novamente por causa de decisão do Tribunal de Justiça do nosso estado.

Nos causa perplexidade a demora no caso. Nossa família está querendo apenas que se faça JUSTIÇA. Que os culpados sejam punidos. Não entendemos porque é tão difícil deixar se fazer cumprir um direito nosso, que é de ver quem matou F Gomes, pagando pelo crime.

A decisão tomada pelo promotor Geraldo Rufino de Araújo Júnior, de pedir o adiamento do Júri, foi tomada, segundo ele, por motivos de saúde e por falta de apoio da Procuradoria Geral de Justiça. Nós também, por muito tempo, esperamos por esse apoio que não chegou.

Quando F. Gomes foi assassinado, o então procurador, Manoel Onofre de Souza Neto, garantiu em nota divulgada na imprensa, total apoio no andamento das investigações e no processo, inclusive, garantiu a presença de promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – GAECCO, que nunca chegaram. Quem na verdade sempre esteve ao lado do promotor Geraldo Rufino, foi o advogado, de saudosa memória, Jandui Fernandes, que HONROU no sentido literal da palavra, a AMIZADE que tinha com F. Gomes.

Queremos com essa nota expressar nossa revolta com às medidas ultimamente adotadas, com a morosidade do processo, com a falta de respeito com nossa família e com a falta de apoio da Procuradoria Geral de Justiça. Somos cidadãos brasileiros, potiguares, caicoenses, não somos estrangeiros. O DEIREITO à que temos DIREITO, não está sendo aplicado e isso é vergonhoso.

A FAMÍLIA do JORNALISTA FRANCISCO GOMES DE MEDEIROS, que tanto lutou, em sua profissão, pelo JUSTIÇA, pelo MINISTÉRIO PÚBLICO e principalmente pelo POVO.

Natália Sarraff, filha de Joelma, confessou ter sido vítima de assédio sexual aos 12 anos. O autor do abuso seria o padrasto, Chimbinha.

O assunto veio à tona com o vazamento de uma conversa de WhatsApp entre a cantora e um amigo. Em poucas horas, a imagem começou a ser compartilhada pela rede.

Ao jornal Extra, Natália confirmou que foi a autora do texto, que também inclui outras acusações.

Desde criança presenciei muita coisa, por isso nunca gostei de dele. Já vi ele brigando com minha mãe. Em uma das brigas, minha tia Joselma foi pra cima dele e não deixou ele bater nela (em Joelma), pois se ele batesse nela, ele iria se ver com ela.

Certa noite, acordei com ele me apalpando. Isso eu tinha mais ou menos uns 12 anos ou menos. Só lembro que foi em uma das minhas férias que passei com eles. Desde aí fiquei com medo e também não falei para ninguém.

Natália não vai se posicionar sobre o caso, que agora será respondido através da assessoria responsável pela carreira de Joelma. No entanto, o escritório ainda não emitiu um comunicado oficial sobre o assunto. Chimbinha comentou a acusação através de comunicado oficial enviado pelo assessor.

"O guitarrista Chimbinha vem a público lamentar mais uma vez informações deturpadas e inverídicas que visam unicamente prejudicar sua imagem num momento de renovação profissional. Ele nega a informação e diz que medidas judiciais cabíveis serão tomadas para preservar sua imagem neste momento de sua vida.

Chimbinha, que deve anunciar a sua nova vocalista no meio da próxima semana, é taxativo ao afirmar que apesar de todas inverdades levantadas até agora, continuará focado única e exclusivamente no trabalho que vem desenvolvendo no repertório e na estruturação da sua nova banda".

"Chimbinha ressalta por fim que mantém seu posicionamento de cordialidade e respeito com todos os envolvidos e que não será mais uma inverdade plantada nas mídias sociais que diminuirá seu modo digno de ver a vida, como ficou claro em posicionamentos anteriores.

E finaliza: 'Transformei uma banda do Norte num dos maiores fenômenos musicais do Brasll. E não fiz isso com fofoquinhas. Fiz isso com música é muito trabalho!'"

Portal Correio

Caicó: Polícia Civil prende foragido acusado de assalto e tráfico de drogas

Policiais civis de Caicó, prenderam na noite desta terça-feira (28), Victor Valentim Santos de Medeiros. Ele foi detido em um casa no Bairro Paulo VI. Contra ele exisitiam dois mandados de prisão em aberto por assalto e tráfico de drogas.

Os policiais receberam informações do paradeiro de Victor Valentim, que também é conhecido por “Guabira”, montaram um cerco a residência e de posse do mandado entraram e detiveram o homem.

Participaram da ação, policiais civis da DP Municipal, da Plantão, da DP Regional e P2 da Polícia Militar.

O Victor Valentim, foi preso em 2015, depois que praticou assalto em Jardim do Seridó e empreendeu fuga em direção a Caicó.

Via Sidney Silva