sexta-feira, 18 de maio de 2018


Morte de Sargento da PM pode ter partido do crime organizado e a motivação pode ter sido o trabalho de evangelização desenvolvido por ele em favela



O Delegado da Divisão de Homicídios de Mossoró, Rafael Arraes acredita que a morte do Sgt Luiz Valdecio Faustino, crime ocorrido no dia 23 de março passado na Rua Francisco Romualdo, próximo ao muro do Aeroporto em Mossoró, esteja completamente esclarecido. Um dos suspeitos “Adolescente” foi detido na Favela do Ouro Negro, poucos dias após o crime e exames realizados por peritos da Força Nacional, comprovaram que a pistola apreendida com ele, foi à mesma utilizada para matar o militar.

De acordo com o delegado, durante o trabalho de investigação desenvolvido pela especializada, os agentes conseguiram imagens de câmeras de segurança que mostram o “Sgt Valdecio” saindo de motocicleta da região do Ouro Negro e sendo seguido por dois elementos numa motocicleta, até o local onde foi morto.

Na conversa que teve com a imprensa de Mossoró na manhã de hoje, 18, Rafael Arraes disse que as investigações apontam como motivação para o crime, o trabalho de Evangelização desenvolvido pelo Pastor, Valdecio na comunidade do Ouro Negro. Além da missão de Pr Evangeliszador, Valdecio também era Sgt da reserva da policia militar e sua presença estava incomodando os criminosos que dominam a região.

Ainda segundo o delegado, poucos dias da morte do Sgt Valdecio, alguns suspeitos e criminosos foram presos na região e os comandantes do crime organizado mandaram a ordem pra proibir a presença de qualquer pessoa que não fosse morador do bairro. O crime só não teria acontecido no Ouro Negro, para não chamar a atenção da policia, segundo Arraes.

Brisanet divulga comunicado informando restabelecimento do serviço de Internet

Através de comunicado, a Brisanet Telecomunicações informou a clientela sobre a interrupção do sinal de internet devido ao rompimento de fibra vinda do Ceará. No comunicado é informado que o serviço ja foi restabelecido e está operando normalmente.

Confira o comunicado:

A Brisanet Telecomunicações informa que, entre as 21:45 e 00:30 da última noite (17), teve o seu sinal de internet interrompido em várias áreas nas quais atende devido ao rompimento de uma fibra, vinda de Fortaleza/CE, em dois pontos diferentes. Contudo, nesse momento, o serviço está operando normalmente.

A Brisanet lamenta pelas frustrações causadas aos seus assinantes e reafirma o seu compromisso em levar ao interior nordestino acesso à internet com qualidade.

Aos clientes que ainda estiverem sem acesso, por favor, entrem em contato com a nossa central de atendimento pelos telefones: 0800 281 3017, (088) 3447-6300, (084) 3317-8750.

Motocicleta com queixa de roubo é abandonada após assalto em Caicó

A moto Honda/CG Titan 150 ESD – 2012/2013 – preta de placa OKC 5491 de Caicó/RN foi abandonada após um assalto na manhã desta sexta-feira no bairro Paraiba. O veiculo foi roubada por volta de 11 horas da última terça-feira na estrada após mosteiro das clarissas na zona oeste de Caicó. A vitima, que é um pedreiro, contou que ia para casa almoçar quando foi rendido por três indivíduos, um deles armado e levaram o seu veículo.

A moto abandonada na manhã desta desta sexta-feira (19), foi usada no roubo de outra moto no bairro Paraiba.

Imagem : Caicó na Rota da Notícia

Cientistas identificam composto capaz de bloquear metástases de cânceres




Cientistas identificaram um composto que consegue impedir que diversos tipos de câncer se espalhem pelo corpo, num processo conhecido como metástase. Em testes com animais, a substância, batizada metarrestin, reduziu o número de tumores e também deu uma maior sobrevida a eles, abrindo caminho para atacar o processo antes que as células cancerosas saiam do alcance de outras terapias.


— Muitas drogas têm como objetivo impedir o crescimento do câncer e matar as células cancerosas — conta Juan Marugan, líder da equipe de pesquisadores do Centro Nacional para Avanços das Ciências Translacionais dos EUA e um dos coautores da descoberta, relatada em artigo publicado nesta quarta-feira no periódico científico “Science Translational Medicine”. – Mas não há uma única droga aprovada que tenha como objetivo tratar as metástases. Nossos resultados mostram que a metarrestin é um agente muito promissor neste sentido e devemos continuar a investigar seu uso contra metástases.

Segundo os pesquisadores, em pacientes a metarrestin pode vir a ser uma terapia eficiente depois de cirurgias para remoção de tumores. Como cânceres muito desenvolvidos são difíceis de serem totalmente extirpados nas operações, os médicos geralmente também administram quimioterapias para tentar matar qualquer célula cancerosa que tenha sido deixada para trás e evitar que a doença ressurja. Assim, a metarrestin pode se somar a este protocolo de tratamento.

A metarrestin funciona ao destruir um componente ainda pouco compreendido das células cancerosas chamado “compartimento perinuclear” (PNC, na sigla em inglês). Os PNCs só são encontrados em células de câncer, e em maior número nas células de cânceres em estágio avançado, quando ele já começou a se espalhar para outras regiões do corpo.


Diante disso, Sui Huang e colegas da Universidade Northwestern, também nos EUA e uma das coautoras do estudo, já tinham demonstrado que quanto mais células cancerosas com PNCs num tumor, maiores as chances da doença se espalhar. Eles então sugeriram que reduzir o número de PNCs poderia se traduzir em uma menor progressão do câncer, com potenciais resultados benéficos para os pacientes. Assim, para testar essa ideia, Huang abordou Marugan, especialista na triagem, química e desenvolvimento de novos compostos, avaliando mais de 140 mil moléculas quanto ao seu potencial de eliminar os PNCs nas células de cânceres em estágio avançado.


E embora quase cem compostos tenham demonstrado algum efeito neste sentido, só um de fato destruiu os PNCs e células de câncer de próstata. Animados, eles se uniram a pesquisadores da Universidade do Kansas em Lawrence, ainda nos EUA, para modificar a molécula de forma que ela funcionasse ainda mais efetivamente, chegando à metarrestin, que se mostrou capaz de também bloquear a disseminação de células de câncer no pâncreas.


Por fim, em colaboração com Udo Rudloff, cientista do Centro de Pesquisas sobre Câncer do Instituto Nacional de Saúde dos EUA, eles partiram para testar os efeitos do composto, inclusive sua toxicidade, em modelos de câncer no pâncreas em camundongos. Os experimentos comprovaram que a metarrestin evitou a metástase da doença ao interromper processos de fabricação de proteínas nas células cancerosas, com os animais tratados vivendo por muito mais tempo que os de controle, que não receberam a substância.

— As células de câncer se multiplicam rapidamente e precisam fabricar mais proteínas que as células saudáveis para realizar suas diversas atividades, inclusive a capacidade de se espalharem pelo corpo — explica Rudloff. — E ao interferirmos neste sistema, interrompemos as metástases.

Diante destes resultados promissores, os cientistas agora trabalham na obtenção de mais dados sobre o funcionamento da metarrestin em experimentos pré-clínicos de forma a torná-la uma real candidata a novo fármaco e conseguir autorização da Administração para Alimentos e Drogas dos EUA (FDA) para iniciar os testes com humanos.

O Globo

Entre no clima da copa com LK MULTIMARCAS

Pré venda através do direct no Instagram @LkMultimarcas

Não vai perder essa super oportunidade, vai?

Torcer para o Brasil com estilo, passando antes na LK MULTIMARCAS em Caicó!

Entre em contato e reserve agora mesmo a sua camisa da seleção com qualidade de primeira linha, com o preço imbatível igual a nossa seleção!

Avenida Renato Dantas, Centro de CAICÓ.

Mais informações : WhatsApp -   9.9927-8030

🛍 @LkMultimarcas