BMW mostra conceito de moto 'que não cai nunca'

Depois de Mini, Rolls-Royce e a divisão de automóveis de BMW mostrarem conceitos do que o grupo espera para os próximos 100 anos, agora é a vez da Motorrad, braço do grupo para motos, revelar o conceito chamado Vision Next 100.

O veículo foi mostrado nesta terça-feira (11) em Los Angeles, onde ficará exposto até o próximo domingo (16).

De acordo com a Motorrad, a moto Vision Next 100 irá dispensar o uso de qualquer aparato de segurança, como capacte e roupas de proteção. Isso porque a motocicleta não apenas irá detectar situações de perigo, como também agir preventivamente, para evitar acidentes.

Outra capacidade do modelo, segundo a montadora, é de não tombar nunca, utilizando um sistema chamado de "auto-equilíbrio".

Ainda de acordo com a fabricante, este mecanismo irá permitir que qualquer pessoa, independente da experiência com motos, possa guiar o modelo.

Outra fabricante que desenvolve sistemas de equilíbrio para as motos é a Yamaha com o seu Motobot, um robô capaz de pilotar motos.

De acordo com a montadora japonesa, em 2017 o robô poderá rodar a velocidades superiores a 200 km/h e vai andar com o piloto Valentino Rossi na pista.

Óculos interativo

O piloto ainda poderá acessar as informações da moto por meio de um óculos, que funciona como visor inteligente, projetando os dados no campo de visão. Ele também é capaz de proteger o condutor do vento.

A Motorrad não deu maiores informações sobre o tipo de propulsão, mas adiantou que será zero emissões. No visual, a Vision Next 100 tem aparência de um modelo naked (sem carenagem), mas carrega traços da primeira moto da marca, a R32, de 1923.

Outro saudosismo está no motor, que apesar de não ser a combustão, mantém o tradicional formato boxer da marca, presente na linha GS.

Roupa especial

Além de não precisar de capacete, quem conduzir a moto também não precisará de nenhum outro tipo de proteção, diz a marca, somente o óculos ajudará a segurar o vento nos olhos. No entanto, haverá uma roupa para aquecer ou resfriar o motociclista.

Sensores na roupa monitoram o pulso e temperatura corporal, regulando a temperatura automaticamente. O traje ainda seria capaz de indicar a navegação e avisar que atingiu o limite de inclinação por meio de elementos vibratórios nas pernas e braços.

BMW Motorrad Vision Next 100 (Foto: Divulgação)

BMW Motorrad Vision Next 100 (Foto: Divulgação)

Conheça a vaca de R$ 2 milhões

A população de cabeças de gado bovino em fazendas brasileiras cresceu e atingiu o recorde de 215,2 milhões de animais em 2015. Líder mundial em exportação, o país também está em primeiro lugar quando o assunto é genética bovina -- mercado formado por touros e vacas que valem e rendem cifras milionárias. Conhecido como ‘mercado de pista’, os animais são vendidos em leilões de elite, que acontecem em diferentes feiras no país e movimentam milhões de reais.

No último fim de semana, em Alexânia, Goiás, a vaca Fécula FIV Mutum, teve 33% de suas cotas comercializadas no valor de R$ 660 mil num leilão. O animal foi avaliado em R$ 1,98 mi, recordista do torneio. A vaca é filha de CA Sansão e irmã de Dengoso FIV Kubera. “Esse pedigree é impressionante. As irmãs de Fécula também são diferenciadas. Com certeza essa genética contribui muito para o melhoramento produtivo desse país. Não tenho nenhum receio de indicar Dengoso para fazer lindas e produtivas vacas”, explica Guilherme Marquez, gerente de leite nacional da Alta.

Atualmente, a Fécula FIV Mutum vale tanto quanto uma Ferrari F458 Spider, avaliada em R$ 2,2 milhões ou um apartamento de três quartos em Balneário Camboriú. Com 1,98 mi também seria possível comprar 66 carros populares ou 40 mil quilos de picanha.


Urgente : Assalto à carro forte entre as Cidades de Serra Negra do Norte e Pombal PB

Cerca de  20 homens atacaram o carro da empresa de valores Prossegur na BR 427, entre as Cidades de Serra Negra do Norte e Paulista PB.

A quadrilha abriu fogo contra o carro forte com armas de grosso calibre,  retiraram o cofre de dentro do veículo e explodiram o cofre no meio da pista, todo o dinheiro foi levado e a quadrilha fugiu em veículos modelo 4x4.

Policiais da Paraiba e do Rio Grande do Norte estão em diligencias a procura da quadrilha.

Segurança Pública reúne forças de segurança para avaliar ações de redução da violência no RN


O secretário da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), Caio Bezerra, reuniu na manhã desta terça-feira (11) delegados da Delegacia de Combate ao Crime Organizado (Deicor), a Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE) e o comando da Força Nacional que atua no Rio Grande do Norte para realizar o planejamento de ações com o objetivo de reduzir os índices de criminalidade no RN, com foco nos Crimes Violentos Letais Intencionais e ocorrências envolvendo unidades bancárias no Estado.

No encontro foi apresentado dados de ocorrências realizadas ao longo dos últimos anos, especificando os locais e horários de maiores incidências destes tipos de crime. “Com integração e investimentos no serviço de inteligência estamos atuando para combater quem pratica estes tipos de crimes, de forma a levar a prisão esses delinquentes”, disse o delegado titular da Deicor, Odilon Teodósio. Ainda segundo ele, o trabalho inteligente e preventivo dos militares da Força Nacional é de fundamental importância para conseguir o êxito.

“Além de atuarem integrados as forças estaduais de segurança, a Força Nacional também está recebendo, semanalmente, relatórios estatísticos para basearem suas missões com informações claras sobre onde o crime está mais presente”, acrescentou.

Para Caio Bezerra, a união de esforços das polícias Civil e Militar com a Força Nacional trará grandes benefícios a população, pois conseguirá identificar, localizar e deter pessoas que insistem em prejudicar o cidadão de bem. “Vamos trabalhar diuturnamente, seja mudando horários de atuações, localizações e patrulhamentos, para inibir crimes de homicídios e arrombamentos em unidades bancárias no nosso Estado. Conseguimos uma importante redução de CVLIs no último trimestre mas precisamos avançar ainda mais”, disse o secretário.

Deputados e senadores podem perder aposentadoria especial

A proposta de reforma da Previdência que está nas mãos do presidente Michel Temer prevê o fim da aposentadoria especial para deputados e senadores. Hoje, eles contribuem para um regime especial, mas, a partir da aprovação do texto, quem se eleger não terá mais acesso a este sistema, indo direto para o regime geral de Previdência (idade mínima de 65 anos, tempo mínimo de contribuição de 25 anos e teto de R$ 5.189) do INSS. Segundo uma fonte do governo que participou da elaboração da proposta, no caso dos congressistas não haverá transição.

Assim que a reforma for aprovada, os novos deputados e senadores não terão acesso ao sistema especial. Isso deverá ocorrer já para os que forem eleitos em 2018 e também aos suplentes que assumirem cadeiras na Câmara e no Senado como titulares, no momento em que a lei passar a vigorar.

Para um auxiliar do presidente, a medida poderá despertar alguma reação corporativa. Porém, a avaliação é que os congressistas terão que “dar o exemplo", já que a reforma limitará benefícios à grande maioria dos trabalhadores.

Atualmente, os parlamentares seguem as mesmas regras dos servidores públicos. Para receber o benefício integral, são exigidos 35 anos de contribuição no exercício da atividade legislativa e 60 anos de idade. A lei também prevê aposentadoria com proventos proporcionais, calculada com base em 1/35 (um trinta e cinco avos) por ano de mandato. Hoje, o senador pode se aposentar com oito anos no cargo, por exemplo, se preencher os requisitos de 35 anos de contribuição, seja no INSS ou outro regime, e ter 60 anos.

O alcance da reforma da Previdência ainda vai ser definido pelo presidente Michel Temer, que pretende conversar com sindicalistas, empresários e líderes dos partidos antes de enviar a proposta ao Congresso. Falta decidir também se os militares das Forças Armadas farão parte da proposta, com aumento do tempo na ativa. Há, ainda, o pleito dos governadores, que querem incluir na proposta medidas para aliviar a pressão de despesas com aposentadoria e pensão no caixa estadual.

Como a prioridade do governo é aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que cria um teto para os gastos públicos na Câmara dos Deputados, o texto final que altera as regras da aposentadoria deve ser encaminhado ao Legislativo em novembro. O motivo, segundo uma fonte do Planalto, não é a preocupação com o segundo turno das eleições municipais, no dia 30 deste mês, mas com o cronograma da negociação em si. Temer ficará fora do país, em viagem à Índia e ao Japão, e só deve inciar as discussões quando voltar ao Brasil. A reunião do presidente com as centrais sindicais, prevista para hoje, foi adiada, e não há prazo para um novo encontro.

Moradores da Cidade de São Fernando não conseguiram dormir por conta da fumaça provocada por um incêndio na Cidade de Caicó

Os moradores da Cidade de São Fernando que fica localizada à 15 km de Caicó, não conseguiram dormir na madrugada desta Terça-feira (11), por conta da forte fumaça provocada por um incêndio que já dura mais de 24 horas no lixão de Caicó.

Segundo informações da central 193 do Corpo de Bombeiros, infelizmente o fogo está descontrolado e não podem gastar água, devido a crise hídrica que a cidade de Caicó enfrenta.

Registro de mais um suicídio na região do Seridó

Nas primeiras horas da manhã desta Terça-feira  (11), foi registrado mais um suicidio no Seridó.

O Sr. Zé Alexandre  morador do Sitio Quixaba no municipio de São José Do Seridó cometeu suicídio em sua própria residência.


Uma equipe do ITEP de Caicó foi acionado para o local.