domingo, 30 de outubro de 2016


Prepare-se para a era da internet hiperveloz no celular

Para quem ainda pena para conseguir navegar pela internet no celular e nem sequer tem acesso ao 4G, falar em 5G pode parecer provocação. Mas, mesmo com a atual geração da banda larga móvel ainda tendo um bom caminho a percorrer no Brasil, operadoras de telefonia e fabricantes do setor correm para testar a nova tecnologia e viabilizar o que está sendo anunciada como a era dos gigabits por segundo (Gbps) no smartphone.

Não à toa, o 5G foi um dos temas mais discutidos durante a Futurecom 2016, maior evento de TI e telecomunicações da América Latina, que ocorreu neste mês em São Paulo. Na ocasião, Claro e Ericsson aproveitaram para fazer o primeiro teste prático da tecnologia no país: usando um protótipo e antenas portáteis, as empresas usaram o 5G para transmitir vídeos em 4K em quatro telas diferentes, com a transmissão de dados atingindo uma velocidade de até 5 Gbps.

As companhias que disputam o mercado de infraestrutura em telecomunicações, como Nokia, Ericsson, Qualcomm, Siemens e Huawei, garantem que mesmo usuários comuns terão acesso a essa internet hiperveloz, que se distancia em muito do pico de 18,57 megabits por segundo (Mbps) atingido pelo 4G no Brasil (veja infográfico). A Qualcomm, inclusive, mostrou semana passada seu primeiro modem 5G para celulares, que deve chegar os aparelhos já em 2018.

Com novos testes e estudos surgindo a cada mês, as empresas buscam vender a ideia de que a tecnologia já está avançada e trará grandes benefícios para os consumidores e operadoras, principalmente com a expectativa da consolidação da Internet das Coisas (IoT, da sigla em inglês), que vai exigir conectividade para bilhões de dispositivos nas ruas, casas e indústrias. Carros autônomos, por exemplo, só serão de fato viáveis em larga escala com a chegada do 5G, defendem especialistas, devido à necessidade de uma conexão veloz e de baixíssima latência.

“O 5G é justamente a base para a internet das coisas. Para essas novas aplicações, você vai precisar de um throughput (quantidade de dados transferidos em um determinado tempo) maior e uma latência menor. É uma evolução que permite atender também lugares com grande concentração de pessoas, como estádios e aeroportos, com uma qualidade muito maior, já que você tem mais dados à disposição para repartir”, explica a arquiteta de soluções da Ericsson Camilla Duarte.

Em breve

A expectativa é que a prova real da tecnologia ocorra daqui a dois anos, com operadoras na Coreia do Sul oferecendo o 5G nos Jogos Olímpicos de Inverno. Em escala mundial, a meta é ter redes comerciais prontas em 2020 – hoje, o principal desafio envolve a busca de um padrão do 5G, que são os parâmetros que identificam e uniformizam a tecnologia em todo o mundo e precisam ser seguidos por empresas e governos.

Para o diretor da 5G Americas para América Latina e Caribe, José Otero, a adoção do 5G no Brasil deve ser mais rápida do que nas tecnologias anteriores, seguindo uma tendência já verificada já no 4G, quando houve um descompasso de três anos entre o início da operação no mundo e no país – na época do 3G, o intervalo foi o dobro desse tempo. “Cada vez a nova tecnologia tem sido adotada em menos tempo. Agora mesmo no Brasil há muitas universidades com parcerias com empresas de telecomunicações trabalhando em conjunto para o desenvolvimento do 5G”, afirma.
Gazeta do Povo / Plantão Caicó

Maior cargueiro do mundo vai pousar em Viracopos

Divulgação

Giganete da aviação, a aeronave ucraniana é impulsionada por seis motores a jato, tem 84 metros de comprimento e 88 metros de envergadura de asas; tem capacidade para levar até 300 toneladas de carga

O ucraniano Antonov AN-225 Mriya, o maior avião de carga em operação no mundo, vai pousar no Aeroporto Internacional de Viracopos no dia 14 de novembro. É a segunda passagem desse Antonov pelo Brasil — a outra foi em 2010, quando trouxe equipamentos de grande porte comprados pela Petrobras. Em abril deste ano, o Antonov 124-100, menor do que o Mriya, que havia saído da Ilha do Sal, em Cabo Verde, pousou em Viracopos antes de seguir para Houston, nos Estados Unidos.

O AN-225 virá de Iquique, no Chile, fará escala em Campinas e seguirá para Guarulhos; no dia seguinte, decolará com destino a Santiago do Chile. Impulsionada por seis motores a jato, a aeronave tem 84 metros de comprimento e 88 metros de envergadura de asas. Maior do mundo, ela foi desenhada para o Programa Espacial da União Soviética em substituição ao Myasishchev VM-T, para transportar a nave espacial Buran. Tem capacidade para levar cargas de até 300 toneladas e decolar com peso máximo de 600 toneladas, incluindo carga, volume de combustível e seu próprio peso. A Antonov Airlines, que opera a aeronave, solicitou na quinta-feira passada uma alteração no voo (Hotran) e decidiu incluir a escala em Viracopos antes de seguir para Guarulhos. Até o fechamento desta reportagem, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) não havia aprovado a mudança, mas Viracopos já foi informado do pedido.

O AN-225 está disponível comercialmente para transportar cargas de grandes proporções, devido ao tamanho único de seu compartimento de carga — para ter uma ideia de sua capacidade, ele comportaria, facilmente, mais de 1.500 pessoas. Além disso, pode transportar cargas na parte externa e superior da fuselagem. Sendo usado para transportar cargas dessa forma, a capacidade diminui para pouco menos de 200 toneladas. Entretanto, as medidas da carga aumentam. O comprimento, por exemplo, passa de pouco mais de 44 metros para mais de 70. É necessário, apenas, que essa carga tenha um mínimo de aerodinâmica.

8 maneiras de reconhecer um ataque cardíaco antes que ele aconteça

ataque cardíaco

Muito embora os riscos de doenças como o câncer de mama e o câncer de colo do útero figurem como as principais preocupações relacionadas à saúde da mulher, ainda se ignora o fato de que os problemas cardiovasculares sejam os maiores responsáveis pela causa-mortis entre as brasileiras na atualidade.

Segundo pesquisas, estima-se que, em menos de duas décadas, o número de ataques cardíacos em mulheres ultrapasse o índice masculino.

Essa estimativa alarmante é resultado de uma série de fatores ligados à vida moderna e agitada das brasileiras, que engloba estresse, sedentarismo, maus hábitos alimentares, tabagismo e sono irregular.

Os indícios que o coração dá como alerta de que está no limite e que algo vai muito errado com a saúde são diferentes em homens e mulheres.

Enquanto neles, os sinais são claros, como dor intensa no peito e fisgadas no braço, nelas os sintomas são bem mais silenciosos e, por essa razão, é essencial e vital saber reconhece-los.

Confira abaixo quais são as formas de reconhecer um ataque cardíaco:

1 – Suor Frio e Palidez

Indisposição repentina, envolvendo palidez, tontura e suor frio são sintomas que não devem jamais ser ignorados quando não apresentam um motivo aparente e podem indicar tanto um ataque cardíaco, quanto um acidente vascular cerebral (AVC).

Por isso, ao perceber esses sintomas acione, imediatamente, uma ambulância.

2 – Exaustão

A exaustão é a causa mais lembrada por mulheres que já sofreram ataques cardíacos. Mais de 70% delas relataram terem sentido uma fadiga excessiva e inexplicável antes de um ataque, mesmo que não tenham realizado qualquer esforço para isso.

O cansaço pode ter início horas antes do ataque, como semanas antes.

3 – Insônia

Distúrbios no sono que se prolongam por diversas noites seguidas e incapacidade de dormir ou de ter uma noite tranquila de sono por grandes períodos, é sinal de que algo não vai bem com o seu coração, o que pode resultar em um ataque cardíaco.

4 – Dores

Ao contrário dos homens, que geralmente sentem dores no peito ao enfartarem, as mulheres que estão prestes a ter um ataque costumam sentir fortes pontadas na região do queixo, mandíbula e um desconforto muito intenso na garganta, como se estivesse com algum objeto entalado nela.

As dores, quando ocorre o ataque, podem se espalhar também para o ombro esquerdo, para a região superior das costas, peito e para os dois braços.

Marília Mendonça desabafa após levar bronca por deitar em aeroporto

A cantora sertaneja Marília Mendonça usou seu perfil no Instagram para desabafar sobre o tratamento que recebeu de funcionários do Aeroporto Internacional de Guarulhos, após tentar deitar no chão. “Fui levantada no maior desaforo e ignorância que já recebi de alguém”, postou a artista.

O desabafo foi publicado neste sábado (29/10), mas apagado pouco tempo depois. Segundo o relato da cantora, ela fazia conexão no aeroporto paulista após um show em Uberlândia (MG) e antes de seguir para Vitória (ES).

Sem conseguir descansar entre os voos, ela teria deitado no chão, mas logo foi abordada por funcionários. “Quase chutada, acordei assustada, me desculpei mesmo assim e disse que em Brasília ninguém nunca tinha dito nada… A resposta foi: ‘pois é, aqui não é Brasília, é São Paulo’ “, escreveu Marília Mendonça.

Por fim, a cantora terminou a postagem pedindo melhor tratamento. “O respeito cabe em qualquer lugar desse mundo. Entenda os motivos, procure saber, não julgue pela aparência de cansaço ou por estar ali atirada no chão. Você não sabe e nunca vai saber da minha luta, moça!”, afirmou.

Por meio da assessoria de imprensa, o Aeroporto de Guarulhos informou que é procedimento padrão abordar passageiros que estão deitados no chão e encaminhá-los para locais oficiais de descanso. Eles ainda afirmaram que vão apurar o caso relatado pela cantora sertaneja.

Confira o texto na íntegra do desabafo da artista:

Três corpos foram encaminhados de Caicó para serem necropsiados em Natal neste domingo (30).

Os três corpos existentes no ITEP de Caicó na manhã deste domingo (30), para serem necropsiados, foram encaminhados para Natal, por causa da falta de médico legista neste final de semana na unidade.

Os corpos foram os de: Franciélio de Souza Dantas, de 36 anos (que morreu na madrugada deste domingo em acidente de moto em Caicó); Josenilson Medeiros da Silva, de 17 anos (que morreu em troca de tiros com a Polícia na sexta-feira pela manhã) e de Eliane Duarte da Silva Assis, de 30 anos (que morreu em Parelhas vítima de acidente de moto).

Por Sidney Silva

Pelé não está conseguindo andar nem com a ajuda de bengala

Esporte ao Minuto

© Fornecido por New adVentures, Lda.

O ex-jogador Pelé passa por um momento difícil. O “Rei do futebol” não está conseguindo caminhar, mesmo com a ajuda de uma bengala, segundo informou a coluna Gente Boa, do jornal O Globo.

O ídolo brasileiro não consegue se mover por poucos metros e tem bastante dificuldades para permanecer em pé.

Em 2012, Edson Arantes do Nascimento passou por uma cirurgia no quadril mal sucedida e chegou a dizer que houve erro médico, sendo submetido posteriormente por outro procedimento cirúrgico.

As capitais mais violentas do Brasil; Natal lidera


Todos os dias, 42 brasileiros são assassinados nas capitais brasileiras. Em 2015, essas cidades registraram 15,2 mil mortes por crimes violentos intencionais — o que representa 26% do total de assassinatos em todo o país. Os dados fazem parte do 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, que será divulgado na íntegra no dia 3 de novembro pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

O relatório publicado na revista Exame leva em conta a soma das vítimas de homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, latrocínio (roubo seguido de morte) e mortes ocorridas durante operações policiais. A capital mais violenta do país é Natal, no Rio Grande do Norte, que teve, no ano passado, 78,4 assassinatos por 100 mil habitantes — um crescimento de 97% em relação a 2014, quando ocorreram 39,8 mortes/100 mil habitantes. Esse foi o maior aumento entre capitais de 2014 para 2015. A elevação fez com que o município pulasse da 13ª posição no ranking em 2014 para a liderança em 2015.

Urgente : Acidente com vítima fatal na zona norte de Caicó

Na madrugada deste domingo  (30), foi registrado um grave acidente de trânsito por trás do Cemitério Campo Jorge na zona norte de Caicó.

Um jovem por nome de Hélio de Sousa, sobrou na curva ao lado do antigo prédio do café bangu, em sua motocicleta e foi a óbito no local, uma equipe do Samu Caicó ainda tentou reverter a situação mais a vítima não reagiu ao atendimento médico.

Uma equipe do ITEP foi acionado e fez a remoção do corpo para necropsia.

Segundo informações, Hélio estava vindo de uma festa no Distrito de Laginhas, o mesmo trabalhava de vendedor e residia no Bairro Walfredo Gurgel na zona Oeste de Caicó.