"ESTAMOS EM GUERRA" : RN ACUMULA MAIS DE 7.300 ASSASSINATOS NESTES 3 ANOS E SETE MESES DO ATUAL GOVERNO

06:28:00


Mais de 7.300 pessoas já foram assassinadas em todo o Rio Grande do Norte somente nestes três anos e sete meses do atual governo estadual. O cenário assustador é revelado por números disponibilizados nesta semana pelo Observatório da Violência (OBVIO).


Atual governo registra 1.646 assassinatos a mais do que o anterior

Um levantamento disponibilizado nesta semana pelo Observatório da Violência (OBVIO) dá conta de que em três anos e sete meses do atual governo estadual, já aconteceram 7.378 assassinatos em todo o Rio Grande do Norte. Segundo o Obvio, são 1.646 crimes a mais do que os ocorridos nos quatro anos da gestão anterior.

Os números do Observatório apontam que o governo passado registrou 5.732 crimes contra a vida. As estatísticas da entidade fazem ainda um comparativo entre as duas gestões. Os dados mostram que no primeiro ano do atual governo foram 1.670 crimes, contra 1.070 do anterior.

No segundo ano, foram 1.996 mortes na atual administração executiva potiguar, contra 1.225 da gestão passada. Já no terceiro ano do atual governo, o Obvio dá conta de 2.408 assassinatos, contra 1.665 no anterior.

E as estatísticas da entidade mostram ainda que 1.772 pessoas foram mortas no quarto último ano da gestão passada, contra 1.304 nestes sete meses neste quarto último ano de mandato do atual governo.

Assassinatos no RN aumentam mais de 30% de 2015 para 2018

O número de assassinatos no Rio Grande do Norte cresceu mais de 30% de 2015 para 2018. O dado também é do Observatório da Violência (OBVIO), que registra mais de 1.300 crimes somente nestes pouco mais de sete meses deste ano.

Segundo o Obvio, de 2015 para 2018, o aumento na quantidade de mortes no estado foi de 30,6%. Entre 1° de janeiro e 16 de agosto de 2015, foram 1.000 casos, seguidos de 1.224 em 2016, 1.533 em 2017 e 1.306 em 2018.

O comparativo da entidade permite observar um crescimento de 22,4% no número de assassinatos de 2015 para 2016. E de 2016 para 2017, o aumento foi de 25,2%. Já de 2017 para 2018, o Estado registrou uma queda na quantidade de crimes: 14,8%.


O ranking das cinco cidades mais violentas é completado por Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e Ceará-Mirim.


Por Fábio Vale / Jornal de Fato

Material publicado na edição impressa deste domingo (19) do JORNAL DE FATO.

 

Leia Também...

0 comentários