Federação Nacional prevê falta de combustível a partir desta quarta-feira

12:38:00

O protesto dos caminhoneiros contra tributos no diesel que elevam os custos para a categoria entrou no terceiro dia nesta quarta-feira (23), ameaçando o abastecimento de combustíveis em postos e aeroportos a partir de hoje.

“Os postos têm capacidade de armazenamento em média de três dias. Parece que já tem revendedor com os estoques no final. A partir de hoje provavelmente a situação se agrava”, afirmou hoje o presidente da Fecombustíveis (Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes), Paulo Miranda Soares.

O protesto dos caminhoneiros ocorreu em mais de 20 Estados do país na terça-feira e continua nesta quarta-feira, conforme a associação que organiza o movimento dos caminhoneiros autônomos do país, a Abcam.

Segundo o presidente da Fecombustíveis, que representa os postos de abastecimento no país, “em vários locais os caminhões-tanques não estão conseguindo passar” para abastecer postos e distribuidoras.

Leia Também...

0 comentários