segunda-feira, 23 de maio de 2016


Registro de mais um suicídio na Cidade de Caicó

Por volta das 19:00 horas da noite de hoje (23), foi registrado um suicídio na Rua dos 10 no bairro Walfredo Gurgel na zona Oeste de Caicó.

Cometeu suicídio em sua residência a pessoa conhecida por Marcos natural de João Pessoa pb.

O Itep esteve no local e removeu o corpo para necropsia.

Padre caicoense morre vítima de AVC

Faleceu na tarde de hoje (23) em natal, o Padre caicoense Fabiano Dantas mais conhecido por Padre Martinho.

O mesmo estava internado em Natal vítima de um AVC.

O sepultamento sera amanhã (24), na Cidade de Caicó, o velório acontecerá no Santuário do Rosário.

Táxi roubado em Caicó foi recuperado no Estado da Paraiba

Os  policiais da Cidade de Cajazeiras estavam em patrulhamento quando avistaram o  veículo siena preto em atitulde suspeita e começou uma perseguição, os indivíduos entraram em um matagal  e em seguida abandonaram o veículo.

Os Políciais acreditam que o veículo provavelmente iria para um desmanche.

PF abre 29° fase da Lava Jato e mira ex tesoureiro do PP

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira, 23, mais uma etapa da Operação Lava Jato, chamada Operação Repescagem. Há um mandado de prisão preventiva contra o ex-assessor de José Janene (ex PP, morto em 2010), um dos mentores do esquema de loteamento político na Petrobrás.

Ao todo estão sendo cumpridos 6 mandados de busca e apreensão, 1 mandado de prisão preventiva e 2 mandados de prisão temporária nas cidades de Brasília, Rio de Janeiro e Recife.

Nesta etapa são investigados os crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e corrupção passiva e ativa envolvendo verbas desviadas do esquema criminoso na Petrobrás.

Um dos investigados foi assessor do ex-deputado federal José Janene e tesoureiro do Partido Progressista. Foi, juntamente com o deputado, denunciado na Ação Penal 470 do STF (Mensalão), acusado de sacar cerca de um milhão e cem mil reais de propinas em espécie das contas da empresa SMP&B Comunicação Ltda., controlada por Marcos Valério Fernandes de Souza, para entrega a parlamentares federais do Partido Progressista, no escândalo criminal conhecido vulgarmente por “Mensalão”.

Naquele feito, foi condenado no julgamento pelo Plenário do STF por corrupção e lavagem, mas houve prescrição quanto à corrupção e, quanto à lavagem, foi ele posteriormente absolvido no julgamento dos sucessivos embargos infringentes sob o argumento de atipicidade.

Surgiram, porém, elementos probatórios que apontam a sua participação também no esquema criminoso que vitimou a Petrobrás, motivo pelo qual passou a ser investigado novamente na Operação Lava Jato, onde as investigações apontam que ele continuou recebendo repasses mensais de propinas, mesmo durante o julgamento do Mensalão e após ter sido condenado, repasses que ocorreram pelo menos até o ano de 2013.

A operação foi batizada de REPESCAGEM em razão do principal investigado já ter sido processado no Mensalão e agora, novamente, na Lava Jato.

Os presos e o material apreendido devem ser levados ainda hoje para a PF em Curitiba.

Maiores informações serão dadas na coletiva de imprensa que será concedida às 10h00 no auditório da Superintendência da PF em Curitiba/PR.

Estadão / Plantão Caicó

Inacinho Viagens : Viagem com conforto e segurança

DE SEGUNDA À  SÁBADO

Caicó - Natal 3:00h e 14:00h.

Natal - Caicó 2:40min e 13:00h.

DOMINGOS E FERIADOS

Caicó - Natal 14:00h

Natal - Caicó 14:00h

DISQUE VIAGENS 84-9.9951-3565 / 84-9.8718-4140 / 84-3421-1920

Curraisnovense diretor de cadeia na PB é baleado no pescoço e ex-presidiário é suspeito

O diretor da cadeia de Solânea, Alberto de França Costa, foi baleado no pescoço na noite de domingo (22). Segundo informações do delegado Diógenes Fernandes, responsável por investigar o caso, o diretor foi baleado por um ex-presidiário. O caso ocorreu por volta das 22h, do lado de fora do ginásio da cidade de Solânea, no Agreste paraibano.

O suspeito foi identificado, mas está foragido. A polícia apreendeu cinco adolescentes que teriam participação no crime. De acordo com o delegado do caso, o suspeito e a vítima discutiram antes do crime. “Segundo as testemunhas, o suspeito saiu, pegou uma arma e retornou para atirar contra o diretor. Dois dos cinco adolescentes participaram diretamente para conseguir a arma usada pelo ex-presidiário na tentativa de homicídio”, explicou Diógenes Fernandes.

Ainda de acordo com o delegado, parentes do ex-presidiário estão presos na cadeia dirigida pela vítima. “Vamos investigar se a discussão iniciada pelo ex-presidiário foi um pretexto para esconder alguma motivação para o homicídio. O suspeito não chegou a ficar sob custódia do diretor na época em que ficou preso, mas sabemos que dois irmãos dele estão reclusos em Solânea”, comentou o delegado.

O diretor ferido foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. O estado de saúde de Alberto de França Costa era considerado grave no momento em que foi socorrido. Conforme a assessoria do Trauma de Campina Grande, o diretor seguia internado até a manhã desta segunda-feira (23) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado considerado regular.

O suspeito havia sido preso anteriormente por tráfico de drogas e roubo, segundo a Políci Civil. Ele seguia foragido até as 7h50 desta segunda-feira. Os adolescentes apreendidos foram encaminhados para delegacia de Solânea e devem ser apresentados ao Ministério Público da Paraíba.
Jean Sousa / Plantão Caicó

Para especialistas, desemprego só deve começar a cair no 2° semestre de 2017


Ainda que medidas do governo Temer possam evitar que a taxa de desemprego atinja 14% em 2016, conforme sugeriu o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, especialistas avaliam que, mesmo com um início da recuperação da economia este ano, o nível de desocupação só deve começar a cair no segundo semestre de 2017.
A taxa – que chegou a 10,9% no primeiro trimestre e já é a maior observada pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua – deve ultrapassar 12,0% em 2016 e pode chegar ao pico de 13,9% em 2017, de acordo com analistas.
Para os especialistas, a demora na reação do mercado de trabalho se deve a uma premissa econômica: a atividade deve avançar em um primeiro momento, para só depois haver uma geração de emprego mais sustentável. Segundo eles, este atraso ocorre porque, para as empresas, o custo de contratar ou demitir é alto. Os empresários preferem, portanto, estar seguros quanto aos rumos da economia para abrir ou fechar postos de trabalho.
“Quando a atividade econômica começar a melhorar, as empresas vão preferir fazer hora extra com seus funcionários atuais e, quando não houver mais condição de atender à demanda, terão de contratar”, explica o economista Luiz Fernando Castelli, da consultoria GO Associados. Segundo suas estimativas, o ano de 2016 terminará com uma taxa de desocupação a 12%, chegando a 12 5% no segundo semestre do ano que vem e começando a cair a partir daí.
Em reuniões com centrais sindicais no início desta semana, Meirelles mostrou uma previsão até mais pessimista. Para ele, caso a confiança dos agentes econômicos não seja restaurada, a desocupação do País pode chegar a 14% ainda este ano. Depois, em entrevista, o ministro garantiu que o governo vai tomar medidas necessárias para evitar que a taxa chegue a este nível.
O presidente em exercício Michel Temer havia afirmado em seu primeiro discurso, na quinta-feira (19), que a redução do desemprego é seu maior objetivo. Para isso, o governo aposta no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), que deve ser lançado nos próximos dias. O projeto tem como meta destravar as concessões, privatizações e parcerias público-privadas de infraestrutura como forma de criar empregos e gerar renda.
O ex-ministro Moreira Franco (PMDB-RJ), que é o secretário-executivo do PPI, defendeu que os investimentos nesta área têm potencial de gerar três vezes mais vagas do que os realizados no setor produtivo, embora não tenha explicitado ainda quantos empregos o programa pode gerar.
Márcio Salvato, professor e coordenador do curso de economia do Ibmec/MG, acredita na possibilidade na criação de postos de trabalho por meio do PPI, mas pondera que os reflexos só devem ser vistos na taxa de desemprego no longo prazo. “O desemprego não vai cair imediatamente. Na verdade, é o contrário. Muitas pessoas que estavam fora da PEA (População Economicamente Ativa) devem voltar a procurar emprego porque sentem que há mais vagas, o que deve refletir no aumento das taxas por um período”, explica. Para Salvato, o desemprego medido pela Pnad Contínua deve chegar ao pico de 13,0% em outubro deste ano e girar neste nível por alguns meses.
O economista Thiago Curado, da 4E Consultoria, também alerta para o aumento da PEA por causa da chegada de mais pessoas ao mercado de trabalho. “A PEA está crescendo em ritmo mais rápido do que a economia é capaz de incorporar”, afirma. A 4E espera que a taxa de desemprego suba para 13,1% em dezembro de 2016, chegando ao pico de 13,9% em setembro do ano que vem.

Estadão

Caicó : Vendem-se casas recém construída e com escritura pública no bairro Maynard

Vendem-se casas prontas para morar recém construídas no Bairro Maynard, escrituradas e pronta para receber toda a sua família. Pode ser vendida financiada pelo banco.

Os imóveis possuem 2 quartos ou 3 quartos. Valores das Residências a partir de R$ 125 mil.

Interessados podem entrar em contato com o corretor Carlos Eduardo - CRECI 5408/RN - pelo número 84. 9 9981-2503.