NOTA DE REPÚDIO DOS PROFESSORES DO ANTÔNIO ALADIM

08:35:00

Nós, professores da Escola Estadual Antônio Aladim de Araújo, localizada na zona norte do munícipio de Caicó (RN), não comparecemos à abertura da Jornada Pedagógica 2018, ofertada pelo Governo do Estado do RN, através da 10ª DIREC, como sinal de protesto ao tratamento dado à escola neste último ano: descaso.

É de conhecimento de todos que, desde março de 2017, nossa escola foi interditada por oferecer riscos à integridade física dos alunos, professores e funcionários.  Com a promessa de uma reforma, passamos a dividir o espaço físico com outra instituição de ensino no centro da cidade, o que gerou uma série de conflitos, desde a locomoção dos alunos até a administração de duas escolas em uma.

Praticamente um ano depois, nossa escola permanece ignorada pelo atual Governo do Estado e, apesar de não sabermos onde acamparemos este ano, temos aproximadamente 600 alunos matriculados que têm o direito a uma escola.

O ano letivo está para começar e o governo se exime da obrigação de solucionar nossa situação, atribuindo a responsabilidade a um, depois a outro e a ninguém, com uma estrutura governamental totalmente desconexa e fragmentada. Por isso, tendo em vista que o tema da Jornada Pedagógica consiste em “A arte de tecer a gestão”, sugerimos que o Governo do Estado aprenda também tal ofício de tecelagem para que possa, de fato, nos dar os direcionamentos pedagógicos que precisamos.

Portanto, deixamos aqui nossa indignação e repúdio ao modo indiferente como o governo tem tratado a educação, os professores, alunos e comunidade, em especial, da Escola Estadual Antônio Aladim de Araújo. Exigimos esclarecimentos, respostas e ações concretas. Chega de falsas promessas!

Leia Também...

0 comentários