sexta-feira, 30 de setembro de 2016


Compre sua casa financiada pelo banco

Vende-se casa pronta para morar recém construída na Rua Professor Manoel Fernandes, 260,  Bairro Maynard, escriturada e pronta para receber toda a sua família. O imóvel possui 3 quartos, sendo uma suite, banheiro social, sala, cozinha, área de serviço e garagem.

Pode ser financiada pelo banco.

Valor da Residência R$ 135 mil.

Interessados podem entrar em contato com o corretor Carlos Eduardo - CRECI 5408/RN - pe

Urgente : Polícia Ambiental de Caicó prende indivíduos armados na zona rural de Caicó

Em patrulhamento na zona rural de Caicó no início da tarde desta sexta-feira  (30), Policiais da Polícia Ambiental de Caicó (CIPAM) abordaram um veículo com 4 indivíduos em atitude suspeita, ao encontraram 3 armas de fogo, sendo uma pistola 380 e dois revólveres calibre 38 além de uma certa quantia em dinheiro.

Os quatro elementos presos foram:

WASHINGTON LUÍS DE ARAÚJO, de 40 anos o GORDO de Jardim de Piranhas que responde por tráfico de drogas;

ÁLISSON SOARES MARINHO DA SILVA, de 24 anos;

ANDERSON FLORÊNCIO DA SILVA, de 20 anos que responde por assalto em uma farmácia em Lago Nova em Natal em 08 dezembro de 2015;

ELENILSON COSTA DO NASCIMENTO, de 20 anos responde por homicídio e era foragido do presídio “O Pereirão” de Caicó após a última fuga registrada

Leroy Merlin inaugura sua primeira loja em Natal


Investindo cerca de R$ 105 milhões a marca francesa Leroy Merlin, especializada em “casa”, abriu sua primeira loja na Região nesta semana. A unidade, tem 9 mil metros quadrados e foi construída  às margens da BR-101, em Nova Parnamirim.

 

O plano de expansão da empresa prevê 100 lojas no Brasil até 2025 e representação em todas as capitais do Nordeste. Natal é  a terceira. Atualmente a marca tem 38 lojas distribuídas em 10 estados, sendo que a primeira do Nordeste foi inaugurada ano passado, em Fortaleza, Ceará.

 

Governo Robinson estuda pagar servidores em parcelas

Para garantir o pagamento dos vencimentos dos servidores ativos, inativos e pensionistas ao mesmo tempo, o núcleo financeiro do Governo do Estado estuda pagar a folha por faixas salariais e, até mesmo, a possibilidade de fracionamento dos salários de setembro, a partir de um determinado teto salarial, para os que têm maior rendimento. A informação foi repassada pelo secretário de Estado do Planejamento e das Finanças, Gustavo Nogueira, a lideranças sindicais, em reunião ontem, mediada pela secretária-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha. O calendário e a forma de pagamento deverão ser anunciados em uma nova reunião, marcada para o próximo dia 6 de outubro.
CedidaGustavo Nogueira informou sobre um possível fracionamento de salários em reunião com sindicatosGustavo Nogueira informou sobre um possível fracionamento de salários em reunião com sindicatos

Do encontro, os representantes dos servidores estaduais saíram com a certeza da indefinição quanto à data de início do calendário de depósitos salariais da grande maioria dos servidores públicos estaduais, situação que se repete há pelo menos oito meses. De acordo com Janeayre Souto, presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta (Sinsp/RN), apenas os órgãos com autonomia financeira ou de economia mista – Detran, AGN, Potigás, Caern, Idema, Ipem, Jucern e DEI – deverão manter o pagamento dos salários dentro do mês trabalhado. E os servidores da Secretaria de Estado da Educação (SEEC), pagos através dos repasses do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), deverão receber entre os dias 30 de setembro e 1º de outubro.

As alterações estudadas, conforme detalhado por Janeayre Souto, podem atingir os que ganham acima de R$3 ou 4 mil. “O Governo não chegou a definir um teto salarial para o início do pagamento, mas disse que estuda a possibilidade de fracionar aqueles salários mais altos, acima de R$ 3 ou 4 mil”, disse ela. “Um servidor que receba R$ 10 mil  poderá ter o salário dividido em duas ou mais parcelas. Ele receberia R$ 3 mil  ou R$ 4 mil numa data e o restante em outra. Mas o Governo disse que ainda é uma ideia. O formato final deverá ser anunciado semana que vem”, disse a líder sindical. Em nota no início da noite, o Governo não mencionou o fracionamento.

Aos líderes sindicais que representam as diversas categorias do funcionalismo público - Sinai, Sinpol, Sintauern, Sindifern, ABMRN, Sindsaúde, Sindasp, Sinsp, Adepol e Sintern – presentes à reunião, o secretário Gustavo Nogueira justificou a não publicização do calendário de pagamento. “A frustração de receitas já ultrapassa o montante de 320 milhões neste ano. Tivemos queda significativa no Fundo de Participação dos Estados, fundo este que representa 40% das nossas transferências federais”, justificou. No próximo dia 5 de outubro, os mesmos sindicatos deverão se reunir com Tatiana Mendes Cunha, Gustavo Nogueira, além do secretário de Estado da Tributação, André Horta de Melo, para discutir aspectos da arrecadação própria do Estado.

A presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindasp/RN), Vilma Batista, afirmou que é preciso discutir, também, o repasse dos duodécimos. “Nós cobramos que o Governo convoque os demais Poderes, para que todos reduzam despesas, para que haja uma repactuação dos duodécimos. A minoria recebe os melhores salários enquanto a maioria dos servidores está com salários atrasados, pagos fora do mês trabalhado”, disse ela.

Ela comentou, ainda, que na reunião com o secretário André Horta de Melo, na próxima semana, deverá ser apresentada mais uma sugestão para ampliação da arrecadação dos impostos. “Que os postos fiscais nas divisas com outros estados sejam reabertos. Isso servirá para coibir entrada de armas, drogas e para dar maior rigor na fiscalização das cargas e arrecadação de impostos”, frisou.

Em nota, o Governo do Estado destacou que a reunião, entre membros do Executivo e representantes dos servidores, tem como objetivo “divulgar as contas das receitas e despesas para que os servidores também possam opinar as prioridades de pagamento e decisões de forma democrática”. A secretária-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, comentou que “essa transparência permite que os servidores possam acompanhar a situação de crise financeira que o Estado enfrenta e opinar sobre a melhor forma de enfrentá-la”.

Página 2 de 2 O repasse dos duodécimos aos Tribunais de Justiça e de Contas, Assembleia Legislativa e Ministério Público Estadual, deverá também ser fracionado. O depósito, que deveria ter ocorrido no dia 20 passado, ficou de ser feito nos dias 30 deste mês e em 5 de outubro. A informação foi confirmada ontem pelo titular da Seplan, Gustavo Nogueira. O auxiliar do Governo do Estado não detalhou, porém, quais são os percentuais a serem pagos em cada data, mas disse que os valores “seriam  suficientes para quitar as respectivas folhas de pagamento”. Fontes dos órgãos, confirmaram à TRIBUNA DO NORTE que nada caiu nas contas e que os servidores estão preocupados com possíveis atrasos nos recebimentos.   

Os atrasos nos repasses também foram registrados em julho e agosto. Naqueles meses, o Executivo Estadual fez a transferência dos recursos no último dia do mês, postergando o pagamento dos salários dos servidores desses poderes que costumava ocorrer dentro do mês trabalhado. A queda nos repasses do Fundo de Participação dos Estados (FPE), que no Rio Grande do Norte somou R$ 320,1 milhões de janeiro a agosto deste ano, é uma das principais causas do atraso. O valor frustrado corresponde a repasses federais  previstos, mas não realizados, conforme detalhado no Balanço Orçamentário da Receita publicado pela Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan).

O valor seria suficiente para pagar, aproximadamente, 75% de uma folha do funcionalismo público potiguar, que gira em torno de R$ 420 milhões/mês. Com débitos milionários na maioria das Secretarias que formam a Administração Pública, o governador Robinson Faria afirmou fazer “a escolha de Sofia” para não deixar de pagar o funcionalismo e comprar  medicamentos para os hospitais mantidos pelo Estado. A decretação de calamidade nas finanças estaduais é uma saída vislumbrada por ele, ao lado de outros 15 governadores, para pressionar o Governo Federal a liberar R$ 7 bilhões aos Estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste como forma de compensar a frustração do FPE este ano.

Duas semanas após ameaçar decretar situação de calamidade nas finanças públicas ao lado de outros 15 estados das regiões Norte, Centro-Oeste e do próprio Nordeste, o Governo do Rio Grande do Norte ainda não definiu quando o documento será publicado. Fontes da TRIBUNA DO NORTE ligadas ao Executivo Estadual confirmaram que a minuta do decreto foi confeccionada pelo Gabinete Civil e analisada pela Controladoria Geral do Estado (Control), Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan) e Procuradoria Geral do Estado (PGE). A secretária-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, declarou que o “decreto será editado pelos Estados conjuntamente”, mas não informou a possível data.

Foragido da justiça é recapturado na BR 406


Uma equipe de policiais da Polícia Rodoviária Federal prendeu em flagrante delito, nesta quarta-feira (28) na BR 406, o foragido da justiça Jailson Carlos Praxedes, pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e receptação. Através de investigações, a polícia civil descobriu que Jailson se apresentou com o documento de Ronis Pereira da Silva.

O homem preso é foragido de Alcaçuz, e responde pelos crimes de roubo em Mossoró, sendo incluído, após a sua prisão, o crime de falsa identidade e falsidade ideológica. Segundo o chefe de investigações, Jailson também é suspeito de envolvimento com assaltos, roubo de carros e estelionato, tendo contra ele dois mandados de prisão em aberto, sendo um emitido em Natal, e outro em Barra do Garças, localizada no estado de Mato Grosso. O homem foi preso e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará a disposição da justiça.

Com homenagem a Manoel Torres, Roberto Germano encerra campanha com multidão


A chapa da Caravana 15 de Roberto Germano e Alex Dantas encerrou ao lado do povo, sua última passeata desta campanha eleitoral. A maior mobilização confirma a tendência crescente de vitória de Roberto Germano para continuar administrando Caicó.

Nesta quinta-feira (29), milhares de eleitores atenderam o convite da passeata da vigília 15. “Agradeço ao povo de Caicó por nos acompanhar em mais uma campanha eleitoral. Nossa campanha foi crescente, conforme as pessoas tomavam conhecimento do tanto que já fizemos pela nossa terra, mais demonstrações de apoio chegavam. Agora peço a todos que continuem a conquistar mais votos e fiquem vigilantes para exercerem sua cidadania”, destacou.

Bastante emocionado, Roberto agradeceu a todos e prestou uma homenagem especial ao eterno líder Manoel Torres (in memoriam), a multidão bacurau entoou, à capela, a música tema de Seu Manoel, Bandeira Branca. “Quero terminar agradecendo ao bacurau de Caicó prestando esta homenagem a seu Manoel. E vamos a vitória no próximo domingo”, completou.