terça-feira, 11 de abril de 2017


Pernambuco terá indústrias de armamento

Empresas produzirão munição, armamentos, fardas e outros itens

Segundo Ministério da Defesa, duas indústrias manifestaram interesse de se instalar em Pernambuco

O Ministério da Defesa e o governo do Estado assinaram, ontem, protocolo de cooperação para o desenvolvimento da Indústria de Defesa em Pernambuco.Na prática, o acordo tem como objetivo garantir condições para instalação e desenvolvimento da atividade industrial relacionada à produção de armamento na economia pernambucana de olho em sua competitividade, emprego de tecnologia de ponta, geração de empregos e exportações. Atualmente, há duas empresas já interessadas em se instalar aqui, entre elas a CBC, brasileira que produz munição.

“Pernambuco tem vantagens logísticas e de qualificação de pessoal. Temos, ainda, o Porto Digital e o Porto de Suape, onde está instalado um importante polo naval”, aponta o ministro da defesa, Raul Jungmann. A parceria entre o Porto Digital e o Ministério é, inclusive, antiga. Em maio do ano passado, Jungmann se reuniu com o parque tecnológico a fim de firmar acordos para desenvolver produtos e serviços na área de tecnologia da informação e da comunicação.

Para reforçar o compromisso com a indústria bélica, o Ministério acaba de fechar um acordo com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para criar uma linha de crédito internacional capaz de financiar os produtos brasileiros de defesa com condições especiais. A expectativa é que, ao longo de 20 anos, o setor gere 35 bilhões de dólares em exportações.

De acordo com o governador Paulo Câmara, o acordo entre o Ministério da Defesa e o Estado elevará Pernambuco à posição de um Estado com condições de receber indústrias para o fortalecimento da soberania nacional, o que também irá contribuir para o desenvolvimento e geração de empregos.

Detalhes como locais para a instalação das indústrias e incentivos fiscais ainda não foram discutidos.

SETOR

Em 2014, a indústria bélica brasileira faturou R$ 209 bilhões (quase 4% do PIB brasileiro). O setor gera 40 mil empregos diretos e 130 mil indiretos.

INACINHO VIAGEM : VIAGEM COM CONFORTO, SEGURANÇA E PONTUALIDADE


Caicó - Natal - Caicó é com Inacinho Viagens.

De Segunda a Sábado

Caicó - Natal 3:00h e 14:00h

Natal - Caicó 02h40 min e 13:00h

Domingos

Caicó - Natal 14:00h

Natal - Caicó 14:00h

Disque viagens 84 - 9.9951-3565 / 84 - 9.8718-4140 / 84 - 3421-1920

Prefeitura de Caicó vai atualizar cadastros habitacionais de 2012

O prefeito de Caicó, Batata Araújo, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira (11), no Centro Administrativo e anunciou a atualização dos cadastros habitacionais.

Durante recente audiência em Brasília, Batata cadastrou o município no ministério das Cidades e também na Caixa Econômica Federal, para Caicó voltar a participar do programa Minha Casa Minha Vida.

Para Caicó serão cumpridas etapas e nesta terça-feira (11) tem início o processo de atualização do Cadastro Único.

Segundo Batata, a atualização é para as pessoas que fizeram as inscrições em 2012.

Nesta terça-feira, à tarde serão atendidas 150 pessoas no plenário do Centro Administrativo. Na quarta-feira (12) pela manhã e à tarde serão atendidas 400 pessoas. Na quinta-feira (13) serão distribuídas 400 fichas. Na segunda-feira (17), pela manhã e à tarde, o cadastro vai atender 400 pessoas e na terça-feira (18) serão atendidas 150 pessoas, no período da manhã.

O prefeito Batata convoca todos os inscritos no cadastro de 2012 para uma assembleia que será realizada no ginásio da Ilha de Sant’Ana, na segunda-feira da próxima semana, às 18 horas.

Na ocasião, estará presente um representante do ministério das Cidades, que vem de Brasília para explicar para as pessoas cadastradas os procedimentos para Caicó conseguir a aprovação dos projetos para a concretização do programa habitacional.

Os documentos necessários para a atualização dos cadastros são os seguintes: NIS, CPF, RG, comprovante de residência, comprovante de renda, certidão de casamento e laudo médico para as pessoas com deficiência.

De acordo com Batata Araújo, caso o projeto seja aprovado pelo Ministério das Cidades, a cidade de Caicó poderá ser contemplada com 480 casas. O outro projeto habitacional do Município está garantido e terá como público alvo os funcionários da prefeitura municipal, com a previsão de construir 150 casas.

Álvaro Dias apresenta ao prefeito Batata 300 mil reais em emenda para Caicó

O vice-prefeito de Natal, Álvaro Dias (PMDB), esteve reunido nesta segunda-feira (10/04) com o prefeito de Caicó, Batata Araújo (PSDB), para tratar da destinação de uma emenda impositiva no valor de R$ 300 mil reais. Essa emenda foi destinada ano passado durante o mandato parlamentar de Álvaro na Assembleia Legislativa do RN. Os recursos serão liberados este ano mediante registro do prefeito de Caicó na secretaria de planejamento do Governo do RN.

Participaram da reunião, além de Álvaro e do prefeito, os vereadores Lobão Filho (PMDB), Ivonete Dantas (PMDB), Odair Diniz (PSDC), Maria Cleide (PP) e o presidente municipal do PMDB, Adjuto Neto. No encontro ficou decidido que os recursos serão utilizados em infraestrutura, especificamente na implementação de calçamentos em ruas da cidade.

“Estamos ajudando no desenvolvimento do município de Caicó. Fizemos a entrega dessa emenda que foi destinada durante o exercício do nosso mandato e isso é bastante importante para o município, independente da nossa posição política. Como Batata é o prefeito, fizemos questão de entregar esses recursos. Esperamos que sejam liberados e que Caicó possa ganhar mais investimentos”, disse Álvaro Dias.

Para o prefeito Batata, “independente de posições políticas, fomos recebidos por Álvaro Dias e estamos agradecendo ao empenho dele para o crescimento da nossa cidade. Nós vamos encaminhar o processo pela prefeitura ao Governo do RN para podermos agilizar o procedimento de liberação. Queremos mais uma vez agradecer ao ex-deputado e agora vice-prefeito, Álvaro Dias, pela destinação da emenda parlamentar”, ressaltou.