Fusão entre Boeing e Embraer continua, diz Bolsonaro

08:00:00


O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) afirmou  que dará permissão para a continuidade da fusão entre a Boeing e a Embraer.

"Fusão da Embraer com a Boeing continua. Sem problema nenhum", afirmou Bolsonaro a jornalistas durante uma coletiva de imprensa no Rio.

Jato comercial E190 da Embraer
ANTÔNIO MILENA/ABR
Vender Embraer para a Boeing fere soberania nacional, diz sindicalista
Durante a campanha eleitoral o presidente eleito já havia dito que daria apoio para a continuidade do processo de fusão.

A Embraer não é uma das mais importantes empresas brasileiras e uma das maiores do mundo no setor de aviação civil. A empresa também mantém projetos militares, como o avião KC-390. A possível fusão excluiria os projetos de defesa.

O empresa não é estatal e o governo é acionista minoritário no empreendimento. No entanto, mesmo não sendo dono das maior parte das ações o governo possui a chamada "golden share", o que lhe assegura direito de voto nas decisões da companhia.

Bolsonaro também afirmou na coletiva que a Petrobras deveria fazer parcerias e vender algumas de suas áreas.

Leia Também...

0 comentários