quinta-feira, 3 de março de 2016


RN CONSEGUE R$ 44 MILHÕES PARA CONSTRUÇÃO DE ADUTORA SE ENGATE RÁPIDO EM CAICÓ


O município de Caicó receberá uma obra de grande importância para o combate à crise hídrica que atinge aquela cidade com a viabilização da adutora de engate rápido. A iniciativa significa uma resposta à população, uma vez que a falta de abastecimento naquela região seria o quadro mais crítico que o Estado poderia enfrentar.

“Optamos pela adutora em Caicó por entendermos que, hoje, essa é a forma que temos de chegar com uma solução emergencial para o maior número de pessoas”, explicou o governador, esclarecendo que os trabalhos em função dos outros municípios continuarão de forma a evitar o estado de colapso.

A obra será viabilizada a partir de um repasse, no valor de R$ 44 milhões, garantido pelo governador Robinson Faria após reunir-se com a presidente Dilma Rousseff, na semana passada, e será feito pelo Ministério da Integração ao governo do Estado do Rio Grande do Norte, como previsto no Plano Emergencial de Segurança Hídrica.
A escolha da obra prioritária ocorreu no final da manhã desta quinta-feira (29), quando o gestor estadual se reuniu com a chefe de Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, com o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Mairton França, com o diretor da Caern, Marcelo Toscano, o coordenador de Defesa Civil Estadual, Cel. Eliseu Dantas e técnicos do Instituto de Gestão de Águas do RN (Igarn) e da Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn).

Para dar uma maior celeridade, representantes da Defesa Civil, da Caern e da Semarh irão juntos a Brasília, e em audiência com o ministro da Integração Carlos Vieira, nesta sexta-feira (4), discutirão sobre as datas de liberação dos recursos para ser dado inicio ao processo licitatório.

“O pré projeto já está no Ministério da Integração. Como trata-se de uma obra emergencial, nós a faremos a partir do Plano de Trabalho. Agora é saber quando esse repasse será liberado para começarmos a construção da adutora o quanto antes, beneficiando milhares de famílias da região Seridó”, observou o diretor presidente da Caern, Marcelo Toscano.

Governador defende ações de cooperação entre Estado, municípios e União para melhor gestão da segurança


O governador Robinson Faria fez uma prestação de contas das atividades realizadas na visita à Colômbia para conhecer de perto as ações públicas que transformaram aquele país num caso mundial de sucesso no combate à violência e à insegurança e proporcionaram as condições para que, hoje, seja um dos principais polos de atração do turismo na América do Sul. O balanço foi durante entrevista concedida à InterTV Cabugi na manhã desta quinta-feira (3).

“Fui à Colômbia porque o principal clamor da nossa população é em relação à segurança. E a Colômbia é um exemplo bem sucedido de combate à violência” explicou Robinson Faria. Lá, relatou o governador, a segurança pública é feita pelos três níveis da administração pública, o federal, o estadual e o municipal. No Brasil, apesar da Constituição prever a responsabilidade tripartite, o governador ressaltou que a cobrança tem recaído somente sobre o Estado. Robinson Faria destacou que pretende se reunir com o prefeito de Natal, Carlos Eduardo, para discutir uma parceria entre Estado e Prefeitura e, especialmente, que ações podem ser desenvolvidas pelo município para contribuir com a melhora da segurança na capital.

Ele também disse que na Colômbia há uma forte utilização da tecnologia e de equipamentos, inclusive do serviço de inteligência. “Só em Medelin são 1.200 câmeras de monitoramento de ruas e locais públicos. Em Natal temos apenas 70”, comparou.

Robinson Faria também disse que o programa de maior sucesso lá é o “Quadrantes”, no qual se baseou o Ronda Cidadã, implantado pelo Governo do Estado nas zonas Leste e Oeste em Natal e que será ampliado. O governador ressaltou ainda que, com o anúncio da realização de concurso público para 2 mil vagas na Segurança Pública, haverá efetivo para a ampliação do programa.

COMEÇA AUTUAÇÃO DE CONDUTORES DE MOTONETAS SEM HABILITAÇÃO EM CAICÓ

A fiscalização sobre o porte da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para condutores de motocicletas de 50 cilindradas começou nesta quarta-feira, 02, na Cidade de Caicó.

Pela manhã policiais do 3° DPRE abordaram motociclistas que circulavam nas motonetas na zona norte de Caicó e constataram que, além da falta de habilitação, muitos condutores também não possuíam o documento do veículo.

A obrigatoriedade de CNH para condutores das chamadas “cinquentinhas” entrou em vigor na terça-feira, 1º de março. Agora, os pilotos das motonetas devem portar habilitação na categoria “A” ou a “Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC)” e, a partir do dia 28 de março, as motocicletas de 50 cilindradas deverão ser emplacadas.

Vende-se excelente casa recém construída no Bairro Maynard em Caicó


Vende-se uma excelente casa recém construída, na Rua Silvio Romero,  468 no Bairro Maynard, escriturada e pronta para receber toda a sua família. Pode ser vendida financiada pelo banco.

O imóvel possui 2 quartos, cozinha, área de serviço, garagem, 1 banheiro, 1 sala. Valor da Residência: R$ 120 mil.

Interessados podem entrar em contato com o corretor Carlos Eduardo - CRECI 5408/RN - pelo número 84. 9-9981-2503.