segunda-feira, 30 de outubro de 2017


Ricardo Eletro tem até 2024 para pegar R$ 1,5 bilhão

A Máquina de Vendas, dona da rede Ricardo Eletro, concluiu um plano junto aos credores em que as dívidas saem da empresa e passam a pertencer a uma holding dos sócios, numa medida para desalavancar a companhia. O acordo com Bradesco, Itaú e Santander "limpa" a Máquina da dívida de quase R$ 1,5 bilhão com esses credores. Ao final desse processo, os três bancos passam a ser donos de uma dívida equivalente a 60% do capital do grupo varejista, apurou o Valor.

URGENTE : MULHER É VÍTIMA DE BALA PERDIDA NA ZONA OESTE DE CAICÓ

Uma moradora do bairro Walfredo Gurgel,foi atingida por uma bala perdida na noite desta segunda-feira (29).

Segundo informações, a senhora por nome de Maria José estava na calçada de sua residência quando três homens armados efetuaram disparos de arma de fogo contra um homem que passava no local e não foi atingido pelos disparos. A mulher que não teve a mesma sorte e um dos disparos atingiu uma das pernas da vítima que foi socorrida para o hospital Regional do Seridó e encontra-se sendo atendida na sala de raio X.


Maria José foi médicada e em seguida liberada. O disparo atingiu a vítima de raspão.

Cadastramento para o Programa Moradia Cidadã termina nesta terça feira



O cadastramento dos servidores municipais para participarem do Programa Moradia Cidadã - Município foi iniciado no último dia 18 e será encerrado nesta terça-feira (31). O servidor deverá apresentar os originais e as cópias dos documentos. É necessária a apresentação de toda a documentação do cônjuge também no ato do cadastramento.

O cadastramento é feito mediante o comparecimento do servidor à sede da Prefeitura Municipal de Caicó, das 07h às 15h, munido dos originais e cópias dos seguintes documentos: documento de identidade reconhecido legalmente em território nacional, com fotografia; Cadastro de Pessoas Físicas (CPF); comprovante de residência atualizado; contracheque referente aos últimos três meses; certidão de casamento, quando for o caso; comprovante de renda do cônjuge, quando for o. caso; declaração de comprovação de servidor; termo de posse; declaração negativa de imóvel (Secretaria Municipal de Tributação e Finanças).

Os critérios municipais para classificação no Programa Habitacional Moradia Cidadã - Município são os seguintes:

– Ser servidor(a) público(a) municipal, em atendimento ao teor da Lei Municipal nº 4.932 de 20 de abril de 2017;

– Não possuir imóvel e/ou terreno, tanto o titular como o cônjuge/companheiro(a);

– Não possuir inscrição no Cadastro Imobiliário de contribuintes do Município nos últimos 06(seis) meses, contados a partir da Lei Municipal nº 4.932 de 20 de abril de 2017;

– Famílias chefiadas por mulheres;

– Famílias que tenham em sua composição pessoas idosas e pessoas com deficiência;

– Famílias que tenham em sua composição crianças com deficiência e que sejam dependentes do titular do cadastro.

 

Em consonância com Estatuto da Pessoa Idosa e Estatuto da Pessoa com Deficiência, são destinados 3% das unidades habitacionais para pessoas idosas e 3% para pessoas com deficiência.

O programa prevê a construção de 150 unidades habitacionais para os servidores em lotes situados no bairro Nova Caicó. O empreendimento terá infraestrutura básica de água, pavimentação e energia elétrica. A estrutura das casas conta com garagem, dois quartos, banheiro, sala, cozinha, área e muro.

PERDI A CHAVE DO CARRO, E AGORA?


"Tenha sempre uma ou duas chaves reservas do seu veiculo, assim você evita dor de cabeça e principalmente dor no BOLSO!"

Em Caicó você tem a Caicó Auto Chaves.

Chaves codificadas para automóveis nacionais e importados.

Observação  !!

 
Consertamos módulos de Air Bag e ABS !!

 
Consertamos buzina de toyota hilux e corola em geral !!

Contatos - 84 - 9. 9668-8485

WhatsApp - 84 - 9.9945-5859

Brasil registra maior número de assassinatos da história em 2016; RN têm segunda maior taxa de mortes violentas



De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, foram registradas 61.619 mortes violentas, o que equivale ao número de mortes provocadas pela bomba atômica em Nagasaki, no Japão. A letalidade policial cresceu 25,8%.

O Brasil registrou 61.619 mortes violentas em 2016, o maior número de homicídios da história, de acordo com dados divulgados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública na manhã desta segunda-feira (30). Sete pessoas foram assassinadas por hora no ano passado, aumento de 3,8% em relação a 2015. A taxa de homicídios para cada 100 mil habitantes ficou em 29,9 no país.

Os mais de 61,5 mil assassinatos cometidos em 2016 no Brasil equivalem, em números, às mortes provocadas pela explosão da bomba nuclear que dizimou a cidade de Nagasaki, no Japão, em 1945, durante a Segunda Guerra Mundial.

Sergipe registrou a maior taxa de mortes violentas por 100 mil habitantes: 64, seguido de Rio Grande do Norte, com 56,9, e Alagoas, com 55,9 –todos estados do Nordeste.

As capitais com maiores taxas de assassinatos por 100 mil habitantes são Aracaju, com 66,7, Belém, com 64, e Porto Alegre, com 64,1.

De acordo com o diretor do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Renato Sérgio de Lima, os números registrados no país são, “no mínimo, obscenos”.

“A violência se espraiou para todos os estados. Não é exclusividade só de um, apesar de haver uma vítima preferencial”, afirmou Lima.

Apesar disso, os governos gastaram 2,6% a menos com políticas de segurança pública em 2016: R$ 81 milhões. A maior redução foi observada nos gastos do governo federal: 10,3%.

“Queda dos gastos chama a atenção. Passa a impressão de que o emprego da Força Nacional é hoje a única estratégia do governo federal na área da segurança. Tem mais efeito midiático do que prático”, diz Arthur Trindade, integrante do Fórum.

O 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública também trouxe, pela primeira vez, os dados de desaparecidos no Brasil. Como o G1 mostrou, foram registrados oito desaparecimentos por hora de 2007 a 2016 no país.

Violência policial

A letalidade das polícias nos estados brasileiros aumentou 25,8% em relação a 2015: 4.224 pessoas foram mortas em decorrência de intervenções de policiais civis e militares.

Quase a totalidade das vítimas é homem (99,3%), jovem (81,8%), tem entre 12 e 29 anos e é negra (76,2%).

O número de policiais mortos também aumentou 17,5% em relação a 2015: 437 policiais civis e militares foram vítimas de homicídio em 2016. A maioria das vítimas também é negra: 56%, contra 43% de brancos; além disso, em 32,7% dos casos elas têm de 40 a 49 anos.

Latrocínios

Os latrocínios –roubo seguido de morte– totalizaram 2.703 ocorrências em 2016, um crescimento de 50% em comparação com 2010. As maiores taxas estão em Goiás, com 2,8 mortes por 100 mil habitantes, e em dois estados da região Norte: Pará e Amapá.

Estupros e feminicídios

O número de estupros cresceu 3,5% no país e chegou a 49.497 ocorrências em 2016. No ano passado, uma mulher foi assassinada a cada duas horas no Brasil, totalizando 4.657 mortes. Mas apenas 533 casos foram classificados como feminícidio, mesmo após lei de 2015 obrigar tal registro para as mortes de mulheres dentro de suas casas, com violência doméstica e por motivação de gênero.

“É a primeira vez que conseguimos computar os dados de mortes por sexo. Piauí registrou 58% das mortes de mulheres como feminicídio, que é a estatística esperada pelos especialistas”, diz Samira Bueno, diretora-executiva do Fórum.

Crimes contra o patrimônio e armas

Um carro foi roubado ou furtado por minuto no Brasil, totalizando 1.066.674 veículos subtraídos entre 2015 e 2016.

Um indicador que diminuiu foi a apreensão de armas: houve queda de 12,6% e, no total, 112.708 foram apreendidas em 2016.

“Na maior parte dos homicídios, o assassino usou armas legais produzidas no Brasil. Então, não é só uma questão da fronteira”, diz Elissandro Lotin, presidente da Anaspra e integrante do Fórum.

Força Nacional

Em 2016, houve aumento de 292% no número de profissionais da Força Nacional mobilizados em ações pelo país. Os gastos também saltaram de R$ 184 milhões para R$ 319 milhões, em 2016.

Apesar disso, houve redução de 30,8% nos gastos com o Fundo Nacional de Segurança Pública, queda de 63,4% nos gastos com o Fundo Nacional Antidrogas e aumento de 80,6% nos recursos do Fundo Penitenciário Nacional.

Adolescentes e escolas

O anuário também contabilizou o número de adolescentes cumprindo medidas socioeducativas: 24.628 em 2014, sendo 44,4% por roubo e 24,2% por tráfico de entorpecentes.

O estudo ainda concluiu que 40% das escolas não possuem esquema de policiamento para evitar violência em seu entorno e 70% dos professores e diretores presenciaram agressão física ou verbal entre os alunos.

G1

ITEP SUSPEITA QUE INCÊNDIO QUE MATOU FREIRA EM CAICÓ TENHA SIDO PROVOCADO




O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) do Rio Grande do Norte descartou a possibilidade de um curto-circuito ou uma vela terem provocado o incêndio que matou a freira Terenice Souza Vilas Boas, no Educandário Santa Teresinha, em Caicó, cidade da região Seridó potiguar. O caso aconteceu na madrugada de domingo (29). O corpo da irmã foi encontrado carbonizado dentro do quarto onde ela dormia.

A perícia foi concluída na noite de domingo (29). Apesar de ainda não haver um relatório concluído, o instituto considerou que há possibilidade da irmã Terenice ter provocado as chamas. Os técnicos não encontraram vestígios de curto-circuito nem de uma possível vela que pudesse ter caído e iniciado o incêndio.

Os peritos ainda encontraram um recipiente plástico e um “líquido com odor característico” que indicam a possibilidade de o fogo ter sido provocado.

Blogue do Seridó

VENDE-SE CASAS EM ÓTIMA LOCALIZAÇÃO E FINANCIADA PELA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL E PELO BANCO DO BRASIL


Adquira seu imóvel com condições especiais e os melhores planos do mercado !

Residencial Acácia

Localizado no Loteamento Serrote Branco I, com rede de água e energia.

Descrição do Imóvel

Garagem

Sala de Estar

Cozinha Americana

Dois Dormitórios

Bwc Social

Área de Serviço

Jardim

Valor do imóvel : R$ 120.000,00 (Financiamento Pelo Programa Minha Casa, Minha Vida).

Central de Vendas : 84 - 9.9613 - 3482 / 84 - 9.9905 - 0393

RN : GOVERNO DECRETA PONTO FACULTATIVO PARA A PRÓXIMA SEXTA-FEIRA


Em virtude do feriado do dia de finados na próxima quinta-feira, 02, o governador Robinson Faria determinou que seja decretado ponto facultativo para os órgãos e entidades da administração direta, indireta, autárquica e fundacional no dia 03, sexta-feira.

Estão excluídas do ponto facultativo as atividades consideradas essenciais do Estado: hospitais, policiamento, Bombeiros.

Cinco pessoas foram assassinadas na Grande Natal em 24 horas

Cinco pessoas foram assassinadas na Grande Natal em 24 horas

Cinco homicídios aconteceram ao longo das últimas 24 horas em Natal e Grande Natal. Todas as vítimas foram mortas por armas de fogo e três dos identificados estão na faixa de idade de 18 a 24 anos.

Estas duas características são as mais comuns entre os assassinatos do Rio Grande do Norte. Duas pessoas não foram identificadas até a manhã deste domingo (29).

O número de homicídios no Rio Grande do Norte chega a 2.038, de acordo com o Observatório da Violência Letal Intencional do RN (OBVIO). O número é 23,8% maior em comparação com o mesmo período do ano passado.

Os crimes por arma de fogo correspondem a 90% dos assassinatos do Rio Grande do Norte, de acordo com as informações da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa.

Este ano, 1.810 dos 2.038 crimes foram desta forma. A estatística corrobora com o número de armas encontradas pela Polícia Militar entre os jovens este ano - foram 242 , o que corresponde a 43,8% do número total (554).

Em Natal, o único caso foi de um jovem identificado como Josivan Rocha da Silva, de 23 anos. Ele foi morto a tiros no bairro de Felipe Camarão na tarde do sábado. Os crimes da Grande Natal foram em São Gonçalo do Amarante, Extremoz, Macaíba e São José do Mipibu.