MORRE SEGUNDO MILITAR DO EXÉRCITO EM OPERAÇÃO NA ZONA NORTE DO RIO

08:03:00

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Mais um militar do Exército morreu no final da tarde de hoje (20) durante operações contra o crime organizado nos complexos do Alemão, da Penha e Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A informação foi confirmada há pouco pelo Comando Militar do Leste (CML), mas a identidade do militar ainda não foi divulgada.

De acordo com balanço da operação do comando conjunto das Forças Armadas, que começou na madrugada de hoje, com as polícias Civil e Militar, o cabo do Exército Fabiano de Oliveira Santos morreu, após ser atingido no ombro por um tiro de fuzil. Ele foi o primeiro militar do Exército morto no contexto da intervenção federal na segurança pública do Rio, iniciada em fevereiro deste ano.

O presidente Michel Temer lamentou a morte de Fabiano. Em sua conta no Twitter, Temer prestou homenagem aos serviços do soldado: “A minha solidariedade à família do Cabo Fabiano que lamentavelmente faleceu hoje durante operação da Intervenção Federal no Rio de Janeiro. O Brasil agradece ao militar que dedicou a própria vida por um país melhor”, escreveu, na rede social.

Na mesma ação, na localidade conhecida como Serra da Misericórdia, no Complexo do Alemão, o soldado do Exército Marcus Vinicius Viana Ribeiro ficou ferido com um tiro na perna. De acordo com o Exército, o caso do soldado é de média complexidade. De acordo com o comando conjunto, o estado de Ribeiro “inspira cuidados, porém o militar não corre risco de morrer”. O soldado está internado no Hospital Central do Exército (HCE).

Há pouco, o coronel Carlos Cinelli, porta-voz do Comando Militar do Leste (CML) confirmou a morte de outro militar do Exército em confronto no Complexo da Penha, no final da tarde. A identidade da vítima não foi revelada.

BG / PLANTÃO CAICÓ

Leia Também...

0 comentários