sábado, 28 de outubro de 2017


Vitima de disparos de arma de fogo deu entrada agora pouco na urgência do Hospital Regional do Seridó


Por volta das 21 horas deste sábado um homem deu entrada no Hospital Regional do Seridó, em Caicó, vítima de um tiro. No início da noite um homem teria invadido a casa onde eles moravam e matado o cunhado dele e o alvejado.

Informações dão conta que por volta das 16h10 deste sábado [28de out] um homicídio foi registrado na Rua José Domingos Dantas no bairro Bom José Adelino em Carnaúba dos Dantas. O cunhado da vítima teria sido atingido com um tiro no tórax.

Informações repassadas da polícia dão conta que um homem teria invadido a residência e efetuado vários disparos contra os dois.

Daniel Medeiros da Silva, de 27 anos, vulgo “Biel“, narural de Palmeira/PB, foi atingido por vários disparos de arma de fogo e morreu dentro do banheiro da casa. O cunhado dele que também morava na casa, identificado como Sidney Rasmeri da Silva, de 23 anos vulgo “Juninho” também foi atingido e socorrido em estado grave para o hospital de Carnaúba dos Dantas, passou pelo hospital de Acari e depois foi transferido para o Hospital Regional do Seridó em Caicó.

A mãe do Sidney e sogra do Daniel informou a policiais do 6° BPM de Caicó que tinha saído para comprar verduras e ao retornar encontrou a sua casa repleta de pessoas e ficou sabendo que haviam matado seu genro (casado com sua filha) e baleado o filho dela.

Caicó na Rota da Notícia 


PERDI A CHAVE DO CARRO, E AGORA?


"Tenha sempre uma ou duas chaves reservas do seu veiculo, assim você evita dor de cabeça e principalmente dor no BOLSO!"

Em Caicó você tem a Caicó Auto Chaves.

Chaves codificadas para automóveis nacionais e importados.

Observação  !!

 
Consertamos módulos de Air Bag e ABS !!

 
Consertamos buzina de toyota hilux e corola em geral !!

Contatos - 84 - 9. 9668-8485

WhatsApp - 84 - 9.9945-5859

BRASIL TEM 1 ROUBO OU FURTO DE VEÍCULO A CADA MINUTO; NATAL ESTÁ EM QUINTO NO RANKING



O autônomo Jonathas Felipe, 19, estacionou na porta da casa de um amigo na noite do dia 7 em Sumaré (interior de SP). Quando olhou pelo retrovisor, viu um rapaz de capuz.

“Ele puxou a arma, eu pensei: ‘pronto, vai levar’.” E levou uma Saveiro avaliada em R$ 30 mil. Duas semanas depois, sua madrasta teve o carro roubado no mesmo bairro.

Casos do tipo estão em alta no Brasil, que teve média de um roubo ou furto de veículo por minuto em 2016. Foram 557 mil no ano passado, segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Significa um crescimento de 8% em relação ao ano anterior, de acordo com informações de 25 Estados e do DF (o levantamento exclui apenas o Acre, que não enviou dados). E 41% dos crimes estão concentrados nas capitais.

Considerando a soma de furtos e roubos de veículos proporcionalmente à frota de cada Estado, o Rio é campeão, com taxa de 916,7 crimes do tipo por 100 mil carros –em números absolutos, 58,5 mil casos. Goiás é o segundo.

Já entre as capitais, ganha Porto Alegre, com 1.446 furtos e roubos por 100 mil.

A cidade de São Paulo ocupa o terceiro lugar nesse tipo de crime proporcionalmente ao tamanho da frota.

Em números absolutos, no entanto, só a capital paulista concentrou 15% das ocorrências no país, com 226 roubos ou furtos por dia. O Estado de São Paulo, que ocupa a sexta posição na lista proporcional, tem 34% dos crimes.

“É horrível. Eu nem volto mais naquele bairro. Você fica com trauma. Para onde vai, tem que ficar ligado, fica com medo”, diz Jonathas, que perdeu o carro em Sumaré.

O receio também virou rotina da estudante Ellen Cristine, 28. No dia 13, ela estacionou o carro pela manhã próximo ao terminal Sacomã, zona sul de SP. Na hora do almoço, ele não estava mais lá.

No veículo havia documentos importantes do trabalho. Por isso, foi demitida. “Fiquei sem carro, sem emprego, sem nada. A seguradora me ofereceu um carro reserva. Era um carrão. Mas eu disse: ‘não dá pra ficar com isso, vão me roubar de novo'”, conta.

ESPECIALIZAÇÃO

O alto índice de roubos no país “ajuda a explicar um pouco do sentimento de insegurança da população do Brasil”, explica David Marques, pesquisador do fórum.

Ele chama a atenção para um aumento maior de roubos do que de furtos: “O furto demanda uma certa especialização da criminalidade. Com arma de fogo, qualquer um pode praticar um roubo. E em alguma medida cresce o roubo nos Estados em que crescem os homicídios. A coincidência desses fenômenos indica que a prevalência, a existência das armas de fogo propicia esse tipo de crime”.

“É preciso que, com inteligência, as forças de segurança entendam em cada contexto como esses veículos estão inseridos na escala criminal. Se é para levar a desmanches ou se é para utilizar em outros crimes e logo depois abandoná-los”, afirma.

Para coibir esse tipo de crime, desde 2014 há em São Paulo uma lei que permite que apenas estabelecimentos cadastrados previamente pelo Detran possam revender peças usadas –que devem ser passíveis de serem rastreadas.

Além disso, um sistema de monitoramento por câmeras inteligentes, Detecta, é propagandeado como alternativa de combate aos roubos.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo diz que prendeu 4.264 pessoas e recuperou 57.804 veículos neste ano, além de ter fechado 40 desmanches. Desde a implantação da lei dos desmanches, em 2014, afirma ter lacrado 159 estabelecimentos do tipo, ações que ajudaram a diminuir os índices.

Há também em outros Estados mecanismos semelhantes. Um deles é o RS.

Para coibir o alto na capital, o governo afirma que a “Operação Desmanche”, que fiscaliza estabelecimentos ilegais, interditou 87 locais irregulares e prendeu 62 pessoas em 27 cidades gaúchas.

O governo do Rio credita o alto índice de crimes à grave crise econômica pela qual passa o Estado, “que, a partir de 2016, impactaram o enfrentamento da criminalidade”, segundo diz em nota. Ele cita a evasão de policiais e a impossibilidade de contratar novos profissionais.

Apesar do contingenciamento, diz, tem atuado com ações de inteligência para combater esses crimes.

Folhapress / BG

INACINHO VIAGENS : VIAGEM COM CONFORTO, SEGURANÇA E PONTUALIDADE



Caicó - Natal - Caicó é com Inacinho Viagens.

De Segunda a Sexta;

Caicó - Natal 2:40h e 14:00h

Natal - Caicó 02h40 min e 13:00h

Sábados

Caicó - Natal 02h40 min e 14:00

Natal - Caicó 02h40 min e 12:00

Domingos

Caicó - Natal 14:00h

Natal - Caicó 14:00h

Disque viagens 84 - 9.9951-3565 / 84 - 9.8718-4041 / 84 - 3421-1920 / 99196-1102

URGENTE : BOMBEIROS ACIONADOS PARA CONTER UM INCÊNDIO NA ZONA OESTE DE CAICÓ

Por volta 09:40 deste sábado (28), viaturas do corpo de bombeiros foram deslocadas para uma ocorrência de incêndio no bairro Walfredo Gurgel na zona oeste de Caicó.


Um senhor estava dormindo quando acordou com parte do seu corpo em chamas, quando o mesmo gritou pedindo socorro aos vizinhas que acionaram o corpo de bombeiros que rapidamente chegou ao local e socorreu a vítima Hospital para o Regional do Seridó. O fato ocorreu em uma residência na rua Rio Grande do Norte, Bairro Walfredo Gurgel.


A vítima encontra-se sendo atendido na urgência do Hospital Regional com algumas queimaduras pelo corpo.

Atenção : Curso de formação de tradutores e intérpretes de libras chega a Caicó

Criada há cerca de um ano, a empresa Libras Eventos chegou ao mercado potiguar para atender às demandas da comunidade surda e da sua língua, a Libras (Língua Brasileira de Sinais). E a empresa não para de se expandir. Nesse final de semana, chega a Caicó, capital do Seridó, com o objetivo de trabalhar com a formação de intérpretes e tradutores, para ouvintes, bem como prestar atendimento, com profissionais qualificados, a escritórios, faculdades, universidades, empresários, hospitais e quaisquer outros segmentos que precisem ou desejem falar com a comunidade surda.

As aulas começam neste sábado (28) e serão ministradas no CERES (Centro de Ensino Superior do Seridó) - UFRN, sempre no 2º e 4º sábado de cada mês, pela manhã e à tarde, com intervalo para almoço. Ainda há vagas disponíveis. Então se você estiver interessado e deseja mais informações, entre em contato pelos números (84) 99943-4196 ou 99127-4424 ou ainda pelas nossas redes sociais @libraseventos.

Serviço: Curso de Formação em Tradução e Interpretação de Libras, em Caicó
Dias e horários: 2º e 4º sábado de cada mês, pela manhã e à tarde
Local: CERES (Centro de Ensino Superior do Seridó) - UFRN
Contatos: Adiliane de Paula 99867-4189
Horários disponíveis para atender a imprensa das 11h às 13h.

Advogado é autuado por porte ilegal de arma de fogo e associação ao Crime após ser preso com o ex-presidiários


    


Por volta 19:10 desta sexta-feira (27). A polícia militar de Caicó após receber informação de um carro suspeito terminou abordando veículo tipo Gol nas proximidades da Praça Dom José Delgado ele acabou encontrando três homens entre eles um advogado.

A polícia encontrou uma arma calibre 22 municiado e ao chegar na delegacia após uma abordagem mais menos minuciosa encontrou outra arma de fogo revólver calibre 32 esse último revólver estaria embaixo do banco do motorista que seria justamente o advogado.

O advogado Geovaniny Fonseca foi autuado por porte ilegal de arma de fogo e também por Associação ao Crime Ele nega mas acabou sendo autuado pelos outros dois elementos, Waderson Hébert Faria e Luís Carlos Soares.

Na DP os outros elementos que são ex-presidiários confessaram que iriam praticar um assalto a uma academia que fica próximo à Praça Dom José Delgado. O assalto só não teria acontecido porque um policial militar estava no local e evitou a ação criminosa.

Um deles já cumpriu pena por assalto de uma moto.

Caicó na Rota da Notícia / Plantão Caicó