Com salários de até R$ 10.461,90, concurso para servidor do TRT-RN tem 18.505 inscritos



18.505 pessoas se inscreveram para participar do concurso público para provimento de cargos de técnico judiciário (área administrativa) e analista judiciário (área judiciária) do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN).


Deste número, 11.847 estão inscritos para o cargo de técnico judiciário e 6.658 para analista.

As provas serão realizadas no segundo domingo de dezembro (10), em Natal (RN). Os locais ainda não foram definidos pela Fundação Carlos Chagas.

Para o cargo de analista, cujo salário inicial é de R$ 10.461,90, será exigido o diploma devidamente registrado de graduação em Direito, reconhecido pelo Ministério da Educação.

Para concorrer ao cargo de técnico, que recebe salário de R$ 6.376,41, o candidato deverá ter concluído o ensino médio ou equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

PERDI A CHAVE DO CARRO, E AGORA?



"Tenha sempre uma ou duas chaves reservas do seu veiculo, assim você evita dor de cabeça e principalmente dor no BOLSO!"

Em Caicó você tem a Caicó Auto Chaves.

Chaves codificadas para automóveis nacionais e importados.

Observação  !!

 
Consertamos módulos de Air Bag e ABS !!

 
Consertamos buzina de toyota hilux e corola em geral !!

Contatos - 84 - 9. 9668-8485

WhatsApp - 84 - 9.9945-5859

Morre bebê caicoense que foi transferida de helicóptero para Natal

A pequena Williany de 5 meses de vida que estava internada no Hospital do Seridó e na tarde  de ontem (08), foi transferida de helicóptero de Caicó para Natal, não resistiu e veio a óbito no início da tarde desta quinta-feira (09), na capital do Estado.

Ainda não saiu um diagnóstico preciso sobre a causa da morte da pequena.

Infelizmente mais uma bebê morre e Caicó continua sem uma UTI infantil.

Os nossos sentimentos aos familiares da bebê.

MONITOR DA VIOLÊNCIA : DOIS MESES E MEIO DEPOIS, MAIORIA DOS CASOS DE MORTE VIOLENTA ESTÁ EM ABERTO



Dois meses e meio depois, 64% do total de casos de morte violenta ocorridos entre 21 e 27 de agosto no Brasil continuam em aberto e só 11% registram alguma prisão. É o que mostra um novo levantamento feito pelo tendo como base todas as mortes registradas durante uma semana no país.

Se forem excluídos os casos em que a polícia não informa ou que não foi possível obter o status dos crimes, o índice de casos em andamento sobe para 75% (e o de prisões, para 15%). O Monitor da Violência é resultado de uma parceria com o Núcleo de Estudos da Violência (NEV) da USP e com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

G1

VENDE-SE CASAS EM ÓTIMA LOCALIZAÇÃO E FINANCIADA PELA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL E BANCO DO BRASIL




Adquira seu imóvel com condições especiais e os melhores planos do mercado !

Residencial Acácia

Localizado no Loteamento Serrote Branco I, com rede de água e energia.

Descrição do Imóvel

Garagem

Sala de Estar

Cozinha Americana

Dois Dormitórios

Bwc Social

Área de Serviço

Jardim

Valor do imóvel : R$ 120.000,00 (Financiamento Pelo Programa Minha Casa, Minha Vida).

Central de Vendas : 84 - 9.9613 - 3482 / 84 - 9.9905 - 0393


CASA LOTÉRICA É ALVO DE ARROMBAMENTO EM TIMBAÚBA DOS BATISTAS

Por volta 03:30 da madrugada desta quinta-feira (09), uma casa lotérica foi alvo de arrombamento no centro do município de Timbaúba dos Batistas, distante 20 km do município de Caicó.

Cerca de três indivíduos vestidos com roupas brancas, arrombaram a casa lotérica e levaram um cofre do local.

De acordo com informações, os índividous fugiram em um veículo palio de cor vermelho.

DELEGADOS DA LAVA-JATO FORAM SURPREENDIDOS COM TROCA NO COMANDO DA PF


troca no comando da Polícia Federal pegou de surpresa os delegados da antiga força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba. Muitos ficaram sabendo da mudança pela imprensa, mas o fato é que a saída de Leandro Daiello e sua substituição por Fernando Sergóvia, mais alinhado ao grupo político do presidente Michel Temer, já era esperada desde o fim de 2016, quando a PF passou a reduzir verba para a investigação, e o número de delegados à disposição das investigações da Lava-Jato caiu de nove para quatro.

Em julho passado, a PF dissolveu a força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba, e as investigações foram incorporadas pela Delegacia de Combate à Corrupção e Desvio de Verbas Públicas (Delecor).

Na avaliação de um delegado ouvido pelo GLOBO, que não quis se identificar, as principais mudanças ocorrerão mesmo nas equipes que atuam diretamente na sede do órgão, embora não estejam descartadas alterações nos estados. Apesar da ligação política, Fernando Segóvia é bem-visto pela equipe por sua atuação na primeira Lei do Desarmamento, considerada positiva.

Sergóvia era o candidato defendido por políticos para ocupar o posto de Daiello, que está no cargo desde 2011, o primeiro ano de governo de Dilma Rousseff. Entre os políticos que lideraram a campanha para Segóvia estão o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e Augusto Nardes, ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), ambos delatados na Operação Lava-Jato. Durante a campanha, o delegado também recebeu o apoio do subchefe de assuntos jurídicos da pasta, e um dos principais conselheiros do presidente, Gustavo Rocha.

O candidato apoiado por Daiello era é diretor-executivo da corporação Rogério Galloro. O nome dele chegou até a mesa do presidente Temer, mas enfrentou forte resistência da classe política que apoiava Segóvia.

O GLOBO