terça-feira, 13 de junho de 2017


PM RECUPERA MOTO COM QUEIXA DE ROUBO, NA ZONA RURAL DE CAICÓ

    

Por volta das 15:10 da tarde de hoje a polícia militar de Caicó recuperou uma moto Honda/CG 150 vermelha sem placas que possui queixa de roubo.

Mototaxista da cidade de Caicó foi deixar um passageiro em um sítio que fica a cerca de 10 km de Caicó em direção a cidade de Jucurutu e percebeu uma moto sem placa, com a chave na ignição, abandonada na entrada de uma estrada carroçável as margens da RN 118.

Ao retornar para Caicó o mototaxista comunicou o fato ligando para o 190 da Central de Operações Policiais Militares (Copom) que enviou uma viatura para averiguar a situação.

Os policiais foram ao local citado e perceberam que a moto estava com a chave na ignição, sem retrovisores, sem a placa e com a bateria descarregada, em seguida conduziram-na até a DP de Caicó para averiguação.

Após uma busca através da numeração do chassi, chegou-se a moto Honda/CG 150 FAN ESDI – 2013/2014 – vermelha, com placa OWC 1057, de Baraúna/RN, com queixa de roubo. O proprietário será contactado e convidado a comparecer a 3a DRP em Caicó para reaver o seu veículo.

CRN / Plantão Caicó

FORAGIDO MORRE EM CONFRONTO COM POLÍCIA E BP CHOQUE APREENDE FUZIS E METRALHADORA NO RN

O Batalhão de Polícia de Choque da Polícia Militar do Rio Grande do Norte realiza operações na Grande Natal, nesta terça-feira (13). Em uma delas, em Pirangi de Dentro, Parnamirim, os policiais encontraram dois fuzis e uma submetralhadora. Nesta ação, um suspeito morreu em confronto com a polícia.

Ainda nessa mesma operação foram apreendidas duas pistolas, um revólver, bem como drogas e dezenas de munições de variados calibres. O capitão Lenarte, do BPChoque, informou que o suspeito morto foi identificado como Cláudio da Silva Ferreira.

Ele era foragido da Justiça e tinha um mandado de prisão em aberto expedido pela 12ª Vara Criminal de Natal. Cláudio chegou a ser socorrido pelos policiais militares, mas não resistiu.

O suspeito estava no regime semiaberto, mas atualmente era considerado foragido do sistema prisional.

URGENTE : PANIFICADORA É VITIMA DE ASSALTO NO CENTRO DE CAICÓ

Por volta 14:55 desta terça-feira (13), foi registrado um assalto a mão armada na PANIFICADORA UNIÃO, que fica localizado na rua Pedro Velho no centro de Caicó.

Dois indivíduo de arma em punho anunciaram o assalto e levaram todo o dinheiro do caixa e alguns aparelhos eletrônicos que estavamos com alguns clientes.

A dupla fugiu em uma motocicleta de cor preta, com destino ignorado.

MARÍLIA MENDONÇA É DETONADA POR CANTOR DE FORRÓ "VOCÊ CANTA PARA CACHACEIROS"

A discussão começou quando a cantora Elba Ramalho reclamou da "invasão" de músicos sertanejos nas celebrações juninas. Marília não deixou barato e, na noite de domingo, durante um show no Recife, em Pernambuco, ela retrucou: "Vai ter sertanejo no São João sim, viu? Porque quem quer é o público. Então, muito obrigada por me abraçarem. Sei que vocês gostam mesmo é de música boa. Não importa o estilo".

Já em resposta a Marília, Alcymar teria enviado um áudio em um grupo fechado a cantores de forró e que depois vazou na internet, dizendo que a artista “toca para cachaceiros”.

De acordo com o Diário de Pernambuco, Alcymar Monteiro disse mais: “Essa senhora não tem autoridade para falar nada. Como é que ela vem falar que aqui é lugar de sertanejo? Isso é um ‘breganejo’ horroroso para cachaceiro, para quem não tem identidade. Quem tá falando é Alcymar Monteiro. Dona Marília Mendonça, você é lá de Goiás. Vá cantar lá no seu Goiás. Não vem encher o saco da gente aqui, não, entendeu?”, disparou. “Você vem lá de Goiás invadir nossa praia. Agora vê se a gente canta lá no teu Goiás. Vocês não deixam!”

PREFEITURA VAI CUSTEAR REMOÇÃO DE TATUAGEM DE JOVEM E 'VAQUINHA' FICARÁ COM FAMÍLIA

A campanha para retirar tatuagem feita na testa de um adolescente de 17 anos se encerrou no domingo (11) e conseguiu arrecadar R$ 19.882,66. Retiradas as taxas do site, desse valor, R$ 18.403,17 devem ir para a família do jovem, que mora em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Isso porque o garoto recebeu várias ofertas de clínicas e estúdios de tatuagem para realizar o procedimento de graça. Dois homens foram presos após tatuar a frase "Eu sou ladrão e vacilão" na testa do rapaz.

Apesar das ofertas de clínicas privadas, a Prefeitura de São Bernardo do Campo se comprometeu e vai realizar todo o procedimento médico e cirúrgico por meio de uma parceria com a Faculdade de Medicina do ABC. Não há uma previsão de quanto tempo levará para que a tatuagem seja toda removida, mas segundo o dermatologista e chefe do setor de laserterapia da Faculdade, Simão Cohen, em geral são necessárias de oito a 10 sessões de laser, feitas a cada 30 dias.

Além de bancar o procedimento estético, a Prefeitura também se compromete a custear todo o restante do tratamento, caso haja necessidade do uso de medicamentos. Em clínicas particulares, um bom procedimento de remoção de tatuagem pode ser feito a partir de R$ 6.000.

"Tem muita gente mandando mensagem, clínicas, estúdios de tatuagem, dermatologistas se colocando à disposição para fazer o procedimento de graça, não só daqui de São Paulo, mas de outros Estados do Brasil", contou um dos integrantes do coletivo Afroguerrilha, responsável pela vaquinha, que pediu para não ser identificado. O coletivo também se ofereceu para, com o valor, comprar uma nova bicicleta para Ademilson de Oliveira, 31. O adolescente foi acusado de tentar furtar o veículo no bairro onde mora.

Ele afirmou que o coletivo recebeu muitas mensagens de ódio e até ameaças por causa da campanha. "Logo depois que anunciamos a campanha, eu fui dormir. Acordei logo cedo no domingo e havia mais de 800 mensagens, 90% delas de ódio, que aumentaram muito mais ao longo do dia. Eu sabia que haveria uma recepção negativa, mas quando ontem publicamos o resultado na página do coletivo [no Facebook] houve também muitas mensagens positivas, pessoas querendo ajudar. Vimos que é possível reverter esse discurso", afirmou.

Segundo ele, que é vizinho da família, o valor poderá ser sacado daqui a 14 dias, segundo as regras do site. O dinheiro virá em boa hora para a família, que está para ser despejada da casa de dois cômodos com tijolos aparentes onde vive, no bairro dos Casa, em São Bernardo do Campo. O garoto vive com a avó e um tio.

"A família está passando por muita necessidade. Quando começamos a campanha, eu não estava nem a par da situação deles, de que correm o risco de serem despejados. Soube quando houve uma visita da conselheira tutelar", disse.

O advogado Ariel de Castro Alves, coordenador da Comissão da Criança e do Adolescente do Condepe-SP (Conselho Estadual de Direitos Humanos), órgão da Secretaria Estadual da Justiça e da Defesa da Cidadania, que também esteve na casa da família, contou que o terreno onde o menino vive faz parte de um inventário de família e que é provável que dentro de um mês eles não tenham para onde ir.

O caso

O adolescente teve a frase "Eu sou ladrão e vacilão" tatuada na testa no último dia 31 pelo tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis, 27, e pelo amigo dele, Ronildo Moreira de Araújo, 29, após ser acusado de tentar furtar uma bicicleta. A tortura aconteceu em um quarto de pensão que havia sido alugado por Maycon.

Em entrevista à "Folha de S. Paulo", o rapaz negou ter tentado furtar a bicicleta, disse que estava muito bêbado quando entrou no condomínio e que só "colocou a mão em uma bicicleta". Ele disse ter implorado para não ser marcado e que quis morrer depois, estava muito envergonhado.

O adolescente estava desaparecido desde o dia 31 e só foi encontrado na última sexta (10). Seu tio Vando Aparecido Rocha, 33, contou ter começado a chorar quando o viu. A mãe do adolescente, Vânia Aparecida Rosa da Rocha, 34, disse estar inconformada com o que aconteceu. "Estou arrasada. Meu filho não é boi para ser marcado desse jeito."

O dono da bicicleta é Ademilson de Oliveira, 31. Ele contou ao UOL que o veículo em questão estava quebrado. "Ela está com o pedal quebrado. Tinha um motorzinho, mas eu tirei. Deixei ela no cantinho porque queria consertar depois. Se alguém fosse roubar a bicicleta, não ia conseguir nem R$ 5 nela", disse.

Oliveira disse que se mudou para a pensão há três meses e que conhecia de vista o tatuador Maycon e o vizinho Ronildo. "Sei que ele [Maycon] toca em uns barzinhos que tem aqui perto. Eu estou arrasado mesmo com o que aconteceu. Não estou conseguindo nem comer, nem dormir direito. Minha vontade é jogar a bicicleta fora", disse.

Segundo ele, no momento em que o fato aconteceu, ele estava no hospital fazendo uma cirurgia no olho.

O adolescente confirmou ser usuário de drogas. Familiares e amigos disseram que o rapaz tem transtornos mentais.

"Conheço ele desde criança. Eu não era muito próximo, mas minha família era, porque mora na mesma rua que a família dele, eu moro em outra. Mas sempre o via na pista de skate do bairro tentando se enturmar com os meninos. Dava para perceber que ele tinha problemas, tinha dia que ele ficava muito agitado", contou o integrante do Afroguerrilha.

UOL tentou contato com o tio e a mãe do menino, além do advogado que está cuidando do caso, Leonardo Rodrigues, mas não teve sucesso.

Acusados estão no Centro de Detenção Provisória

Maycon e Ronildo estão presos preventivamente no CDP (Centro de Detenção Provisória) de São Paulo. Eles são acusados de prática de tortura, cuja pena pode ir de dois a oito anos de prisão.

Mas, segundo Ariel de Castro Alves, além da tortura, eles também poderão responder por cárcere privado, ameaça e submeter criança ou adolescente a vexame ou constrangimento –conforme prevê o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). Somadas, as penas podem chegar a 13 anos de prisão.

"Eles amarraram as mãos e os pés do menino e o levaram contra sua vontade para dentro do quarto da pensão. Isso configura cárcere privado. Depois de tudo, o ameaçaram, deram tapas nele e o expuseram na rua, inclusive, cortaram parte do cabelo que estava tapando a tatuagem", explicou.

Ainda segundo Alves, como o crime de tortura é considerado hediondo, eles devem ficar no CDP até sair a condenação. "É provável que deem entrada com um pedido de liberdade provisória, mas segundo vários entendimentos judiciais é difícil que consigam", afirmou.

PREFEITURA VAI CUSTEAR REMOÇÃO DE TATUAGEM DE JOVEM E 'VAQUINHA' FICARÁ COM FAMÍLIA

A campanha para retirar tatuagem feita na testa de um adolescente de 17 anos se encerrou no domingo (11) e conseguiu arrecadar R$ 19.882,66. Retiradas as taxas do site, desse valor, R$ 18.403,17 devem ir para a família do jovem, que mora em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Isso porque o garoto recebeu várias ofertas de clínicas e estúdios de tatuagem para realizar o procedimento de graça. Dois homens foram presos após tatuar a frase "Eu sou ladrão e vacilão" na testa do rapaz.

Apesar das ofertas de clínicas privadas, a Prefeitura de São Bernardo do Campo se comprometeu e vai realizar todo o procedimento médico e cirúrgico por meio de uma parceria com a Faculdade de Medicina do ABC. Não há uma previsão de quanto tempo levará para que a tatuagem seja toda removida, mas segundo o dermatologista e chefe do setor de laserterapia da Faculdade, Simão Cohen, em geral são necessárias de oito a 10 sessões de laser, feitas a cada 30 dias.

Além de bancar o procedimento estético, a Prefeitura também se compromete a custear todo o restante do tratamento, caso haja necessidade do uso de medicamentos. Em clínicas particulares, um bom procedimento de remoção de tatuagem pode ser feito a partir de R$ 6.000.

"Tem muita gente mandando mensagem, clínicas, estúdios de tatuagem, dermatologistas se colocando à disposição para fazer o procedimento de graça, não só daqui de São Paulo, mas de outros Estados do Brasil", contou um dos integrantes do coletivo Afroguerrilha, responsável pela vaquinha, que pediu para não ser identificado. O coletivo também se ofereceu para, com o valor, comprar uma nova bicicleta para Ademilson de Oliveira, 31. O adolescente foi acusado de tentar furtar o veículo no bairro onde mora.

Ele afirmou que o coletivo recebeu muitas mensagens de ódio e até ameaças por causa da campanha. "Logo depois que anunciamos a campanha, eu fui dormir. Acordei logo cedo no domingo e havia mais de 800 mensagens, 90% delas de ódio, que aumentaram muito mais ao longo do dia. Eu sabia que haveria uma recepção negativa, mas quando ontem publicamos o resultado na página do coletivo [no Facebook] houve também muitas mensagens positivas, pessoas querendo ajudar. Vimos que é possível reverter esse discurso", afirmou.

Segundo ele, que é vizinho da família, o valor poderá ser sacado daqui a 14 dias, segundo as regras do site. O dinheiro virá em boa hora para a família, que está para ser despejada da casa de dois cômodos com tijolos aparentes onde vive, no bairro dos Casa, em São Bernardo do Campo. O garoto vive com a avó e um tio.

"A família está passando por muita necessidade. Quando começamos a campanha, eu não estava nem a par da situação deles, de que correm o risco de serem despejados. Soube quando houve uma visita da conselheira tutelar", disse.

O advogado Ariel de Castro Alves, coordenador da Comissão da Criança e do Adolescente do Condepe-SP (Conselho Estadual de Direitos Humanos), órgão da Secretaria Estadual da Justiça e da Defesa da Cidadania, que também esteve na casa da família, contou que o terreno onde o menino vive faz parte de um inventário de família e que é provável que dentro de um mês eles não tenham para onde ir.

O caso

O adolescente teve a frase "Eu sou ladrão e vacilão" tatuada na testa no último dia 31 pelo tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis, 27, e pelo amigo dele, Ronildo Moreira de Araújo, 29, após ser acusado de tentar furtar uma bicicleta. A tortura aconteceu em um quarto de pensão que havia sido alugado por Maycon.

Em entrevista à "Folha de S. Paulo", o rapaz negou ter tentado furtar a bicicleta, disse que estava muito bêbado quando entrou no condomínio e que só "colocou a mão em uma bicicleta". Ele disse ter implorado para não ser marcado e que quis morrer depois, estava muito envergonhado.

O adolescente estava desaparecido desde o dia 31 e só foi encontrado na última sexta (10). Seu tio Vando Aparecido Rocha, 33, contou ter começado a chorar quando o viu. A mãe do adolescente, Vânia Aparecida Rosa da Rocha, 34, disse estar inconformada com o que aconteceu. "Estou arrasada. Meu filho não é boi para ser marcado desse jeito."

O dono da bicicleta é Ademilson de Oliveira, 31. Ele contou ao UOL que o veículo em questão estava quebrado. "Ela está com o pedal quebrado. Tinha um motorzinho, mas eu tirei. Deixei ela no cantinho porque queria consertar depois. Se alguém fosse roubar a bicicleta, não ia conseguir nem R$ 5 nela", disse.

Oliveira disse que se mudou para a pensão há três meses e que conhecia de vista o tatuador Maycon e o vizinho Ronildo. "Sei que ele [Maycon] toca em uns barzinhos que tem aqui perto. Eu estou arrasado mesmo com o que aconteceu. Não estou conseguindo nem comer, nem dormir direito. Minha vontade é jogar a bicicleta fora", disse.

Segundo ele, no momento em que o fato aconteceu, ele estava no hospital fazendo uma cirurgia no olho.

O adolescente confirmou ser usuário de drogas. Familiares e amigos disseram que o rapaz tem transtornos mentais.

"Conheço ele desde criança. Eu não era muito próximo, mas minha família era, porque mora na mesma rua que a família dele, eu moro em outra. Mas sempre o via na pista de skate do bairro tentando se enturmar com os meninos. Dava para perceber que ele tinha problemas, tinha dia que ele ficava muito agitado", contou o integrante do Afroguerrilha.

UOL tentou contato com o tio e a mãe do menino, além do advogado que está cuidando do caso, Leonardo Rodrigues, mas não teve sucesso.

Acusados estão no Centro de Detenção Provisória

Maycon e Ronildo estão presos preventivamente no CDP (Centro de Detenção Provisória) de São Paulo. Eles são acusados de prática de tortura, cuja pena pode ir de dois a oito anos de prisão.

Mas, segundo Ariel de Castro Alves, além da tortura, eles também poderão responder por cárcere privado, ameaça e submeter criança ou adolescente a vexame ou constrangimento –conforme prevê o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). Somadas, as penas podem chegar a 13 anos de prisão.

"Eles amarraram as mãos e os pés do menino e o levaram contra sua vontade para dentro do quarto da pensão. Isso configura cárcere privado. Depois de tudo, o ameaçaram, deram tapas nele e o expuseram na rua, inclusive, cortaram parte do cabelo que estava tapando a tatuagem", explicou.

Ainda segundo Alves, como o crime de tortura é considerado hediondo, eles devem ficar no CDP até sair a condenação. "É provável que deem entrada com um pedido de liberdade provisória, mas segundo vários entendimentos judiciais é difícil que consigam", afirmou.

VIROU BAGUNÇA : MAIS UMA FUGA NO SISTEMA PRISIONAL DO RN

Na madrugada desta terça-feira (13), 04 presos fugiram do CDP de Currais Novos, pela parte de trás do CDP, onde a fuga foi feita através de um buraco na parede. A fuga aconteceu por volta de 02:00 da manhã desta terça-feira.

Jodnaldo Cletson Gomes.

André de Morais Medeiro

SilvaAlex Pereira Basilio

João Paulo Moreira Silva Costa

São os apenados que fugiram da unidade prisional.

WHATSAPP DEIXARÁ DE FUNCIONAR EM DIVERSOS APARELHOS NO DIA 30 DE JUNHO

Se você usa um aparelho celular com um sistema diferente do Android, iOS ou Windows, temos más notícias. Devido algumas questões de segurança, o WhatsApp descontinuará a compatibilidade com alguns sistemas, como os da BlackBerry, Nokia e algumas versões mais antigas do Android.

“Olhando para o futuro, mirando os próximos sete anos, queremos concentrar nossos esforços nas plataformas de celular que a maioria das pessoas utilizam”, comentou o WhatsApp.


“Por mais que estes aparelhos celulares tenham feito uma importante parte em nossa história, eles não possuem a capacidade requerida para que possamos expandir os recursos de nosso aplicativo no futuro. Esta foi uma decisão difícil de ser feita, porém foi a decisão certa para que pudéssemos oferecer as pessoas, melhores maneiras de manter contato com família, amigos e entes queridos utilizando o WhatsApp”.

Aparelhos que não vão mais suportar o WhatsApp:

BlackBerry OS e BlackBerry 10Nokia S40Nokia Symbian S60Android 2.1 e Android 2.2Windows, iPhone 3GS/iOS 6

Lembrando que será a partir do dia 30 de junho a descontinuação dos sistemas citados acima.

Se você for afetado por essa essa descontinuação, o WhatsApp recomenda que você adquira algum celular com sistema Android, Apple ou Windows Phone, para continuar usando o aplicativo.

MAIS UM POLÍCIAL MILITAR É ASSASSINADO NO RN


O policial Militar Mario Pinheiro foi executado a tiros de pistola nas primeiras horas da manhã dessa terça-feira (13) no bairro Bom Pastor.

Segundo a Polícia, a vítima estava em sua motocicleta quando dois atiradores o surpreenderam e efetuaram os disparos de arma de fogo contra ele. Mario Pinheiro de Lima não resistiu e morreu no local antes do socorro médico.

O militar estava servindo no Ministério Público.

A Polícia Militar realiza diligências neste momento na tentativa de capturar os criminosos.

CERVEJA CAICOENSE PARTICIPARÁ DO MAIOR EVENTO DE CERVEJARIA ARTESANAL DO PAÍS

Cervejeiros de todo o país invadem Natal no período de 15 a 18 junho, quando a cidade receberá o XII Encontro Nacional das ACervAs (Associação dos Cervejeiros Artesanais). Um evento que tem como objetivo disseminar a cultura cervejeira e incentivar a produção artesanal desta bebida milenar.


O empresário caicoense, Elton Paulino   irá participar do evento com a sua cervejaria " Caicoense" que vem fazendo o maior sucesso em toda a região.

É a primeira vez que Natal recebe o evento e são esperados mais de 1000 amantes da cerveja, entre potiguares e de outros estados brasileiros.

O Encontro Nacional das ACervAs ocorre todos os anos e, para a edição de 2017, a capital potiguar foi escolhida como sede. De acordo com os organizadores, a 12ª Edição do Encontro Nacional promete ser o evento de maior adesão e participação dos últimos anos.

Na programação, palestras técnicas, concurso de cervejas caseiras da BJCP (Beer Judge Certification Program), além de passeios turísticos, visitas às cervejarias potiguares e um grande festival de cervejas, que marca o encerramento desta edição.

A escolha de Natal para sediar o XII Encontro Nacional das AcervAs se deu pela união do clima tropical e suas belezas naturais, proporcionando aos potiguares e visitantes uma experiência única.

E quando o assunto é cerveja, Natal não decepciona! É crescente o número de cervejarias artesanais, estabelecimentos que comercializam os melhores rótulos nacionais e internacionais, além dos produtores de cerveja caseira.

Fundada em 2010, a ACervA Potiguar conta com mais de 150 membros, e esse número vem crescendo a cada dia. Já possui sede própria e realiza diversos eventos para disseminação da cultura cervejeira.

– Confira a programação completa:

– Palestras – No dia 15/06, a partir das 09h, no Hotel Imirá, acontece ciclo de palestras técnicas sobre produção artesanal. A programação inclui nomes de grande destaque no cenário cervejeiro nacional, como Carlo Bressiani, Diretor-Geral da Faculdade Épica e da Escola Superior de Cerveja e Malte; Eduardo Libório, Auditor Fiscal Federal Agropecuário, que participa do evento com uma palestra sobre os requisitos legais relativos a produção de cervejas; Victor Marinho, que possui mais de 70 medalhas em competições nacionais e internacionais do ramo; Elenilton Baretta, produtor artesanal com quase 25 anos de experiência; e, ainda, Jamal Awadallak, fundador do canal BeerSchool, atualmente com mais de 10 mil inscritos e meio milhão de visualizações.

– Concurso – Um dos eventos mais aguardados é o Concurso do XII Encontro Nacional das ACervAs. Cerca de 600 amostras foram inscritas, produzidas por cervejeiros de todo o Brasil, sendo admitidos os estilos estabelecidos pelo Beer Judge Certification Program, de 2015. O julgamento acontece no Hotel Imirá, obedecendo todas as regras exigidas pelos padrões internacionais para competição, com 35 juízes certificados, do Brasil, Chile e Argentina. A análise das amostras será realizada em salão reservado, durante todo o dia e os vencedores serão revelados durante a festa de encerramento.

– Passeios – Uma programação especial foi montada para que os cervejeiros possam conhecer o melhor da capital potiguar, com conforto e segurança e, claro, regada a muita cerveja!

Beer Crawl – Tour pela noite natalense, passando pelos bares especializados em cervejas especiais. Consumo não incluso. Esse passeio acontecerá em duas edições, nos dias 15 e 16/06.Visita às Cervejarias – Tour por três cervejarias da cidade, e o público poderá conhecer estrutura, processo produtivo e, é claro, degustar alguns dos seus rótulos “direto da fonte”. Esse passeio também acontece em duas edições, no dia 15 e 16/06.Beer Bus – Os cervejeiros vão curtir os principais pontos turísticos da cidade, em um ônibus com deck superior aberto. O roteiro inclui Forte dos Reis Magos, Morro do Careca, Barreira do Inferno, Maior Cajueiro do Mundo, dentre outros. E atenção: Cervejas artesanais durante todo o trajeto. A partir das 09h, do dia 16/06. (ESGOTADO)Sunset Beer Boat – Que tal curtir o por do sol no Rio Potengi, com boa música e cervejas artesanais durante todo o percurso? Esta é a proposta do Sunset Beer Boat. É na sexta-feira, dia 16/06, a partir das 16h. (ESGOTADO)

– Festival – O Festival de Cerveja será no sábado, dia 17 de junho, à partir das 14 horas, na Cervejaria Via Continental. Será uma grande confraternização, para marcar o encerramento do XII Encontro Nacional das ACervAs.  Mais de 60 estilos de cerveja serão servidos, no maior Open Beer que Natal já viu. A animação fica por conta de Alan Persa, Hallison Rasta e Banda e um novo projeto encabeçado por Sérgio Groove, resgatando os clássicos do Rock.

– Domingo – Programação exclusiva para membros das ACervAs.

As inscrições para as palestras e vendas de ingressos para o Festival de Cerveja e passeios estão sendo feitas pelo site:www.acervapotiguar.com.br ou nos pontos de venda: Paddy’s Emporium (Av. Romualdo Galvão, 2383, Arenna Mall, loja 06 – Lagoa Nova), Mestre-Cervejeiro.com (Av. Afonso Pena, 394 – CCAB Petrópolis), Eufrates Cervejas Especiais 9Av. Campos Sales, 500 – Tirol), Estação do Malte (Rua Poeta Jorge Fernandes, 146 – Ponta Negra), Conveniência do Posto 1002  (Av. Engenheiro Roberto Freire, 2971 – Capim Macio) e Ein Bier, Bitte! (Av. Nascimento de Castro, 2017 – Lagoa Nova). Outras informações pelo e-mail:contato@acervapotiguar.com.br