Campina Grande pode ficar sem voos comerciais a partir de abril de 2017

20:42:00


A Gol Linhas Aéreas pode deixar de operar voos no Aeroporto João Suassuna, em Campina Grande em abril de 2017. Se a companhia aérea deixar de operar na cidade, a população ficará sem voos, já que é a única presente com dois voos, um no período da tarde e outro de madrugada.

De acordo com o Correio Online, a data foi anunciada pelo representante da Gol, Marcos Tognato, durante uma reunião com o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), na quinta-feira (10).

A reunião teve como objetivo tentar resolver um imbróglio com o empresário Marcos Guedes, que detém a concessão do posto de combustível no sítio do aeroporto, sem utilizar qualquer bandeira. Sem bandeira, os aviões da Gol não são abastecidos, tornando a operação mais onerosa para a companhia aérea.

O Correio Online teve informação de que a Gol é obrigada a abastecer as aeronaves nos aeroportos de João Pessoa e Petrolina-PE para manter voos em Campina Grande.

Ao inserir João Pessoa e Petrolina na rota, os custos da operação aumentam e consequentemente o preço das passagens. A Gol não pretende mais arcar com esse custo.

Leia no Portal Correio.

Leia Também...

0 comentários