segunda-feira, 31 de julho de 2017


WhatsApp ganha atalhos inéditos e fica mais rápido; veja

O WhatsApp Beta recebeu uma atualização para a versão 2.17.277 que trouxe suporte a atalhos no ícone do app para Android. Agora, ao pressionar a imagem do mensageiro na tela inicial do celular, o usuário tem acesso a funções como câmera, mensagens marcadas e nova conversa – recursos que tornam a experiência de chat mais rápida.

A nova ferramenta, que lembra o 3D Touch do iPhone (iOS), só funciona em celulares atualizados com Android 7, versão que está presente em apenas 11,5% de todos os smartphones Android no planeta. No entanto, é possível contornar essa limitação e simular a opção utilizando launchers que personalizam o telefone, como o Nova Launcher e o Action Launcher. Confira, aqui tutorial do TechTudo, o passo a passo de como usar os atalhos inéditos do WhatsApp.

Globo, via Techtudo

SUPERMERCADO É VÍTIMA DE ASSALTO NA ZONA NORTE DE CAICÓ

Por volta 15:30 desta segunda-feira (31), foi registrado um assalto a mão armada no Supermercado Vila do Príncipe que fica localizado no bairro Vila do Príncipe, zona norte de Caicó.

Dois indivíduos renderam os funcionários do local e fisseram o arrastão no local e fugiram levando todo o dinheiro do local.

A dupla fugiu em uma motocicleta em direção ao centro de Caicó.


Policiais do GTO agiram rápidos e prenderam um dos suspeitos do assalto, Gabriel Lucas de Sousa, 20 anos, residente na Rua Marinheiro Manoel Inácio,  Centro de Caicó foi preso de posse de um simulacro de pistola.


O mesmo foi encaminhado para Delegacia de Polícia Civil e aguarda as vítimas do assalto para o reconhecimento do mesmo, caso não seja reconhecido o mesmo será liberado.



CAICÓ ENTRE AS 10 CIDADES MAIS VIOLENTAS DO RIO GRANDE DO NORTE




A violência segue com números alarmantes no Rio Grande do Norte. O estado teve mais um fim de semana de sangue, somando 24 mortes. Com um homicídio registrado na manhã desta segunda-feira (31), em São Gonçalo do Amarante, e outros dois em reação a um assalto em Canguaretama, já são 1.417 pessoas mortas em solo potiguar durante o ano. Os números são do Observatório da Violência Letal Intencional (Obvio).



No fim de semana, o dia mais violento foi o sábado (29), com 12 mortes, enquanto sexta (28) e domingo (30) tiveram seis homicídios, cada um. O local em que ocorreram mais crimes foi Ceará-Mirim, onde sete pessoas foram mortas. Extremoz (5), Mossoró (3), Natal (3), São José de Mipibu (2), Assu (1), Martins (1), São Gonçalo do Amarante (1) e São José de Campestre foram as outras cidades onde ocorreram homicídios entre sexta e domingo.




Das 24 mortes, 16 ocorreram entre a noite e a madrugada, sendo 23 homens entre os mortos e somente uma mulher. Oito das vítimas foram mortas dentro de casa e o principal meio utilizado para os crimes foi a arma de fogo, usada em 21 casos.




Comparando com o mesmo período do ano passado, o Rio Grande do Norte acumula um crescimento de 24,7% no número de crimes violentos letais intencionais.



Mancha criminal

Na capital potiguar, onde 364 pessoas foram mortas durante o ano, a zona Norte segue como principal região de violência, com 139 casos. Em seguida, a zona Oeste aparece com 121 crimes, contra 50 da zona Leste e 43 na zona Sul.



No estado, Mossoró e Caicó são as únicas cidades fora da Região Metropolitana de Natal que aparecem entre as 10 mais violentas do estado. A maior cidade do Oeste somou 147 homicídios, enquanto Caicó computa 22. Ceará-Mirim (99), Parnamirim (93), São Gonçalo do Amarante (60), Macaíba (55), Extremoz (39), São José de Mipibu (30) e Nísia Floresta (onde está o presídio de Alcaçuz - 33) completam a lista das cidades com mais homicídios do estado.


Tribuna do Norte / Plantão Caicó 


CORTE O SEU CABELO E FAÇA A SUA BARBA NA BARBEARIA KN



A barbearia KN fica localizada na Rua José Hermínio, Número  460, Bairro Paraíba, (A 50 metros do Centro Cultural).

De Segunda à Sábado das 07:30 as 18:00, (Sem fechar para o almoço)

Ligue e marque o seu horário : 84 - 9.9818 - 6290 ou 84 - 9.9943 - 2168

POSTO DE COMBUSTÍVEL É VÍTIMA DE ASSALTO EM CAICÓ

Por volta 03:20 desta segunda-feira (31), dois indivíduos de posse de uma arma de fogo praticaram um assalto no Posto ALE que fica localizado as margem da BR 427, próximo a entrada do bairro Nova Descoberta.

Os índividous fugiram em uma moto levando todo o dinheiro que estava com o frentista do Posto.

Ofertas de Julho EDISOM Caicó

Chromecast 2 R$ 249,00

Tv Box 4k R$ 249,00

Kit Alisena Muriel R$ 39,90

Perfume UDV 100 ml R$ 54,90

Base matte Ruby Rose R$ 17,90

Perfume Silver Scent 100 ml R$ 145,00

Perfume Azzaro 100 ml R$ 160,00

Perfume Ferrari Black 125ml R$ 135,00

Valores promocionais somente à vista

EDISOM CAICÓ 21 ANOS

Rua Renato Dantas 643 por tras do Banco do Nordeste

Whatsapp 84 - 9.9818 - 4350    84 3.421 - 3028

Instagram: @edisomcaico
Facebook: @edisomcaico

Dispara o número de brasileiros com armas de fogo



Dados do Exército mostram boom inédito a partir de 2016, quando foram emitidas 20.575 autorizações; 185% a mais que os 7.215 do ano anterio; nunca o Exército concedeu tantas licenças para pessoas físicas terem acesso à arma de fogo; com demanda recorde, a tendência é de alta. Somente em 2017, 14.024 cidadãos já obtiveram o aval, média de 2.033 por mês ou 66 por dia.


247 - Nunca o Exército concedeu tantas licenças para pessoas físicas terem acesso à arma de fogo. Dados levantados pelo órgão mostram um boom inédito a partir de 2016, quando foram emitidas 20.575 autorizações, 185% a mais que os 7.215 do ano anterior. Com demanda recorde, a tendência é de alta. Somente em 2017, 14.024 cidadãos já obtiveram o aval, média de 2.033 por mês ou 66 por dia.


De 2005 a 2017, o número de pessoas com a autorização válida subiu 395%, de 14.865 para 73.615. Cerca de 90% do total atual são os chamados CACs, sigla usada para denominar caçadores, atiradores e colecionadores registrados. Ao contrário das demais pessoas físicas que se reportam à Polícia Federal (PF) para pedir autorização de posse ou porte de arma, essa categoria é regulada pelo Exército.

A corrida à certificação como CAC pode ser explicada, segundo especialistas e a própria categoria ouvida pela reportagem, por diferentes fatores. Um deles é que essa modalidade de registro virou uma alternativa ao controle da Polícia Federal e uma forma de se armar em meio à escalada da violência. A consolidação de entidades e clubes de tiro desportivo pelo país e a popularização da modalidade que deu a primeira medalha ao Brasil nas Olimpíadas do Rio também contribuem.

Mas na visão dos próprios dos donos das armas, o aumento do grupo é consequência de uma política que impede o acesso ao armamento de forma injustificada. Eles assinalam ainda que atendem a todas as regras do Exército. Especialistas em segurança, porém, são mais cautelosos com relação ao “atalho” que pode configurar o enfraquecimento das regras de controle de armas no Brasil.

PROMOÇÃO NA LK MULTIMARCAS

Camiseta gola Polo Resumo do P ao GG listra

De R$ 80,00 por R$ 49,90 a vista

LK MULTIMARCAS na loja EDISOM
99927-8030.

Avenida Renato Dantas, próximo a Farmácia Pague Menos no Centro de Caicó.