quinta-feira, 14 de dezembro de 2017


URGENTE : TENTATIVA DE ASSALTO EM UMA RESIDÊNCIA EM CAICÓ

Por volta 20:00hs desta quinta-feira (14), foi registrado uma tentativa de assalto próximo ao lado do clube do oficiais do exército que fica localizado no bairro Penedo em Caicó.

Indivíduos armados tentaram render o ex vereador LELEU que estava em frente à sua residência conversano com um amigo e percebeu uma atitude suspeita. LELEU agiu rápido e conseguiu trancar o portão da residência e ligou para o 190 da Polícia Militar.

Os acusados fugiram em uma motocicleta, com destino ignorado.

Temer tem desaprovação de 89% e Robinson 85% no Rio Grande do Norte



A pesquisa realizada pela Fiern com o instituto Consult, divulgada nesta quinta-feira, 15, apontou que os potiguares desaprovam os governos do presidente Michel Temer (89,29%) e de Robinson Faria (85,24%)

Realizada no período compreendido entre 02 de dezembro e 07 de dezembro, o levantamento entrevistou 1.700 pessoas e abrangeu todo o Estado do Rio Grande do Norte, e segundo o presidente Amaro Sales de Araújo, é uma prestação de serviço que FIERN presta aos industriais e à sociedade potiguar neste ano pré-eleitoral.

A pesquisa também apontou que a maioria dos potiguares não acompanha o trabalho dos atuais senadores, 40,47% declararam nunca acompanhar, enquanto 29,12% afirmaram que eventualmente acompanham.

A avaliação é parecida em relação aos deputados federais. 41,12% nunca acompanharam, e 29,94% acompanham eventualmente.

Portal no Ar

TRF NEGA SEIS HABEAS CORPUS PELA LIBERDADE DE EX-MINISTRO HENRIQUE EDUARDO ALVES



O Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), com sede no Recife, negou hoje (14) seis habeas corpus que a defesa de Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) havia protocolado para tentar libertar o ex-ministro do Turismo e ex-presidente da Câmara dos Deputados, que se encontra preso preventivamente em Natal desde 6 de junho, em um desdobramento da Operação Lava Jato.

No caso que levou à sua prisão, Henrique Eduardo Alves é investigado pelo Ministério Público Federal por suposto envolvimento em irregularidades envolvendo a construção da Arena das Dunas, sede da Copa do Mundo de 2014 em Natal.

O advogado Marcelo Leal, que representa o ex-ministro, afirmou que irá recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra as decisões. Cada pedido de liberdade formulado pelo defensor tinha argumentações específicas. Em dois deles, se alegava incompetência da Justiça Federal do Rio Grande do Norte para julgar o caso, uma vez que os supostos fatos ilícitos teriam ocorrido em Brasília.

Nos outros habeas corpus, a defesa tentou demonstrar a inépcia das acusações contra Henrique Eduardo Alves que envolvem as construtoras Andrade Gutierrez e Carioca Engenharia, por falta de provas.

Isto é, com Agência Brasil

'HUB NO NORDESTE SEGUE CONGELADO' DIZ LATAM




Jerome Cadier afirmou que, enquanto o projeto do centro de conexões de voos continua paralisado, o que a Latam poderá fazer é incrementar pontualmente a oferta de voos na região, mas apenas 'quando fizer sentido'.




Quase três anos depois de anunciar a intenção de criar no Nordeste um centro de conexões de voos domésticos e internacionais (o hub), provocando uma disputa entre os terminais de Fortaleza, Natal e Recife por um investimento de até US$ 1,5 bilhão, a Latam continua com o projeto na geladeira. Ontem, o atual CEO da empresa, Jerome Cadier, minimizou o próprio plano durante apresentação dos resultados do ano.

"Esse hub se justificava quando começou a discussão, em 2014. Depois, a economia esfriou e o que era um business case interessante, mas não espetacular, se tornou negativo. A discussão sobre esse projeto ainda não voltou", disse o CEO, durante encontro com jornalistas. "O (plano de fazer) hub no Nordeste continua congelado. O que podemos fazer é um aumento pontual na oferta na região quando fizer sentido".

Guarulhos e Brasília

Reforçando o posicionamento, a companhia revelou que vai detalhar, em breve, um plano estratégico de ampliação da sua operação doméstica em Guarulhos e Brasília, "que serão definitivamente consolidados como os hubs da Latam no País". Segundo o comunicado à imprensa, a companhia aérea ampliou 17% e em 7%, respectivamente, o seu volume de operações nos aeroportos de Guarulhos e de Brasília neste ano.

Procurada pela reportagem, a companhia reafirmou em nota que "a possível implantação de um hub (centro de conexões de voos) no Nordeste do Brasil segue sem previsão". Além disso, destacou que "entende que um verdadeiro hub demandaria um mercado aquecido e sustentável no longo prazo que justifique a criação de uma base de voos e alocação de frota na região".

Concorrência

Jerome Cadier também aproveitou a oportunidade para cutucar novamente as rivais Gol e Azul, que concentraram suas operações e a de companhias parceiras nos terminais de Fortaleza e de Recife, respectivamente. "A concorrência fala que montou hub, mas é um voo diário, isso não é hub para ninguém. Hub é muito mais complexo, é uma série de voos para diversas cidades", provocou o CEO.

Antes disso, quando os novos voos no Nordeste foram anunciados, o executivo já havia alfinetado as rivais.


"O Nordeste precisa ser mais do que um simples ponto de conexão com empresas parceiras de outros continentes. Com voos diretos próprios, vamos aproximar ainda mais a região de outros destinos no mundo", afirmou, destacando que a medida representava apenas "o início de negociações para outros futuros investimentos na região".

Região

Depois do anúncio da parceria entre Gol Linhas Aéreas, Air France e KLM para implantar um hub no terminal cearense, a Latam já adicionou operações internacionais em Fortaleza, Salvador e Recife, reforçando a presença da companhia nos principais aeroportos do Nordeste.

Na capital cearense, a companhia passará a voar duas vezes por semana para Orlando, na Flórida (EUA), a partir de julho de 2018 e, em maio, haverá uma segunda frequência semanal para Miami saindo da Capital cearense pela Latam. O anúncio foi realizado após rumores de que a Gol lançaria um voo para os Estados Unidos partindo de Fortaleza com aeronaves próprias, ou a partir de uma parceria com a Delta Airlines.


Na avaliação de analistas do setor aéreo, entretanto, a oferta de mais assentos ao continente americano saindo de Fortaleza não inviabilizaria os voos que vêm sendo cogitados desde o anúncio do hub da companhia na capital cearense.


A Brisanet ganha prêmio da revista Veja



Depois dos prêmios “Transformadores” da revista Trip, “Emerging” da EY (Ernst&Young), dois da NEOTV, diversos prêmios nas cidades como a melhor internet, desta vez, o prêmio na categoria Inovação veio de uma das revistas mais importantes e influentes do país, a VEJA.

O prêmio recebido, nesta terça-feira (12), pelo presidente da Brisanet, José Roberto Nogueira, contemplou os 20 anos da empresa, que leva a melhor tecnologia de transmissão de dados (fibra óptica) às cidades do interior do Nordeste.

A escolha foi feita através da votação popular via site da VEJA. Os outros dois finalistas eram a geógrafa Ane Alencar, que ajuda populações indígenas a lidar com mudanças climáticas, o engenheiro ambiental Daniele Cesano, que desenvolve soluções em agricultura familiar.

A Brisanet gera milhares de empregos diretos e indiretos no interior. Com ousadia e coragem, vem crescendo e ajudando os desenvolvimentos local e regional. Como disse Roberto Nogueira no momento que recebia o prêmio, o objetivo da empresa “não é apenas levar internet ou televisão, mas levar desenvolvimento para o Nordeste”.

Invasão na Rocinha pode não ter sido ordem de Nem, diz Rogério 157



Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, em conversa informal com a agentes da 11° DP da Rocinha, afirmou que ordem para invadir a Rocinha pode ter não ter partido do traficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem que cumpre pena em Porto Velho, Rondônia. A polícia investiga se instrução para a retomada da comunidade, partiu do genro do traficante, Adriano Cardoso da Silva, conhecido como o Modelo.

Segundo Rogério, Nem teve a visita da filha, Eduarda dos Santos Lopes, a Duda, antes do início dos confrontos, em setembro. Durante a visita, o traficante informou que Rogério deveria entregar a favela, mas não deu permissão de invasão caso a ordem não fosse acatada. O encontro entre pai e filha foi confirmado pela 11°DP.

Traficante Nem, preso em 2011. Foto: Reprodução.

Após recusa de Rogério, Duda e Modelo deveriam levar a decisão a Nem, ao invés disso se reuniram no Complexo de São Carlos com outros membros da facção onde planejaram a invasão sem o aval do traficante preso.

Alberto Ribeiro Sant’Anna, o Cachorrão, braço direito de Rogério 157, confirmou a versão do comparsa. De acordo com ele, a ordem no complexo de São Carlos foi de que Nem havia mandado matar Rogério e que a comunidade deveria ser entregue a Ramon Aleluia da Silva, o Manga. Ainda segundo ele, a reunião tinha presente autoridades de quatro favelas comandadas pela facção. A reunião aconteceu após uma tentativa de visitar Nem em Porto Velho.

Mercado de trabalho no RN dá sinais de recuperação


O Rio Grande do Norte registrou nos dez primeiros meses do ano a criação de 3.491 postos de trabalho formal segundo informações do Cadadastro Geral dos Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego. A tendência é de recuperação do mercado de trabalho no estado, que terminou o mês de outubro com 1.037 empregos criados, contrastando com os mesmos períodos de 2015 e 2016, quando houve perdas de 7 mil e 11,3 mil empregos respectivamente no acumulado entre os meses de janeiro e outubro.

A análise do comportamento do mercado de trabalho no Rio Grande do Norte consta na edição 29 do Boletim dos Pequenos Negócios, divulgada nesta quarta-feira (13) pelo Sebrae no Rio Grande do Norte. O informativo é mensal e contém indicadores da economia potiguar que influenciam direta ou indiretamente o segmento das micro e pequenas empresas. Essa edição traz uma análise da série histórica em períodos situados nos últimos cinco anos. O material pode ser consultado na íntegra no portal www.rn.sebrae.com.br na seção “Boletim Econômico para MPE’s”.

Em âmbito nacional, os índices positivos de empregos foram alavancados pelo segmento das micro e pequenas empresas, que são responsáveis pelo saldo positivo de empregos gerados no Brasil este ano. Os pequenos negócios chegaram a outubro alavancando vagas pelo sétimo mês consecutivo. De acordo com levantamento feito mensalmente pelo Sebrae, as pequenas empresas abriram 60,5 mil postos de trabalho formal no mês passado, respondendo por quase 80% dos empregos criados no país nesse mês.

Ao longo do ano, com exceção do mês de março, o segmento apresentou número de contratação superior ao de demissões. Enquanto as empresas de micro e pequeno porte acumulam saldo positivo de 463 mil novos empregos, as médias e grandes fecharam ao todo 178,8 mil postos de trabalho.

Em outubro, o Comércio reuniu a maior quantidade das vagas geradas nas micro e pequenas empresas, com a criação de 30,1 mil novos postos. Em seguida, estão os pequenos negócios do setor de Serviços, com 19,6 mil empregos, principalmente nas atividades imobiliárias (9,1 mil vagas) e nos Serviços de alojamento e alimentação (5 mil postos).

No acumulado do ano até outubro, a geração de empregos nas empresas de micro e pequeno porte foi destaque no setor de Serviços, que contratou quatro vezes mais que os pequenos negócios da Indústria de Transformação.

Portal no AR

VENDE-SE CASAS EM ÓTIMA LOCALIZAÇÃO E FINANCIADAS PELA CAIXA E BANCO DO BRASIL




Adquira seu imóvel com condições especiais e os melhores planos do mercado !

Residencial Acácia

Localizado no Loteamento Serrote Branco I, com rede de água e energia.

Descrição do Imóvel

Garagem

Sala de Estar

Cozinha Americana

Dois Dormitórios

Bwc Social

Área de Serviço

Jardim

Valor do imóvel : R$ 120.000,00 (Financiamento Pelo Programa Minha Casa, Minha Vida).

Central de Vendas : 84 - 9.9613 - 3482 / 84 - 9.9905 - 0393