sábado, 1 de setembro de 2018


Bandeira vermelha nas contas de luz em setembro

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na tarde desta sexta-feira (31/8) a bandeira tarifária acionada para o mês de setembro: será a vermelha – patamar 2, com custo de R$ 5 a cada 100 quilowatts-hora (KWh) consumidos.

Diante desse fatores, o preço da energia elétrica no mercado de curto prazo, tecnicamente conhecido como preço da liquidação das diferenças (PLD), segue próximo ao valor máximo estabelecido pela Aneel para o ano de 2018, sem perspectiva de melhora significativa do risco hidrológico (GSF). O GSF e o PLD são as duas variáveis determinantes da cor da bandeira a ser acionada.

EM SEU ÚNICO PROGRAMA COMO CANDIDATO, LULA DEFENDE SEU NOME NAS URNAS

O primeiro programa eleitoral no rádio dos candidatos à Presidência da República foi ao ar às 7h deste sábado, 1º, ainda com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso e condenado na Operação Lava Jato, como um postulante ao Planalto nas eleições 2018.

Em sessão que terminou nesta madrugada, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou o registro da candidatura do petista e sua aparição na propaganda política como candidato. Contudo, autorizou a veiculação do programa do PT na rádio como programado antes do término do julgamento – ou seja com Lula como um presidenciável – dado o adiantado da hora em que a decisão foi tomada.

Os candidatos a presidente da República iniciam suas participações na propaganda eleitoral de rádio fazendo reforçando discursos a eleitores que tentam alcançar neste início de campanha no chamado palanque digital.

O Partido dos Trabalhadores dedicou seu espaço a exaltar a candidatura do ex-presidente, com a defesa da aposentadoria e do emprego. A propaganda do PT iniciou sua exposição afirmando que as Organizações das Nações Unidas (ONU) já tinham decidido “que Lula pode ser candidato e presidente do Brasil” – na verdade foi um comitê independe ligado à ONU. “Ele pode sim, em Curitiba o povo não arreda pé e não abandona Lula nem um minuto”, afirma a locução. Lula está preso em Curitiba desde abril.

Com o maior tempo de exposição, 5,32 minutos, a coligação formada pelos partidos PTB, PP, PR, DEM, SD, PPS, PRB, PSD e PSDB, que tem como candidato o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, fez críticas ao candidato do PSL, Jair Bolsonaro, que, nas simulações de cenário sem a presença de Lula nas pesquisas, lidera as intenções de voto. O locutor da campanha afirma que, em sua entrevista nesta semana no Jornal Nacional, da TV Globo, Bolsonaro admitiu que votou contra o direito das domésticas. “E ainda se orgulha!”, diz o locutor, que, na sequência, questiona: “Bolsonaro, o que você tem contra pobre?”.

A estratégia do PSDB é apostar no eleitor indignado, que hoje tende a caminhar com o candidato do PSL, mas que não está seguro com o discurso mais “incisivo” e “violento” do ex-capitão do Exército. As qualitativas do partido mostram que há espaço para crescer neste público não fidelizado de Bolsonaro. A mesma aposta tem a Marina Silva, da Rede, Henrique Meirelles (PMDB) e Ciro Gomes (PDT).

Ainda com relação a Bolsonaro, a propaganda do PSDB afirma que “as coisas não se resolvem na bala” e que “agir com ódio” não é a melhor solução. “Votar na base do ódio não dá certo, não é melhor votar em alguém mais equilibrado?”, diz o locutor.

Em sua propaganda, que tem apenas 8 segundos, Bolsonaro focou no slogan de sua campanha. “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”, declarou rapidamente o candidato, penúltimo na ordem de disposição das campanhas no rádio.

O horário eleitoral no rádio foi iniciado por Marina Silva que, também com tempo de exposição exíguo, exaltou as mulheres. “Juntas somos fortes. Essa luta é nossa”, afirma a candidata. Também com rápida participação, o candidato Cabo Daciolo (Patriota) priorizou a questão da corrupção. “Glória a Deus! Chega de escravidão, chega de corrupção.”

O candidato do MDB destacou sua experiência em governos anteriores como a qualidade necessária para “salvar o Brasil em momentos difíceis”. “Sempre sou chamado para resolver os problemas que os políticos não sabiam como resolver. Lula me chamou, o Brasil estava em crise, criamos dez milhões de empregos e programas importantes”, disse o ex-ministro da Fazenda. “Veio a Dilma, errou feio na economia e o novo governo (Temer) me chamou para arrumar a casa e evitar o colapso. Quero ser presidente para fazer as coisas certas desde o começo”, emendou.

Ressaltou ainda que “o mundo não se divide entre quem gosta e não gosta de Lula e FHC e sim em quem ajuda ou não ajuda”, acrescentando que nunca teve “processo na vida”.

O mote de regularizar a situação financeira da população foi o destaque da breve participação do candidato do PDT, Ciro Gomes, na propaganda de rádio, assim como o desemprego. “Temos 13 milhões de desempregados, 32 milhões de pessoas vivendo de bico e 63 milhões no SPC. Podemos mudar esse jogo”, declarou. “Tenho pouco tempo de TV, mas muitas ideias para mudar o Brasil”.

O programa do PSOL, do candidato Guilherme Boulos, criticou a emenda do teto dos gastos. “Vamos quebrar esse sistema”, diz a locução do programa. Já o PSTU, da candidata Vera Lúcia, afirmou que “as eleições são uma farsa”. João Amoêdo (Novo) afirmou que “se depender de mim, essa é a última eleição com propaganda eleitoral obrigatória”. João Goulart Filho (PPL) prometeu “recuperar o desenvolvimento e o orgulho de ser brasileiro”.

O candidato do Podemos, Álvaro Dias, em alusão à situação de Lula, disse que “tem gente viajando a Curitiba, minha cidade, para visitar a pessoa errada”. “Fui a Curitiba para homenagear a instituição certa, a Polícia Federal. Abre o olho!”, afirma Dias.

No espaço reservado para a Democracia Cristã, não houve participação direta do candidato José Maria Eymael.


Policia registra duplo homicídio na região do Seridó




Na noite dessa sexta-feira,(31/08), por volta das 22h, um duplo homicídio foi registrado em Santana do Matos. O fato aconteceu no bairro Santa Rosa (próximo à subestação da Chesf), saída para Jucurutu.

 

Alexsandro da Silva 18 anos, (o Pardal), estava de moto com sua namorada, Maria Suzana Ciriaco, 26 anos, quando foi surpreendido pelo atirador. Vários tiros foram efetuados vários contra o casal. Cápsulas de balas ficaram espalhadas pelo asfalto.

 

Ainda acreditando que poderiam ser socorridos, uma equipe de profissionais de saúde do município foi até o local de crime fazer o atendimento preliminar, contudo, os dois acabaram não resistindo aos ferimentos.

 

Alexsandro residia no bairro Alto da Boa Vista.. Há informações da polícia que remetem um certo envolvimento da vítima com o mundo das drogas. Caso será investigado pela policia civil da cidade.

Governo federal define o valor do salário mínimo para 2019

O governo federal elevou o salário mínimo para R$ 1.006,00 na proposta orçamentária para o ano que vem, que foi enviada nesta sexta-feira (31) para o Congresso Nacional.

A lei de diretrizes e bases, aprovada pelo Congresso no primeiro semestre, trazia o valor do salário mínimo de R$ 998,00.
O projeto divulgado pelo Ministério do Planejamento manteve a estimativa de crescimento do PIB em 2019 em 2,5% e inflação em 4,5% para o ano que vem.

Ficou de fora do Orçamento o reajuste dos servidores do Executivo, que havia sido anunciado na quarta-feira (29) pelo presidente Michel Temer.

A medida representa um recuo do governo devido à dificuldade em fechar as contas públicas. A previsão é de deficit de R$ 139 bilhões para o ano que vem.

O adiamento se deu diante da pressão da equipe econômica, que argumentava falta de espaço nas contas públicas para garantir salários maiores para os servidores. A estimativa do governo é de deficit de R$ 139 bilhões para o ano que vem.

Pelos cálculos do Ministério do Planejamento, o adiamento do reajuste dos servidores vai gerar uma redução de R$ 6,9 bilhões nos gastos do governo em 2019, abrindo espaço fiscal.

A proposta orçamentária para o ano que vem será protocolada no Congresso Nacional na tarde desta sexta e na próxima semana deverá haver uma cerimônia para oficializar o ato.

O Legislativo está em recesso informal devido ao período eleitoral, mas deve realizar sessão na primeira semana de setembro.

PERDI A CHAVE DO CARRO, E AGORA?





"Tenha sempre uma ou duas chaves reservas do seu veiculo, assim você evita dor de cabeça e principalmente dor no BOLSO!"

Em Caicó você tem a Caicó Auto Chaves.

Chaves codificadas para automóveis nacionais e importados.

Observação  !

Consertamos módulos de Air Bag e ABS !!
Consertamos buzina de toyota hilux e corola em geral !!

Contatos - 84 - 9. 9668-8485

WhatsApp - 84 - 9.9945-5859