sábado, 2 de setembro de 2017


Caicó teve 900 mil reais de emendas liberadas durante a semana


As ações federais, através de emendas e convênios, continuam chegando a Caicó graças ao forte trabalho de apresentação e aprovação de projetos, bem como da ação do prefeito Batata Araújo e dos parlamentares do Rio Grande do Norte em Brasília.


Durante esta semana, o Município recebeu a confirmação da liberação de 900 mil reais de emendas. O deputado federal Felipe Maia e o senador José Agripino atuaram na liberação de 121 mil reais referentes a 50% da construção da Praça da Soledade. O deputado federal Walter Alves viabilizou a liberação de 177 mil reais referente à pavimentação de ruas na Boa Passagem e Recreio.  


Por último, na sexta-feira (01),  o Município recebeu confirmação do pagamento de 611 mil reais referente a custeio para área de saúde por meio de emenda e ação do deputado federal Rogério Marinho.

URGENTE : SUICÍDIO NA ZONA OESTE DE CAICÓ

Por volta 14:50 deste sábado (02), foi registrado um suicídio por enforcamento em uma residência na rua Nice Dantas no bairro Walfredo Gurgel, zona oeste de Caicó.


Um homem por nome de Erivaldo, mais conhecido por "Nezinho", cometeu suicídio na cozinha de sua residência e foi encontrado por vizinhos do mesmo. A vítima residia só e nos últimos dias vinha enfrentando problemas de depressão.



Pista que separa os Estados da Paraíba e Rio Grande do Norte ilustra bem a realidade dos dois Estados vizinhos


A diferença entre os estados da Paraíba e Rio Grande do Norte continua gritante. Os salários dos funcionários vizinhos sempre em dia, além da estrutura bem melhor para a PB. A diferença são os governadores, o rombo deixado ou os dois?  Ou até será porque não teve Copa do Mundo do PB? Muitas perguntas sem respostas…

Mas uma cena talvez ilustre bem a realidade. Uma pista entre os municípios de Picuí na PB e Carnaúba dos Dantas no RN. De um lado a pista completamente feita e de outro uma buraqueira tremenda.

O povo do Seridó tem pressa para a conclusão de Oiticica, diz prefeito de Caicó


O prefeito de Caicó, Batata Araújo, participou na nesta sexta-feira (01) de reunião e visita ao canteiro de obras da barragem de Oiticica e da nova Barra de Santana, nesta sexta-feira (1º). Estavam presentes várias autoridades locais, estaduais e federais, Poder Judiciário, população de Jucurutu, sindicalistas e religiosos.

“O povo do Seridó tem pressa para a conclusão dessa obra tão importante para a garantia hídrica da região do Seridó. A barragem vai garantir água para milhares de seridoenses, pois também está inserida no projeto da transposição das águas do rio São Francisco”, disse o prefeito.

O Governo Federal reduziu os repasses mensais que deveriam ser no valor de R$ 15 milhões para apenas R$ 4,7 milhões. Com isso a construtora responsável diminuiu o ritmo das obras, o que vem provocando atraso na execução e adiamento do cronograma.

A redução na liberação dos recursos pelo Ministério da Integração Nacional e pelo Ministério do Planejamento também atrasa a construção do novo distrito de Barra de Santana, para onde serão realocadas 254 famílias que terão as áreas que ocupam há dezenas de anos inundadas pelo lago da Barragem.

Ao final da reunião ficou decidido que os parlamentares federais irão apresentar pelo menos uma emenda coletiva impositiva ao orçamento da união de 2018 para as obras da Barragem de Oiticica e serão marcadas audiências com os ministros da Integração Nacional, Hélder Barbalho, e do Planejamento, Henrique Meireles, para reforçar os pleitos pela liberação das parcelas no valor de R$ 15 milhões/mês.

A barragem de Oiticica está sendo construída sobre o leito do rio Piranhas-Açu no município de Jucurutu, no distrito Barra de Santana e vai beneficiar 500 mil pessoas e 17 municípios do Seridó, Vale do Açu e região Central. A obra tem capacidade para 566 milhões de metros cúbicos. Será o terceiro maior reservatório do RN e integra o sistema de bacias da transposição de águas do Rio São Francisco.

Após 10 anos, um avião é abastecido no Aeroporto de Campina Grande


Um simples abastecimento de um avião em um aeroporto é um procedimento cotidiano. Mas, nesta sexta-feira (01), o abastecimento de um avião da Gol Linhas Aéreas Inteligentes no Aeroporto João Suassuna, em Campina Grande, representou um momento histórico. Há mais de 10 anos nenhuma aeronave pousada no equipamento paraibano era abastecida.

Com o retorno do funcionamento do posto São Francisco, vencedora de uma licitação promovida pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) em 2010, passou a abastecer equipamentos de grande porte de companhias aéreas com voos regulares.

Essa medida já surtiu efeito positivo para o mercado local. Já estão em processo de análise pela Anac (Agência Nacional de Aviação Comercial) pedidos de voos diretos para os destinos como São Paulo e Rio de Janeiro, pela Gol, que permitirá a redução do valor das passagens.

A Gol opera em Campina Grande para esse dois destinos. Para o Rio de Janeiro, o voo faz uma escala em João Pessoa, enquanto que para São Paulo a escala é feita na cidade pernambucana de Petrolina.

Para o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, o início das operações de abastecimento de combustível de aeronaves no Aeroporto João Suassuna significa um divisor de águas para o crescimento econômico da cidade. Durante muitos anos, por conta de um impasse de ordem comercial, o serviço imprescindível para as empresas aéreas explorarem na plenitude a rota de Campina ficou comprometido.

“Temos muito a comemorar, por recolocar Campina Grande no mapa das grandes empresas aéreas e abrir uma janela de oportunidade para, num futuro próximo, a cidade implantar um ambiente de logística de carga a partir do modal aeroviário”, destacou Romero Rodrigues.

De acordo com o prefeito campinense, a curto prazo, já é motivo bastante de se comemorar o fato de que as empresas, por exemplo, já sinalizem com a possibilidade de voos diretos Campina Grande/São Paulo ou Campina Grande/Brasília, com valores de passagens competitivas.