domingo, 11 de março de 2018


Escândalo envolvendo o governador Robinson Faria e que pode ter desviado R$ 50 milhões será destaque neste domingo no fantástico



O repórter Eduardo Faustini, do Fantástico da Rede Globo, relata neste domingo (11), o escândalo que pode ter desviado R$ 50 milhões dos cofres públicos do RN, que tem como investigados o atual governador Robinson Faria (PSD) e o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Ricardo Motta (PSB).

O quadro “Cadê o Dinheiro que Tava Aqui ?”, do Fantástico abordará as Operações DAMA DE ESPADAS e CANDEEIRO.

Na matéria que vai ao ar nesta noite, o Fantástico vai mostrar um vídeo de uma ação monitorada pelo Ministério Público que mostra um 'amigo' do governador Robinson Faria tentando comprar o silêncio da da delatora e ex-procuradora, Rita das Mercês(presa na Operação Dama de Espadas).

BÊBADO CHAMA UBER, ACORDA EM OUTRO ESTADO E PAGA R$ 5 MIL


O uso de carros de aplicativos para voltar para casa após uma noite de bebedeira é uma alternativa bastante comum e simples, mas que também exige seus cuidados, como percebeu a duras penas o americano Kenny Bachman. A desatenção durante a embriaguez rendeu a ele uma conta de mais de R$ 5 mil, depois de solicitar um Uber e, ao acordar, perceber estar em uma viagem interestadual, de mais de 400 quilômetros de distância.


Noite de bebedeira custou caro para jovem americano (Imagem: NJ.com)

O jovem estava em uma festa de estudantes da Universidade da Virgínia Ocidental, na cidade de Morgantown. Após beber a noite inteira, ele chamou um Uber que o levaria até o hotel em que estava hospedado, a poucos quilômetros dali. Bachman relata que sua última lembrança é de estar em um bar e, na sequência, acordar no banco traseiro de uma van a serviço do aplicativo, sendo informado pelo motorista sobre a chegada ao destino, a cidade de Nova Jérsei, em menos de uma hora.

Foi, basicamente, uma sequência de enganos. Em vez de chamar um carro da categoria X, que existe inclusive no Brasil e tem tarifas mais baratas, o jovem solicitou um UberXL, serviço com vans grandes e confortáveis, para grandes grupos. Além disso, pode ter selecionado o destino errado.

Bachman disse não ter ficado nervoso ao acordar, mas perguntou ao motorista porque não havia sido questionado sobre o destino. Isso se deve, possivelmente, ao costume de realizar viagens desse tipo, uma vez que a categoria é voltada, justamente, para fins como estes. Além disso, é claro, a embriaguez deve ser um fator a ser levado em conta.

No final das contas, a viagem, que pelo UberX seria de aproximadamente US$ 820, acabou custando US$ 1.635, aproximadamente R$ 5.300. Ele não teve opção a não ser pagar a corrida, fazendo isso em dinheiro após uma visita a um caixa eletrônico, de forma que o motorista pudesse realizar a viagem de volta, pagando pedágios no caminho até Morgantown.

O jovem admitiu o erro e chegou a dar uma avaliação de cinco estrelas para o motorista. Entretanto, abriu uma disputa junto à Uber por conta dos valores cobrados. Ele alega não ter inserido o endereço de sua casa, pois sabia estar em outra cidade. Em resposta, a empresa afirmou que destinos de corridas não são fixados de forma automática e que Bachman precisaria ter feito essa seleção durante a solicitação da corrida. Ele não foi reembolsado.

Os envolvidos não entraram em detalhes sobre a questão, mas dá para entender mais ou menos como ela aconteceu. O jovem pode ter o endereço de sua casa registrado como preferencial no aplicativo, e mesmo que não, a Uber ainda assim mantém destinos frequentemente usados como sugestões na hora de pedir uma corrida. Bastou um clique errado para que o engano acontecesse, levando Bachman em uma viagem interestadual bastante cara.


PROMOÇÃO DE BERMUDAS NA LK MULTIMARCAS





Bermudas de R$ 35,00 à vista 

nos tamanhos 36 ao 46

LK MULTIMARCAS

fica na loja

EDISOM CAICÓ

Avenida  Renato Dantas, 643 centro - Caicó/RN

Whatsapp 84. 9.9927-8030

fixo 3421-3028

Redes sociais: @LkMultimarcas

Por trás do Banco do Nordeste, próximo a Pague Menos 

Horário de funcionamento 07:30 as 12:00 e 14:00 as 17:30

Comtrabando causa prejuízo de R$ 350 bilhões ao país nos últimos 3 anos

Nos últimos três anos, o contrabando causou prejuízos de quase R$ 350 bilhões ao país. Em Mato Grosso do Sul, a entrada desses produtos é pelas cidades que fazem fronteira com a Bolívia e o Paraguai.

Os quatro galpões da Receita Feral em Mato Grosso do Sul estão lotados. No local tem eletrônicos, cosméticos, pneus.

De 2015 a 2017, o prejuízo do país com o contrabando e o descaminho foi estimado em R$ 345 bilhões, o que equivale a 25 anos de arrecadação de Mato Grosso do Sul.

“O contrabando afeta diretamente a vida do trabalhador. E o contrabando espalha produtos sem a menor qualidade”, diz o presidente do Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras, Luciano Barros.

O galpão mais lotado da Receita em Mato Grosso do Sul é o de Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai. Ali tem, pelo menos, R$ 300 milhões em mercadorias apreendidas. Uma chama a atenção. É um carro. Ele foi pego agora, no começo do ano. Para importar legalmente o dono teria que gastar, mais ou menos, R$ 1 milhão.

No Paraguai custa cerca de metade disso. Mas como os procedimentos não foram feitos ele agora está no galpão, empoeirando até que a justiça decida o que fazer com ele.

O maior volume de contrabando continua sendo o de cigarros. Só este ano a Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso do Sul flagrou três quadrilhas de contrabandistas que tinham sido presas pouco tempo antes.

Em um dos caminhões foi encontrado um documento. É uma nota de culpa, um registro da prisão do motorista em 27 de janeiro. Ele voltou para o crime depois de ser solto em poucos dias.

“Isso com certeza causa uma certa sensação de frustração no policial”, afirma Tercio Baggio, inspetor da PRF/MS.

O projeto de lei aprovado na Câmara endurece as penas para os contrabandistas. Além de perder o veículo e a mercadoria, o juiz vai poder cassar, por cinco anos, a carteira de habilitação do motorista já na audiência de custódia.

“Esses motoristas que são aliciados pelo crime, são atraídos para a prática desse crime, no sentido de que eles vão começar a pesar que a consequência pode ser muito pesada, afinal de contas ter a CNH cassada significa que você está afastado da sua vida profissional, você encerrou ali, praticamente, a tua carreira como motorista”, explica Tercio Baggio.

As empresas que foram flagradas vendendo, transportando, distribuindo ou recebendo mercadorias ilegais podem ter o registro de funcionamento cancelado também por cinco anos. Depois da aprovação pelos deputados o projeto agora vai ao Senado.

APÓS UM ANO, TRANSPOSIÇÃO DO SÃO FRANCISCO JÁ RETIRA UM MILHÃO DE PESSOAS DO COLAPSO





Foi aos 45 minutos do segundo tempo. Após seis anos de seca, o açude Boqueirão, única fonte de abastecimento de Campina Grande (PB), registrava apenas 2,9% de sua capacidade —o nível mais baixo desde a inauguração, em 1957, pelo então presidente Juscelino Kubitschek.

“Só tinha água duas vezes por semana. Enchia uns bocados de baldinho, porque não podia comprar a caixa-d’água”, lembra a pensionista Teresinha Peres, 77. “E cheirava horrível, tinha um mau gosto.”

À beira do abismo, a ansiedade dos campinenses era enorme quando a água do São Francisco chegou ao Boqueirão, em 18 de abril de 2017. Levou 38 dias para encher os 110 km de leito seco do rio Paraíba entre o açude e o final do canal da transposição do Eixo Leste, inaugurado um ano atrás.

PERDI A CHAVE DO CARRO, E AGORA ?




"Tenha sempre uma ou duas chaves reservas do seu veiculo, assim você evita dor de cabeça e principalmente dor no BOLSO!"

Em Caicó você tem a Caicó Auto Chaves.

Chaves codificadas para automóveis nacionais e importados.

Observação  !!

 
Consertamos módulos de Air Bag e ABS !!

 
Consertamos buzina de toyota hilux e corola em geral !!

Contatos - 84 - 9. 9668-8485

WhatsApp - 84 - 9.9945-5859