quinta-feira, 30 de março de 2017


LOJA EDISOM CAICÓ

Nossos contatos

✓Whats 9.9818-4350

✓Instagram: @Edisomcaico

✓Endereço: Rua Renato Dantas, 643 centro CAICÓ

URGENTE : Tentativa de suicídio no presídio Pereirão em Caicó

Por Volta das 19:00h desta quinta-feira  (30), foi registrado um tentativa de suicídio no pavilhão feminino do presídio pereirão em Caicó.

Uma presa por nome de Taionara, natural da Cidade de Currais Novos tentou suicídio por inforcamento usando uma toalha, uma equipe do Samu foi acionada e socorreu a vítima para o Hospital Regional do Seridó aonde recebe atendimentos médicos.

Segundo informações vindas do presídio, o estado de saúde da vítima é aparentemente grave. É a quarta vez que a mesma tenta suicídio.

Mudanças no cartão de crédito entram em vigor nesta segunda-feira (03)

A partir de segunda-feira, dia 3, o consumidor que não efetuar o pagamento integral da fatura do cartão de crédito poderá pagar o mínimo de 15% do valor apenas por um mês – atualmente esse processo pode ser repetido nos meses seguintes, o que é chamado de rotativo. No entanto, o banco será obrigado a oferecer uma linha de crédito para que a dívida seja parcelada. Os juros serão menos que os atuais, variando de 1,99% a 9,99% nos maiores bancos do país.

O objetivo da mudança é coibir o uso do rotativo, obrigar os bancos a oferecer uma solução de parcelamento com juros mais baratos e impedir que a dívida se estenda de maneira indefinida, fazendo com que o cliente assuma o financiamento com prazo determinado. Mesmo diante das novas regras, o pagamento integral poderá ser feito a qualquer momento.

“Antes, você devia no cartão de crédito, caía no rotativo e assim ficava até que conseguisse finalizar o pagamento. Agora, serão 30 dias no rotativo e, caso ainda haja o débito, os bancos deverão apresentar as opções de parcelamento”, afirmou Rogério Braga, ressaltando que as taxas de juros atuais giram em torno de 500% ao ano.

Hoje em dia, para não ficar inadimplente, o consumidor deve pagar pelo menos 15% do valor da fatura até a data de vencimento. O restante do débito é transferido para o próximo mês, acrescido dos juros do cartão. Na fatura seguinte, se o cliente não pagar o valor integral, ele pode fazer o novamente o pagamento mínimo de 15% e migrar o restante para próxima fatura. Para o educador financeiro, pode ser que o consumidor nunca consiga quitar esse débito, gerando uma “bola de neve”.

“Existe a vantagem de sair dos 15% ao mês para uma taxa menor, mas, ainda assim, não está bom para o consumidor porque não é suficiente e confortável para a pessoa”, disse Rogério ao opinar sobre as mudanças. O especialista frisou que a importância em avaliar as condições econômicas pessoais para saber se a parcela caberá ou não no bolso. “O ideal é tentar um crédito pessoal, no banco que tem conta-corrente, ou crédito consignado, que é ainda melhor, para que possa pegar o recurso disponível, não utilizar para consumo, e liquidar o cartão”, aconselhou.

Taxas menores

As nova regra é favorável para aqueles que conseguirem taxas menores. “Que não seja 9,9%, mas 1,92 % ao mês é excelente”. Essas taxas variam de acordo com cada banco. Segundo o educador financeiro, elas são aplicadas mediante avaliação dos clientes para saber se têm capacidade de pagamento e quais os riscos para a instituição bancária. Quatro dos maiores bancos do Brasil já divulgaram as novas taxas a serem cobradas: Itaú – de 0,99 a 8,9%; Bradesco – de 3,6 a 9,8%; Banco do Brasil – de 3,13 a 9,38%; e Santander – de 2,99 a 9,99%.

As alterações representam um “ótimo negócio” para o banco. “Imagina que a pessoa tenha uma dívida no cartão de crédito que não consiga pagar? A regra dá oportunidade para o banco receber esse dinheiro em até 24 meses se a pessoa for ao banco e busca a linha de crédito mais barata”, comentou. Já o consumidor, deve continuar sempre atento para acumular novas dívidas. “Deve estar atento às altas taxas do parcelamento, não deve aceitar logo a forma de pagamento que o banco ofertar. É importante avaliar a situação financeira, quanto tem possibilidade de pagar, averiguar se realmente cabe no bolso e suspender o cartão de crédito para que não haja outra dívida”, recomendou.


Polícia registra triplo homicídio no interior do Rio Grande do Norte

Um triplo homicídio foi registrado entre o final da noite dessa quarta-feira (29) e madrugada desta quinta-feira (30), na zona rural do município de São Tomé, distante 120,5 km de Natal. De acordo com a Polícia Militar, um mototaxista conduzia um casal quando bandidos se aproximaram em outra motocicleta e abriram fogo contra eles, que não resistiram as ferimentos.

Segundo a PM, as vítimas foram uma adolescente de 14 anos, e o namorado, de 17 anos. O  mototaxista foi identificado apenas como Damião. Ainda segundo a PM, os três foram mortos com disparos de revólver e espingarda calibre 12.

O que a Polícia tem de informação até o momento é que o casal se dirigia para casa da mãe do adolescente de 17 anos, identificado como Miguel.  Informações preliminares dão conta que o menor tinha envolvimento com tráfico de drogas e assaltos.

Urgente : Assalto em frente a clínica odontológica no centro de Caicó

Três adolescentes tiveram celulares tomados de assalto na tarde de hoje

Por volta de 13h30min da tarde desta quinta-feira (30), um moreno alto e magro, usando calças compridas, em uma moto Yamaha de cor escura subtraiu 3 aparelhos celulares de três jovens que se encontravam em frente a clínica odontológica Odonto Caicó.

A clinica, que estava fechada no momento do roubo, fica localizada no cruzamento da Av. Cel. Martiniano com a Rua Manoel fiu na moto que estava estacionada um pouco mais a frente e pegou a contramão e enrolou em direção a Loja Madesel.

Uma viatura da Polícia Militar conduziu as jovens até a residência delas e orientou que as mesmas fossem, juntamente com pais ou responsáveis, até a delegacia registrar o roubo. Enquanto isso outras guarnições faziam buscas atrás do assaltante.

Blog: CRN / Plantão Caicó

Polícia da Paraíba prende suspeito em Assú e apreende fuzil e Pistola


POLÍCIA CIVIL E MILITAR DA PARAÍBA prenderam na manhã de hoje (30/03/2017) na cidade de Assú-RN, um indivíduo conhecido por JÚNIOR DOS REMÉDIOS, natural da cidade de Patos-PB e mais dois suspeitos ainda a serem identificados.

De acordo com informações iniciais, JÚNIOR DOS REMÉDIOS vivia livremente na cidade de Assú há alguns meses e tinha uma vida confortável junto com a esposa. Ele é suspeito de vários crimes na região, porém nunca foi identificado pela Polícia local e nem investigado.
Na residência de Junior foi encontrado 1 fuzil M-4, de uso das Forças Armadas dos EUA e uma pistola .40, provavelmente roubada de um Policial Civil, balança de precisão, grampos que estão sendo usados na fuga de assaltos a banco, fardas camufladas, celulares e rádios de comunicação na frequência da PMRN.
Em patrulhamento na cidade de Assú na terça feira, Policiais Militares do GTO chegaram a abordar uma equipe da Inteligência da PC da Paraíba, onde foram liberados e o sigilo da Operação foi mantido, para continuar o monitoramento do bandido em Assú.

Os presos foram levados para a cidade de Patos-PB, onde foram apresentados a imprensa da Paraíba e em seguida serão levados aos presídios da região.

Veículos velhos com mais de 10 anos sem licenciamento terão 'baixa' automática


O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou nesta quinta-feira (30) uma resolução para tentar manter atualizado o registro nacional de veículos. A partir de agora, veículos sem licenciamento há mais de 10 anos e com mais de 25 anos de fabricação poderão ter uma "baixa" automática.

Até então, a baixa do registro de veículos era feita apenas em casos de veículos irrecuperáveis, desmontados, com perda total ou então vendidos como sucata. Estes veículos têm o registro VIN do chassis e as placas destruídas, além de numeração do Renavam cancelada.

Segundo o Contran, há um "elevado volume de veículos" não licenciados há mais de 10 anos e com 25 anos ou mais de fabricação que podem perder o registro nacional, estando em circulação ou não.

Eles serão enquadrados como "frota desativada" e, depois disso, não será possível regularizar a situação.


Quem for flagrado com um veículo da "frota desativada" pagará multa de R$ 293,47 e terá o veículo apreendido, além de receber 7 pontos na carteira de habilitação (infração gravíssima).

A frota nacional de veículos é de 93,8 milhões de carros, motos, caminhões, ônibus e tratores, entre outros, de acordo com o último levantamento do Denatran, em dezembro de 2016.

Requisitos para se tornar "frota desativada"

Como será feita a baixa automática

Os Detrans serão responsáveis por notificar os proprietários 60 dias antes de acabar o prazo de 5 anos de inclusão do veículo no cadastro de "frota desativada". Esse aviso será feito por correio ou pelo aplicativo do Sistema de Notificações Eletrônicas (SNE).

Os proprietários ainda terão mais 60 dias depois do prazo para regularizar o veículo, quitando as dívidas. Depois disso, haverá outra notificação, desta vez por meio de publicação na imprensa oficial ou em jornal de grande circulação.

A regularização ainda poderá ser feita até 30 dias depois da última publicação. Se não houver resposta, o veículo será "baixado" definitivamente do registro nacional.

Exceção

Os veículos que têm alguma pendência judicial, administrativa ou que estiverem à disposição de autoridade policial não terão a baixa automática.

Como fazer a baixa do veículo

Para fazer a baixa de um veículo, o proprietário deve fazer uma requisição no Detran local, munido de documento pessoal, CPF, comprovante de endereço, certificado de registro (CRV), licenciamento original e em dia, recorte com numeração do chassi e placas.

Para fazer a baixa, é preciso quitar débitos pendentes como IPVA e multas. No entanto, caso o proprietário não esteja mais com o veículo, nem com os documentos, a nova resolução permite que a baixa seja feita sem estes documentos mediante a um termo de responsabilidade civil e criminal com firma reconhecida - os débitos ainda precisam ser pagos.

Tráfico manda foto de arsenal para desafiar polícia no Rio de Janeiro


Arsenal exibido por traficantes que trocaram tiros com a polícia no Complexo do Salgueiro, no Rio (Reprodução/Reprodução)

Um caminhão com uma carga de aparelhos de ar-condicionado, avaliada em 300 000 reais, foi roubado em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro, na terça-feira. Sem seguro da mercadoria, um agente da Polícia Federal foi até o Complexo do Salgueiro tentar recuperá-la. E pediu que o recado aos criminosos fosse levado por um mototaxista. A resposta dos traficantes veio em tom ameaçador: fizeram o motoboy fotografar um verdadeiro arsenal (é possível contar pelo menos 20 fuzis, de diferentes modelos e calibres) e mostrar para o agente, que contava com apoio da Polícia Militar: “Entra aqui para buscar a carga”, disseram os traficantes.

O recado tinha como objetivo evitar um confronto intenso, que deixaria a população local sob fogo cruzado. Pois foi o que aconteceu. Em seguida, homens do 7º Batalhão de Polícia Militar (Alcântara) fizeram uma operação para tentar recuperar a mercadoria. O tiroteio durou mais de uma hora e, ao final, os policiais não conseguiram encontrar a carga. Para piorar, um dos vidros do veículo blindado ficou bastante destruído em razão da quantidade de tiros. Ninguém ficou ferido.

O audacioso desafiante foi o traficante Thomás Jhayson Vieira Gomes, o Neném ou 2N, uma das lideranças do tráfico no Complexo do Salgueiro, região que tornou-se um dos principais bunkers da facção Comando Vermelho: “É uma favela que concentra bandidos de várias regiões do Rio de Janeiro hoje, inclusive pela dificuldade que a polícia tem de atuar. Qualquer ação ali dentro precisa ser planejada, já que o confronto será intenso, em virtude do armamento pesado que eles têm em mãos”, afirma o delegado Marcus Vinícius Amim, da Delegacia de Homicídios Niterói-São Gonçalo.

Saque

Já na zona oeste do Rio, bandidos roubaram um caminhão de bebidas em Jacarepaguá e levaram o material para dentro da Cidade de Deus, favela que conta com uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) há sete anos. Fotos publicadas nas redes sociais mostram a população – inclusive crianças – saqueando a carga.

COMPRE SEU IMÓVEL PELO PROGRAMA HABITACIONAL MINHA CASA, MINHA VIDA COM PRESTAÇÕES A PARTIR DE R$ 450,00


Vende-se imóvel em um condomínio fechado no Bairro Maynard em Caicó.O imóvel conta com 2 quartos, banheiro social, sala,cozinha, área de serviço e garagem. Pode ser financiada pelo banco.

Valor da Residência R$ 115 mil.

Interessados podem entrar em contato com o corretor Carlos Eduardo - CRECI 5408/RN - pelo número 84. 9 9981-2503. Imóvel ideal para investimento na melhor localização da Região do Seridó.

Carlos Eduardo Melo Mariz

(84) 9981-2503