quinta-feira, 28 de setembro de 2017


URGENTE : TENTATIVA DE ASSALTO COM HOMEM FERIDO A BALA NA ZONA NORTE DE CAICÓ

Por volta 22:00h desta quinta-feira (28), foi registrado uma tentativa de assalto seguido de uma tentativa de homicídio na Avenida Rui Mariz, próximo ao Mercadinho Canaã no bairro Boa Passagem.


A vítima é um senhor conhecido por "CIGANO" que se deslocava para sua residência quando sofreu pelo menos dois disparos de arma de fogo em uma possivel  tentativa de assalto praticado por dois indivíduos em uma moto.


Mais informações na próxima matéria.

URGENTE : MOTO TOMADA DE ASSALTO NA ZONA NORTE DE CAICÓ

Por volta 19:40 desta quinta-feira (28), foi registrado o roubo de uma motocicleta modelo HONDA/NXR 160 BROS - 2016/2017 - BRANCA - CAICÓ/RN
PLACA QGM - 8490, próximo ao Posto Boa Vista,  zona norte de Caicó.

O roubo foi praticado por dois indivíduos armados que seguiram com o veículo em direção ao Bairro Recreio.

MUNICÍPIO DE CAICÓ DISCUTE ALTERNATIVAS PARA OCUPAÇÃO DO ESPAÇO URBANO




O Município de Caicó firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), em 2015, com o Ministério Público Estadual, objetivando regular o trânsito de pessoas e veículos no espaço urbano.

Segundo o procurador geral da Prefeitura, Pedro Rocha, umas das cláusulas vence seu prazo em junho de 2018. “E ela prevê a desobstrução total das vias públicas”, disse ele. 

Se antecipando ao prazo, o Poder Público municipal reuniu nesta quarta-feira (27) os proprietários de bares, espetinhos, lanchonetes, restaurantes e similares para discutir uma alternativa que não lhes traga prejuízos futuros.

“Nos antecipamos nessa discussão com os permissionários, para levar uma solução alternativa ao MP, ordenar o espaço urbano e garantir o trabalho dessas pessoas”, disse Pedro Rocha. “O Município tem a única intenção de ajudar a todos a solucionar o problema, de maneira que ninguém seja prejudicado”, completou o prefeito Batata Araújo.

VENDE-SE CASAS EM ÓTIMA LOCALIZAÇÃO E FINANCIADA PELA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL





Adquira seu imóvel com condições especiais e os melhores planos do mercado !

Residencial Acácia

Localizado no Loteamento Serrote Branco I, com rede de água e energia.

Descrição do Imóvel

Garagem

Sala de Estar

Cozinha Americana

Dois Dormitórios

Bwc Social

Área de Serviço

Jardim

Valor do imóvel : R$ 120.000,00 (Financiamento Pelo Programa Minha Casa, Minha Vida).

Central de Vendas : 84 - 9.9613 - 3482 / 84 - 9.9905 - 0393

BATATA ANUNCIA INÍCIO DA OBRA DA PRAÇA DO BAIRRO SOLEDADE

Nesta quarta-feira (27), o prefeito de Caicó, Batata Araújo, anunciou que o Município vai começar na próxima semana a obra da praça do bairro Soledade. Quando foi vereador, Batata lutou pela concretização da obra através de emendas do senador José Agripino e do deputado federal Felipe Maia.

A praça terá um espaço para as pessoas idosas, uma grande área para caminhadas, quadra de areia que comporta 18 modalidades esportivas e vai reunir também uma estrutura para o lazer e a cultura. 

“Este projeto é de 2015, quando conseguimos a emenda e, até dezembro passado, não foi feito absolutamente nada pelo Município para concretizar esse sonho dos moradores do bairro Soledade. Pegamos diversos convênios nessa situação e trabalhamos ao máximo para não perder os recursos. Esse projeto foi feito do zero”, disse Batata.

Lojas já estão à venda em dois dos empreendimentos


O grupo empresarial de São Paulo, que pretende investir em três novos centros comerciais no Alecrim e firmou parceria com a Prefeitura de Natal para viabilizar projetos de reurbanização do bairro, já começou a vender lojas em dois desses empreendimentos: o micro shopping a ser instalado na Rua Dr. Luiz Dutra (continuação da Av. Pres. Quaresma, antiga Av. 1); e o outlet que será construído na Av. Pres. Bandeira (antiga Av. 2) entre a Rua Amaro Barreto e a Av. Coronel Estevam (antiga Av. 9).



O primeiro terá espaço para 288 lojas, com área útil entre 2,84m² e 5m². Os boxes serão vendidos por valores variam de R$ 13 mil a R$ 17 mil, de acordo com o tamanho e a localização. Não estão previstas criação de vagas de estacionamento. A expectativa dos investidores é inaugurar o micro shopping em dezembro deste ano.




Já o outlet, batizado Outlet 25 Demais, será construído no lado ímpar da Av. Pres. Bandeira entre as avenidas Coronel Estevam e a Rua Amaro Barreto – trecho da via, na lateral do camelódromo, onde é vedado o trânsito de veículos. O centro comercial terá 33 mil m² de área construída, espaço para 266 lojas distribuídas em três pavimentos e 1 mil vagas de estacionamento (prédio garagem com seis andares).

As lojas do outlet terão entre 14,70 m² e 109,97 m² de área, e custam de R$ 45 mil a R$ 250 mil conforme tamanho e localização; enquanto o tamanho dos quiosques variam de 7 m² a 10 m², com valores entre R$ 45 mil a R$ 100 mil – o preço também será definido de acordo com o tamanho e a localização. O custo médio mensal do condomínio será de R$ 100 por cada metro quadrado da loja. A inauguração está prevista para março de 2019. O diretor da Rio Center, Flávio Araújo, confirmou que a empresa recebeu convite para ser a loja âncora desse shooping e que há uma negociação em curso.

O mesmo grupo empresarial também possui projeto para instalação de um segundo micro shopping, com 120 lojas, no imóvel ocupado pelo Teatro Sandoval Wanderley – fechado para público desde 2009. O prédio só será repassado à iniciativa privada se a Câmara Municipal de Natal autorizar a Prefeitura realizar um leilão para vender o imóvel. Segundo informações da Semsur, o vencedor do leilão deverá construir um novo teatro em área a ser definida.

TRIBUNA DO NORTE 

PERDI A CHAVE DO CARRO, E AGORA?





"Tenha sempre uma ou duas chaves reservas do seu veiculo, assim você evita dor de cabeça e principalmente dor no BOLSO!"

Em Caicó você tem a Caicó Auto Chaves.

Chaves codificadas para automóveis nacionais e importados.

Observação  !!

 
Consertamos módulos de Air Bag e ABS !!

 
Consertamos buzina de toyota hilux e corola em geral !!

Contatos - 84 - 9. 9668-8485

WhatsApp - 84 - 9.9945-5859

POR DISPUTA PELO CONTROLE DA ROCINHA, ROGÉRIO 157 ENCOMENDOU ARMAS IMPORTADAS




A Polícia Civil descobriu que Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, encomendou armas e munição de países europeus e dos Estados Unidos para disputar o controle da venda de drogas na Rocinha com seu antigo chefe, Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem. Os investigadores checam denúncias de que o criminoso se preparava, desde o início do ano, para o conflito que explodiria no dia 17 deste mês, investindo alto em armamento, principalmente fuzis. As forças de segurança buscam um paiol enterrado na mata da comunidade.

As suspeitas sobre a importação de armas, que estariam chegando ao morro inclusive pela Via Dutra, aumentaram no último dia 10, apenas uma semana antes do início dos confrontos. Um carregamento avaliado em R$ 500 mil, que era levado para a Rocinha, foi interceptado na rodovia. A carga consistia em uma pistola e três fuzis, produzidos na Bélgica e na Romênia. Seria apenas uma parte do arsenal que Rogério vinha reunindo. Ontem, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou um projeto que inclui o porte ilegal de armas de fogo de uso restrito, como fuzis e metralhadoras, no rol de crimes hediondos.


A apreensão de uma parte do arsenal da Rocinha foi feita por equipes da Delegacia Especializada em Armas, Munição e Explosivos (Desarme) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). As armas e cápsulas estavam numa Parati, que havia partido de São Paulo. O motorista do carro foi preso e confessou que levava o material para Rogério 157. Durante a invasão da Rocinha pelo bando de Nem, dezenas de homens carregando fuzis foram flagrados por câmeras de segurança — a Polícia Civil informou que já identificou 59 bandidos envolvidos na guerra do tráfico. A Desarme abriu um inquérito para apurar como as armas chegaram à comunidade.

Desde a última sexta-feira, quando tiveram início as operações conjuntas das polícias Civil e Militar e das Forças Armadas na Rocinha, 23 fuzis foram apreendidos. Ontem, enquanto agentes faziam mais buscas na favela, parentes de traficantes abandonaram suas casas.

Em Brasília, com o aval da CCJ, o projeto que torna crime hediondo o porte de armas de uso restrito vai, agora, à votação no plenário do Senado. O relator da proposta, senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), afirmou que a posse ilegal de armas que só podem ser usadas por militares, órgãos de segurança ou pessoas devidamente habilitadas pelo Exército representam uma grave ameaça à população, o que justifica considerá-la um crime hediondo. Pela lei, tal classificação permite um prazo de prisão temporária maior (até 30 dias, prorrogável por igual período) e impede que o preso tenha direito à liberdade provisória, entre outras punições.

A CCJ rejeitou emendas da Câmara e aprovou o projeto original, que já havia passado pelo Senado em 2015. O relator considerou que era melhor manter na proposta que as medidas se aplicam a qualquer armamento restrito, sem especificar, como queriam os deputados, que deveriam ser fuzis, metralhadoras e submetralhadoras.

O GLOBO

PORTE DE ARMA PARA AGENTES DE TRÂNSITO É APROVADO NO SENADO E VAI A TEMER


O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (27) um projeto apresentado há quase uma década que autoriza o porte de arma de fogo aos agentes de trânsito.

O texto dá a permissão a autoridades de trânsito da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios, quando em serviço, “mediante comprovação de capacidade técnica e de aptidão psicológica”. Como já foi aprovado pela Câmara, o projeto só depende, agora, de sanção do presidente Michel Temer.

O texto que altera o Estatuto do Desarmamento foi proposto em 2008, pelo então deputado Tadeu Filippelli (PMDB-DF). Em maio deste ano, Filippelli, que era assessor especial de Temer, foi preso pela Polícia Federal. Durante a discussão do assunto no plenário, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) criticou os senadores que se posicionaram a favor do armamento da população.

“Infelizmente uma parte significativa dos senhores parlamentares acham que a forma de enfrentar a violência é com mais violência, porque a única coisa que justifica a defesa do armamento indiscriminado para a sociedade brasileira é isso, que uma arma poderá dar a proteção à sociedade. Não. O que poderá dar proteção à sociedade é o investimento pesado do Estado brasileiro na primeira infância, é o investimento pesado do Estado na juventude”, disse.

Antes dela, o senador Magno Malta (PR-ES) afirmou que “agente de trânsito tem que estar com um [revólver de calibre] 38” e que “com um 38 até um menino de cinco anos atira, sem precisar fazer treinamento”.

O relator do texto, senador José Medeiros (Podemos-MT), recomendou em seu parecer a aprovação da matéria e argumentou que, no caso desses profissionais, o porte de arma de fogo é um instrumento de trabalho, não um privilégio.

“É inegável que a fiscalização do trânsito envolve riscos consideráveis, pois os agentes são encarregados de fiscalizar vias públicas e não raro se deparam com condutores embriagados, exaltados e violentos. Além disso, ao realizar abordagens regulares, os agentes podem ser surpreendidos pelo cometimento de crimes em flagrante delito, como o porte de entorpecentes e de armas de fogo”, diz o texto.

 

Folha