terça-feira, 1 de novembro de 2016


Inep suspende ENEM na UFRN em Caicó em decorrência de ocupação

G1/RN – O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou nesta terça-feira (1º) que 191.494 dos 8,7 milhões de inscritos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não poderão fazer a avaliação no próximo fim de semana, em razão de 304 ocupações em colégios listados como locais de provas. No Rio Grande do Norte, 3.990 candidatos serão afetados e as provas não serão aplicadas em cinco locais. As provas adiadas serão realizadas nos dias 3 e 4 de dezembro, segundo o Inep.

A aplicação das provas do Enem não vai acontecer no próximo fim de semana no campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) de Caicó, no IFRN de Macau, no campus do IFRN da Zona Norte de Natal, e nas escolas estaduais Professor Anísio Teixeira e Desembargador Floriano Cavalcanti (Floca), na capital potiguar.

Veículo oficial da prefeitura de Natal foi tomado de assalto

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo, participava na manhã de hoje (1º) de audiência na Câmara Municipal, para apresentar um projeto de contenção de despesas. Enquanto isso, bandidos tomaram de assalto o carro oficial do Gabinete, uma caminhonete Toyota Hilux SW4. No momento do crime apenas o motorista ocupava o veículo.

Urgente : Homicídio no Bairro Paraiba em Caicó

No início da tarde  desta Terça-feira  (01),três indivíduos  assassinaram a tiros uma pessoa conhecido por Francisco.


A vitima trafegava em sua bicicleta no corredor  entre o Bairro Paraíba e o Nova Descoberta, quando sofreu vários disparos de arma de fogo e tombou morto no local.

Uma equipe do ITEP juntamente com Policiais Civis estão no local.

Os indivíduos fugiram para dentro do Rio Barra Nova.

"Peido" liberado durante cirurgia provoca incêndio


Uma mulher que estava sendo operada no Hospital Universitário de Tóquio (Japão) acabou provocando incêndio na sala de cirurgia ao soltar um “pum”.

A paciente era submetida a um procedimento no colo do útero com o uso de laser quando a flatulência provocou as chamas. A mulher ficou com queimaduras em várias partes do corpo, segundo a imprensa local.

O caso ocorreu em abril, mas só agora foi divulgado por causa da investigação. A conclusão: materiais inflamáveis liberados pela paciente foram responsáveis pelo incêndio. O relatório apontou, ainda, não ter havido falha no equipamento usado na cirurgia.

“Quando o gás intestinal da paciente vazou no ambiente da operação, houve contato com a irradiação do laser, o que provocou as chamas. As chamas atingiram as cortinas e levaram ao incêndio”, afirmou o documento.

STF terá audiência pública para discutir bloqueio do WhatsApp

O Supremo Tribunal Federal (STF) abriu inscrições para a participação em uma audiência pública determinada a discutir bloqueios judiciais do WhatsApp. Ainda sem data definida, a sessão será utilizada para ajudar o ministro Luiz Edson Fachin, relator de ação sobre o tema, a entender se é possível quebrar o sigilo das mensagens de usuários específicos.

Segundo o WhatsApp, não é possível quebrar o sigilo das comunicações por razões técnicas – desde o ano passado, o aplicativo utiliza criptografia de ponta-a-ponta.

Outro tema que será debatido é a necessidade de bloqueios ao aplicativo em todo território nacional, ou se é possível bloqueá-lo apenas em determinadas regiões para fins de investigações criminais.

A audiência acontece meses depois de dois bloqueios judiciais ao aplicativo, a pedido de juízes de Sergipe (maio) e Rio de Janeiro (julho), e é consequência de uma ação movida pelo Partido Popular Socialista (PPS) em julho deste ano.

Multas de trânsito ficam mais caras a partir de hoje (01)

A partir de hoje (1º), as multas por infração de trânsito ficarão mais caras em todo o país. As regras mais rígidas para o Código de Trânsito foram estabelecidas pela Lei n.º 13.281 , sancionada em maio deste ano. Segundo o Ministério das Cidades, desde o ano 2000 as multas não eram reajustadas.

A infração gravíssima, que antes tinha multa de R$ 191,54, passará a ter o valor de R$ 293,47. Já as multas por infração grave passarão para R$ 195,23 – anteriormente o valor era R$ 127,69. Para a infração média, as multas passarão de R$ 85,13 para R$ 130,16. As infrações leves, que antes tinham multa de R$ 53,20, passarão a valer R$ 88,38.

A infração para quem for flagrado manuseando o telefone celular enquanto estiver ao volante, que atualmente é considerada média, passará a ser gravíssima. Com isso, o valor da multa subirá de R$ 130,16 para R$ 293,47.

De acordo com o Código de Trânsito, a receita arrecadada com a cobrança das multas de trânsito deve ser aplicada, exclusivamente, em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito. O Fundo Nacional de Segurança e Educação de Trânsito recebe, para a mesma finalidade, 5% da receita arrecadada com as multas.

TIM fecha terceiro trimestre com alta nos lucros e segue otimista no mercado

https://canalte.ch/S1S8T

A TIM acaba de divulgar seus resultados financeiros e operacionais referentes ao terceiro trimestre, e os números foram positivos. O relatório traz os frutos da nova gestão da tele, que conta com alta de mais de 14% no lucro líquido normalizado (R$ 200 milhões) e de 20% na receita inovativa (dados e conteúdo), se comparado ao mesmo período de 2015.

A operadora ampliou sua receita média por usuário (ARPU) na comparação anual, e pelo terceiro trimestre consecutivo. Mais da metade da base de clientes da empresa utiliza internet móvel, e os dados representaram 46% da receita líquida de serviços móveis no trimestre.

Outra boa notícia para a companhia é que ela mantém a liderança da cobertura 4G no Brasil e já alcança 746 cidades e 66% da população urbana. Também fechou o trimestre com quase 10 mil sites da tecnologia de quarta geração. Até o fim de 2016, a estimativa é cobrir mais de mil cidades com a rede 4G e 2,8 mil com a rede 3G.

"A TIM apresenta resultados consistentes neste terceiro trimestre, confirmando o percurso de evolução com inovação de ofertas, melhor monetização dos serviços de dados, maior foco no segmento pós-pago e continuidade na liderança do pré-pago. Para os próximos meses, esperamos manter a trajetória de crescimento das receitas e uma significativa performance operacional, com a permanente aplicação de uma cultura de eficiência e de foco no resultado em todas as atividades da companhia. Temos oportunidade de crescer ainda mais como empresa de dados, sobretudo com a expansão do 4G”, avalia Stefano De Angelis, CEO da TIM.

Na questão de usuários, a operadora registrou receita média por usuário (ARPU) total de R$ 18,40. De janeiro a setembro, a companhia atraiu quase 658 mil usuários para o pós-pago, levando o segmento a atingir mais de 22,5% da base, o maior nível em nove anos. Com as adições, o número total de linhas 4G chegou a 13,7 milhões, quase o triplo da quantidade registrada no terceiro trimestre de 2015.

Quanto à banda larga móvel, a empresa investiu em infraestrutura 4G no país. A perspectiva é expandir ainda mais o alcance do 3G e do 4G com o refarming do 1.800 MHz e a utilização da faixa de frequência de 700 MHz. Na comparação ano a ano, a companhia aumentou em 20% o número de sites conectados com fibra em todas as capitais do país. Atualmente, 53% dos dados são trafegados em aparelhos de quarta geração.

Vale dizer que neste último trimestre, a operadora deu continuidade ao seu Plano de Eficiência, que contou com redução de gastos de cerca de R$ 1,2 bilhão nos primeiros nove meses deste ano, em comparação ao mesmo período do ano anterior. Com isso, a companhia reduziu em cerca de 13% os seus custos normalizados (OPEX), melhorando sua margem operacional e atingindo R$ 3,8 milhões em receita líquida total no fechamento deste trimestre.

Magazine Luiza registra lucro líquido de R$ 24,8 milhões

Centro de Distribuição do Magazine Luiza, em Louveira (SP)

A Magazine Luiza registrou lucro líquido de R$ 24,8 milhões no terceiro trimestre deste ano, contra prejuízo de R$ 19,1 milhões registrado no mesmo período do ano passado. Nos meses de julho, agosto e setembro, o faturamento bruto cresceu quase 11% em relação ao mesmo período de 2015, atingindo R$ 2,7 bilhões.

O e-commerce foi destaque do trimestre – as vendas nos canais digitais cresceram 24,3% no período e passaram a representar um quarto do faturamento total, segundo a companhia, um recorde. As vendas por esse canal atingiram R$ 2,7 bilhões no terceiro trimestre - crescimento de 10,8% em relação ao mesmo período do ano passado.

O aumento das vendas e da margem bruta (31,7% no trimestre) e a diluição dos custos fixos levaram à elevação de 63% no Ebtida (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), que atingiu R$ 180,4 milhões entre julho e setembro. Nos nove primeiros meses do ano, o Ebtida acumulado foi de R$ 487,7 milhões, e o lucro líquido totalizou R$ 40,5 milhões.

“Em um cenário econômico ainda desafiador para o país e para o varejo, a empresa apresenta melhoria significativa em todos os seus indicadores financeiros, com redução do endividamento, aumento da geração caixa operacional e crescimento de receitas e de lucro – numa sequência positiva de três trimestres ao longo deste ano”, informou a empresa.