Alpargatas registrou três mil demissões em 10 anos

07:48:00

Quatro fábricas da Alpargatas S.A. foram fechadas nos últimos 10 anos no estado. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria dos Calçados no Rio Grande do Norte, cerca de três mil postos de trabalho foram extintos. Em 2008, a fábrica em São Paulo do Potengi, distante 70 quilômetros de Natal, foi a primeira a fechar. Mais de 100 pessoas foram desligadas. Quatro anos depois a unidade em Natal também fechou as portas, colocando 1.200 trabalhadores na rua.

Em 2014, a fábrica de calçados Alpargatas fechou outra unidade, na cidade de Santo Antônio, no Agreste potiguar. O anúncio do fechamento pegou de surpresa os trabalhadores e o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria dos Calçados no Rio Grande do Norte. Aproximadamente 200 pessoas foram dispensadas da empresa na ocasião.

“Infelizmente, nós e os trabalhadores só sabemos do fechamento no dia em que a fábrica é fechada. Então, todos são pegos de surpresa. Além disso, é de extrema preocupação o que tem acontecido no Rio Grande do Norte”, revela Marcones Marinho. Quando fechou a unidade em Natal, em 2012, a companhia informou que o motivo era “otimização do processo produtivo”. As atividades foram transferidas para a Paraíba “em busca de ganhos de produção e eficiência logística”, disse.

Tribuna do Norte

Leia Também...

0 comentários