quinta-feira, 9 de março de 2017


Urgente : Tentativa de homicídio em Caicó

Por volta das 17h30min desta quinta-feira  (09), foi registrado uma tentativa de homicídio no Distrito de Laginhas, zona rural de Caicó.

Segundo Informações, um indivíduo por nome de "Jeroncio" efetuou disparos de espirgada contra um homem conhecido por "Mocó".

A vítima está sendo conduzido neste momento para urgência do Hospital Regional do Seridó.

Atualizando : A vítima sofreu um tiro nas nádegas, foi medicado e encontra-se em observação médica e não corre risco de morte, o acusado do crime fugiu do local e não foi localizado pela Polícia Militar de Caicó.

Os bilhões das Americanas


O aumento de capital das Lojas Americanas alcançou R$2.405.053.617,02. O dinheiro será usado basicamente para aquisiçõres — uma das possibilidades é a compra da BR Distribuidora.

É uma grana e tanto em tempos de crise, mas em fevereiro, a empresa imaginava cosneguir R$2.519 bilhões neste aumento de capital.


Lutador e foragidos de Alcaçuz são presos por morte de PM em Natal


Um lutador profissional de muay thai e três foragidos da penitenciária de Alcaçuz são os responsáveis pela morte de um policial militar durante um assalto a uma joalheria em Natal. O crime aconteceu em janeiro. O lutador foi preso na quarta (8) em Belém, no Pará, e os dois fugitivos presos na madrugada desta quinta (9) em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. O quarto suspeito, que também é fugitivo de Alcaçuz, continua sendo procurado.

Os detalhes da prisão foram apresentados à imprensa durante uma coletiva realizada nesta manhã pela delegada Danielle Filgueira, titular da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos (Defur). O vídeo acima mostra o momento em que o PM Daniel Oliveira Pessoa é baleado.

A operação foi batizada de ‘Covardia’, já que o policial foi morto com tiros disparados pelas costas. “Não exisitia nome mais apropriado”, ressaltou a delegada.

G1/RN

Aposentados por invalidez vão deixar de receber o benefício integral após Reforma da Previdência


Aposentadorias de deficientes e por invalidez sofrerão redução de valor com Reforma da Previdência Thinkstock

A reforma da Previdência proposta pelo governo federal e que está em discussão no Congresso Nacional prevê o fim das aposentadorias integrais para trabalhadores que ficam incapacitados (aposentadoria por invalidez), a não ser em caso de acidente de trabalho. Pelas regras atuais, o trabalhador que fica incapaz de trabalhar por qualquer motivo: acidente de trabalho, acidente de trânsito ou doença tem direito a benefício equivalente à 100% da média do salário de contribuição, limitado ao teto. Após a reforma, apenas os que tiverem sofrido acidente de trabalho terão direito a benefício integral. Os demais (trânsito, vítima de violência ou doença) terão 51% do valor do benefício com mais 1% por ano de contribuição.

Para especialistas reforma é necessidade para acabar com desigualdade do sistema

Com as mudanças, portanto, um trabalhador que fique inválido após um acidente de trânsito, por exemplo, e que tenha 10 anos de contribuição em vez de ter 100% da média do benefício passará a ter 61% da média. Digamos que o salário médio seja de R$ 2.500. Este trabalhador passaria a receber R$ 1.525, uma diferença grande para quem contribuiu mas já não pode mais trabalhar.

Além disso, o trabalhador que se aposentar por invalidez após acidente de trabalho também sofrerá uma redução no valor. Isso porque a regra atual faz a média de salários descartando 20% dos salários menores, elevando o valor do benefício. Já com a reforma, o valor será obtido pela média de todas as contribuições, sem tirar os 20% menores salários.

Servidores públicos irão manter privilégios na Reforma da Previdência

A proposta causou revolta em deputados da oposição, como Alessandro Molon (Rede-RJ). Em entrevista, ele criticou o texto, dizendo que não faz sentido penalizar um trabalhador que tenha sido vítima, por exemplo, de bala perdida.

— É um absurdo. A aposentadoria por invalidez não é um prêmio para quem sofreu um acidente de trabalho, mas uma proteção contra o risco de não se poder mais trabalhar, seja por que razão for, acidente de trabalho ou não.

A oposição, no entanto, é minoria na Câmara dos Deputados.

Pessoas com deficiência

A reforma da Previdência também penaliza os deficientes, elevando de 15 para 20 anos o tempo de contribuição mínimo para a aposentadoria por idade das pessoas com deficiência. Segundo dados do Movimento das Pessoas com Deficiência atualmente a média salárial de pessoas com deficiência é de 85% do valor do salário. Com a reforma, a média do benefício passaria a 71% com cinco anos a mais de contribuição.

Goleiro Bruno deve assinar contrato com clube nesta quinta feira (09)


O goleiro Bruno Fernandes, 32, chega nesta quinta-feira (9) do Rio de Janeiro e deve assinar, em Belo Horizonte, seu primeiro contrato após ter deixado a prisão no fim do mês passado, depois de cumprir parte da pena pela morte da modelo Eliza Samudio. Quem garante é o advogado do atleta, Lúcio Adolfo, que não quis dar detalhes sobre o clube.

“Não posso falar nada antes de assinar o contrato porque me pediram. Mas o que eu te garanto é que o Bruno estará em Belo Horizonte nesta quinta-feira para assinar o contrato e voltar a jogar futebol. Aí vamos revelar todos os detalhes”, confirmou.

Lúcio Adolfo explicou que, em função da negociação, teve até que deixar de lado, por enquanto, o pedido de exame de DNA que Bruno pretende fazer para comprovar a paternidade de Bruninho, filho que teria tido com Eliza.

O destino do goleiro pode ser o modesto Paduano, de Santo Antônio de Pádua, município fluminense a 257 km do Rio de Janeiro, que vai disputar a Série C do Campeonato Carioca a partir de 2 de julho. O presidente do clube, Adilson Faria, confirmou que foi procurado pelo advogado do atleta, mas a negociação não havia sido concretizada até a noite dessa quarta-feira (8). “Não vejo isso como marketing, vejo pelo lado do grande goleiro que ele é e a chance de recomeçar”, disse o mandatário.

Já os presidentes do Betinense, de Betim, e Bangu, também do Rio, descartaram nessa quarta-feira (8) qualquer acerto com o camisa 1. “Já até acertamos com outro atleta. Fizemos uma sondagem e não recebemos resposta”, explicou Júnior André dos Santos, do clube mineiro.

Macarrão

Recurso. A defesa de Luiz Henrique Romão, o Macarrão, desistiu do pedido de soltura que havia feito ao STF, após perceber que a condenação já havia sido confirmada em segunda instância.

Governo completa 82% do pagamento da folha no sábado (11)


O Governo do RN deposita no próximo sábado (11) os vencimentos relativos ao mês de fevereiro dos servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem entre R$ 3.001 e R$ 4 mil, equivalente a um total de R$ 46 milhões. Somando com a Educação, Administração

Indireta que possuem recursos próprios e com os funcionários que recebem até R$ 3 mil, que já receberam seus vencimentos, o governo quitará 82% da folha do Estado. O pagamento para os servidores que ganham acima de R$ 4 mil será anunciado em breve, a partir da disponibilidade de recursos.

A Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças segue acompanhando as receitas do Estado e trabalhando focada para reduzir ao máximo os efeitos da crise econômica no Rio Grande do Norte.