MORTOS EM ACIDENTE, EX-CANTORA DO CAVALEIROS DO FORRÓ E MARIDO ESTAVAM SEM CINTO

07:36:00

A cantora de forró Eliza Clívia, ex-vocalista das bandas Cavaleiros do Forró e Cavalo de Aço, e o namorado dela, o baterista Sérgio Ramos, mortos nesta sexta-feira (16) em um acidente de trânsito em Aracaju (SE) (veja aqui), estavam sem cinto de segurança. O veículo em que a cantora estava se envolveu em uma colisão com um ônibus no cruzamento das ruas Arauá e Maruim, região central de Aracaju. De acordo com o site Uol, a Polícia Militar informou que o carro avançou a preferencial do cruzamento e acabou se chocando com o ônibus. Ainda segundo a PM, o impacto da batida foi tão forte que acabou arremessando a traseira do veículo contra um muro. O casal, que estava no banco de trás do carro, acabou sendo esmagado e ficou preso às ferragens. Eliza tinha 37 anos. Outras três pessoas que estavam no veículo tiveram ferimentos leves e não correm risco de morte, segundo o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), para onde as vítimas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Elas foram identificadas como Cleberton José dos Santos, João Paulo Tavares da Silva, e Paulo Teixeira de Carvalho. Segundo o Samu, Cleberton, motorista do carro, precisou de ajuda do Corpo de Bombeiros porque ficou preso ao veículo. Ele estava desorientado, apresentou sangramento auditivo e não tinha sinais aparentes de fratura. As vítimas estão internadas no Huse sem previsão de alta. Os corpos de Eliza e de Sérgio tiveram de ser retirados pelo Corpo de Bombeiros com uso de aparelho desencarcerador, e foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para necropsia. O local dos enterros dos corpos ainda não foi divulgado. A banda Cavalo de Aço lamentou a morte dos ex-integrantes do grupo e afirmou que eles deixaram “muitas lições de amor, amizade, profissionalismo, ética e humanidade”. “As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais pobre. Sem o nosso amigo, o mundo perde um pouco do seu brilho, alegria e cor”, disse em nota. Já o cantor Peruano Cavaleiros, vocalista da banda Cavaleiros do Forró, publicou uma homenagem à cantora destacando que ela foi a “nossa grande rainha. Daquelas que realmente são insubstituíveis”.

Leia Também...

0 comentários