domingo, 11 de junho de 2017


ACUSADO DE TENTAR ESTRUPAR CRIANÇA DE 12 ANOS É PRESO NA ZONA OESTE DE CAICÓ

Chorando e muito nervoso, o menino contou a bisavó tudo que havia ocorrido, em seguida ligou para a mãe dele e para a polícia.
  

Policiais da Rádio Patrulha do 6° BPM de Caicó prenderam, na tarde deste domingo (11), um homem acusado de tentar fazer sexo oral em uma criança de 12 anos no bairro Adjunto Dias, zona oeste de Caicó.

Segundo a bisavó (e mãe de criação) da criança, o acusado GERMANO PEREIRA DA SILVA, de 34 anos chegou em sua residência por volta das 12h deste domingo e chamou o seu neto para procurar um sobrinho dele que teria desaparecido.

A bisavó, de 75 anos ficou desconfiada e disse a ele que seu neto não iria, o mesmo não falou nada e foi embora, entretanto, o acusado retornou alguns minutos depois e sem que a bisavó percebesse ele levou a criança até a cozinha de uma casa abandonada que fica na mesma rua e tentou fazer sexo oral baixando o calção da criança, momento em que foi impedido pelo toque do celular do menino aonde a bisavó queria saber aonde ele estava.

Desnorteado e assustado com a situação o menino atendeu o celular e correu para a casa de sua bisavó. O acusado falou que ia ficar esperando a criança voltar.

Chorando e muito nervoso, o menino contou a sua bisavó tudo que havia ocorrido, em seguida, ligou para a mãe dele e para a polícia militar que compareceu ao local e fez uma busca tática na residência constatando que o acusado havia fugido. Os policiais fizeram a condução da criança junto a mãe dele até a Delegacia de Polícia Civil para o registo do fato.

Após o registro na DP os policiais retornaram ao local para deixar a vítima e a sua mãe momento em que conseguiram prender o acusado andando ao meio da rua. A criança e sua bisavó o reconheceram de imediato. O acusado confirmou que realmente foi na casa da idosa mas, negou a acusação dizendo que não fez nada com a criança.

Germano disse que morava próximo ao mercadinho de João de Nobaldo na Barra Nova, no momento encontra-se atrás das grades. Segundo o delegado plantonista, Dr. Francisco, ele foi autuado pelo crime de Tentativa de Estupro de Vulnerável e permanecerá preso a disposição da justiça.

CRN / Plantão Caicó

Hospital Regional do Seridó deve ficar sem vigilantes a partir da próxima terça feira (12)

A empresa Neutron segurança Privada não renova contrato com o Governo do estado, assim ficará todos os postos da Sesap sem vigilantes, consequentemente sem nenhuma segurança.

O motivo é que o Governo do estado devia 6 meses e pagou somente 1. Os vigilantes ficaram todos desempregados até que ache uma solução.

Aqui em Caicó a empresa é responsável pela segurança do Hospital Regional do Seridó (Sesp), Quarta Regional e Emocentro.

URGENTE : SUICÍDIO NA ZONA NORTE DE CAICÓ

Por volta 13:35 deste domingo (11), foi registrado mais um caso de suicídio no bairro Recreio, zona norte de Caicó.

Uma pessoa conhecido por "DAMIÃO", cometeu suicídio por inforcamento em sua própria residência que fica localizada ao lado da lavanderia do bairro Recreio.


A vítima tinha aproximadamente 40 anos e enfrentava problemas com o alcoólismo.


O corpo permanece no local aguardando o ITEP e Polícia Civil.


FUGA NA CADEIA PÚBLICA DE MOSSORÓ

Seis presos fugiram na manhã deste sábado 10 de junho da cadeia Pública de Mossoró, região Oeste do Rio Grande do Norte. Segundo informações os detentos quebraram alguns combogós da perede e se evadiram por cima da unidade prisional. 

Os fugitos já foram identificados pela direção do presídio. Agentes Penitenciários e a Polícia Militar estão em diligências no sentido de recapturá-los. 

Os detentos que fugiram são os seguintes: Evanilson Oliveira da Silva, morador do bairro Belo Horizonte, preso por homicídio, artigo 121; 

Francisco de Assis Diego, residente no bairro Paredões, preso por homicídio e assalto; 

Francisco Antônio BS Filho, preso por tráfico de drogas, artigo 33; 

Gabriel Martins de Moura, morador da Favela do Fio, preso por assaltos (157); 

Daniel de Moura Faustino, residente no Planalto 13 de Maio, preso homicídio (121) e 

Fábio Batista da Silva, o Capetinha.

 

Outros detentos que ajudaram os colegas a quebrarem os combogós do prédio e que desistiram de fugir, foram identificados e encaminhados à Delegacia de Plantão, onde foram autuados por danos ao patrimônio público.