terça-feira, 12 de julho de 2016


Compre sua casa financiada pelo banco


Vende-se casa pronta para morar recém construída na Rua Professor Manoel Fernandes, 260,  Bairro Maynard, escriturada e pronta para receber toda a sua família. O imóvel possui 3 quartos, sendo uma suite, banheiro social, sala, cozinha, área de serviço e garagem. Pode ser financiada pelo banco.

Valor da Residência R$ 135 mil.

Interessados podem entrar em contato com o corretor Carlos Eduardo - CRECI 5408/RN - pe

Urgente : Mototaxista é vítima de assalto na zona oeste de Caicó


Na tarde dessa terça feira (12), um mototaxista caicoense, conhecido como Alcino, foi vítima de um assalto e teve uma arma de fogo apontada para a cabeça, e tudo por causa do celular.

O crime ocorreu em uma churrascaria do bairro Barra Nova, área oeste da cidade. Não há informações de feridos e dos acusados.

“Oscar” da aviação: Azul é eleita a melhor baixo custo da América do Sul; Qatar Airways compra 10% da Latam

A companhia aérea chilena LAN foi eleita, novamente, a melhor empresa aérea da América do Sul pelo “Oscar” da aviação (Skytrax World Airline Awards). O ranking foi divulgado nesta terça-feira (12).

Em 2015, a aérea também tinha levado esse título. A empresa faz parte da Latam, grupo que também é dono da brasileira TAM.
Nesta terça, foi divulgado que a Qatar Airways fez um acordo para comprar até 10% da Latam por US$ 613,1 milhões.

No ranking geral, com todas as empresas aéreas do mundo, a LAN caiu da 32ª para a 45ª posição. Nessa mesma lista, a TAM aparece em 57º lugar.

A Azul foi eleita a melhor companhia aérea de baixo custo da América Latina. No ranking com todas as empresas do mundo, aparece em 55º lugar.

Emirates é a melhor do mundo
A Emirates foi eleita a melhor empresa aérea do mundo este ano, superando a líder do ano passado, a Qatar Airways, que ficou em segundo lugar, seguida da Singapore Airlines. A AirAsia, da Malásia, ficou com o prêmio de melhor companhia aérea de baixo custo do mundo.
UOL / BG / Isaac Plantão Caicó

Ex - candidato a prefeito por Caicó, é encontrado morto em Brasília

O caicoense Hiran Lucena foi encontrado morto em seu apartamento no dia de ontem (11), em Brasília.

Não se tem detalhes do ocorrido, apenas uma mensagem de sua filha nas redes sociais aonde a mesma lamentou a morte do Pai.


Hiran Lucena foi candidato a prefeito de Caicó em 2012, ficando em último colocado com menos de 500 votos.

Déficit hídrico pode ser de 40% em 2030

A Organização das Nações Unidas (ONU) alerta que o planeta poderá ter um déficit de 40% na disponibilidade hídrica até 2030. Apesar dos avanços, ao menos 663 milhões de pessoas ainda não têm acesso a água potável. A ONU prevê que no futuro aproximadamente 1,8 bilhão de pessoas, de uma população mundial superior a sete bilhões, viverão em países ou regiões com escassez hídrica.

Vários fatores agravam a crise atual, como a mudança climática – que desencadeia secas – e os conflitos militares, nos quais a água é utilizada como arma de guerra em várias regiões, incluídos Iraque, Síria e Iêmen. O Grupo de Alto Nível sobre Água, anunciado conjuntamente pela ONU e pelo Banco Mundial no final de abril, mobilizará recursos financeiros e reforçará os investimentos para aumentar o fornecimento de água.

O secretário-geral adjunto da ONU, Jan Eliasson, da Suécia, disse em uma mesa-redonda nas Nações Unidas que a água se encontra no elo entre o desenvolvimento sustentável e a ação climática.“Muita água e nem uma gota para beber”, comentou um dos colegas de Eliasson que visitaram o Paquistão depois de uma grande inundação, em referência aos dois extremos de padrões climáticos, secas por um lado e inundações de outro.

A água potável está em risco todos os dias, devido à falta de saneamento, algo muito comum em muitos países. Atualmente, estima-se que quase dois bilhões de pessoas que bebem água poderia estar contaminada com matéria fecal. O Unicef e outras organizações deverão redobrar os esforços para melhorar o acesso das pessoas a banheiros, e sobretudo para acabar com a defecação ao ar livre.

Com relação a “água, saneamento e higiene, também se deve considerar a mudança climática. As secas, inundações e as condições climáticas extremas repercutem na disponibilidade e segurança da água”, garantiu Wijesekera. Cerca de 160 milhões de menores de cinco anos vivem em zonas com alto risco de seca, enquanto aproximadamente 500 milhões vivem em áreas de inundação, acrescentou.

Para resolver a crise da água, Darcey O’Callaghan, da organização Food and Water Watch, observou que “em primeiro lugar devemos proporcionar suficiente água limpa e segura para todas as pessoas, porque a água é um direito humano. A viabilidade financeira é um elemento crucial para atender essa necessidade”. Em segundo lugar, “devemos proteger a sustentabilidade da água e não extrair das bacias além de sua recarga natural. Se deixarmos que as fontes hídricas sequem, perderemos a capacidade e proteger os direitos humanos das pessoas. Assim, claramente, devemos tratar esses dois temas conjuntamente”, apontou.

Para a água ter uma tarifa acessível, deve ser administrada por uma entidade pública e não por uma que tenha fins lucrativos, recomendou a especialista. Mau serviço, tarifas elevadas e qualidade da água degradada foram algumas das consequências quando se permitiu que empresas privadas controlassem o acesso à água, algo que se conhece como “privatização da água”.

Não há dúvidas de que água e saneamento são direitos humanos, observou a especialista ao ser perguntada se as pessoas devem pagar por esses serviços. O que o público paga é a manutenção da infraestrutura hídrica e da água corrente através das redes de distribuição às moradias, escolas, aos negócios e às instituições governamentais. O’Callaghan afirmou que “a ONU fixou pautas para a acessibilidade à água – em 3% da renda familiar – e estas protegem o direito humano à água. Se a tarifa do serviço de água supera a capacidade de pagamento de uma família, então se trata de uma violação dos direitos humanos”.

Uma estratégia que se mostrou promissora são as associações entre órgãos públicos (APP). Em contraste com a privatização, que coloca as necessidades públicas nas mãos das corporações com fins lucrativos, as APPs reúnem funcionários públicos, trabalhadores e comunidades para oferecer um serviço melhor e mais eficiente. As APPs permitem que duas ou mais empresas públicas de água ou organizações não governamentais somem suas forças e aproveitem suas capacidades compartilhadas, unindo seus recursos, poder de compra e conhecimentos técnicos, enfatizou O’Callaghan.

Queima total LK MULTIMARCAS


3 Bermudas por R$ 99,00 a vista

nos tamanhos 36 ao 46

peças selecionadas na loja.

Continua a promoção das Camisetas 3 por R$ 50,00 essa semana

Só amanhã na LK MULTIMARCAS

fica na loja EDISOM IMPORTADOS vizinho a Ótica Diniz

mais inf 99927-8030

@LKMULTIMARCAS no Instagram