sexta-feira, 7 de setembro de 2018


Governo do RN nomeia servidores aprovados em concurso para o ITEP



O governo do Rio Grande do Norte nomeou 164 novos servidores para cargos efetivos no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), conforme ato publicado no Diário Oficial do Estado nesta sexta-feira (7). A medida atende a uma determinação da Justiça. Os servidores ocuparão cargos de agente de necrópsica, agente técnico forense, perito criminal, perito médico legista e merito médico psiquiatra.

Com a medida, o governo atendeu a recomendação da 70ª Promotoria de Natal, publicada em 31 de agosto, que lembrou ao Executivo que já havia sentença transitada em julgado homologando termo de acordo celebrado entre o Ministério Público e o Estado do Rio Grande do Norte para provimento de cargos do quadro de pessoal do Itep, mediante a realização de três concursos públicos. O prazo para a nomeação dos aprovados no primeiro dos três concursos públicos expirou em 31 de julho passado.

O MP ainda afirmou que a nomeação dos candidatos aprovados no concurso público, “ainda que no transcurso dos três meses que antecedem as eleições e dos 180 dias anteriores ao final do mandato, é não apenas legítima e, portanto, imune a qualquer sanção, mas sobretudo obrigatória”.

Os nomeados e as providências a serem tomadas podem ser conferidas no próprio ato (aqui)

G 1 (RN)

Diretor da PF vai se reunir com equipes de presidenciáveis no sábado


O diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, virá a Brasília amanhã (8) para se reunir com as equipes de campanhas dos presidenciáveis. O encontro está marcado para as 16h na sede da instituição.

A expectativa é definir um reforço na segurança dos candidatos à Presidência. A iniciativa responde a uma determinação do presidente Michel Temer que pediu ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, maior atuação da Polícia Federal depois do ataque sofrido pelo candidato do PSL, Jair Bolsonaro.

De acordo com a assessoria da PF, desde o início da campanha, todos os presidenciáveis têm à disposição uma equipe de agentes integrados ao pessoal de segurança da campanha. A proposta agora é oferecer um contingente maior de policiais para o trabalho.

Temer também pediu empenho nas investigações sobre o ataque a Bolsonaro. Um envolvido – Adelio Bispo de Oliveira, de 40 anos – foi detido logo após o ataque e encaminhado à Delegacia da Polícia Federal em Juiz de Fora (MG).

Hoje (7), Adelio foi transferido para um centro de detenção provisória e deve ser ouvido por um juíz federal até o final do dia. A PF prendeu outro suspeito que prestou depoimento, mas já foi liberado. De acordo com a PF, as investigações continuam. Não há confirmações sobre a participação de outras pessoas, mas o trabalho dos agentes é feito sob sigilo.

Ataque

Na tarde de ontem (6), o candidato Jair Bolsonaro recebeu uma facada no abdomen enquanto participava de um ato de campanha na cidade de Juiz de Fora (MG). Ele foi operado para estancar uma hemorragia em veia abdominal, teve o intestino delgado costurado e parte do intestino grosso retirada. Ele também foi submetido a uma colostomia e, em até dois meses, terá de ser operado novamente. Na manhã de hoje (7), ele foi transferido para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Em Mossoró, militantes se unem em oração pela saúde de Jair Bolsonaro


Os apoiadores do candidato à Presidência da República pelo Partido Social Liberal – PSL, Jair Bolsonaro, se reuniram na noite desta quinta-feira, 6, em um ato de fé pela saúde do presidenciável. De mãos dadas, eles fizeram um círculo na Praça do Teatro e oraram pela sua recuperação.

O ato foi mobilizado pelo candidato a deputado estadual do PSL-RN, Dr. Daniel e membros do Movimento Direita Mossoró. Após o ato, eles discutiram as ações que serão realizadas em defesa da candidatura de Jair Bolsonaro na cidade.

"Um momento para refletirmos e discutirmos sobre o inimigo que estamos combatendo. É inadmissível que possamos ver cenas como essa se repetindo, onde a intolerância, o ódio e a agressão tomem o lugar do debate democrático de ideias", afirmou Dr. Daniel.

Jair Bolsonaro ferido por um homem com um golpe de faca durante campanha no Centro da cidade, na tarde desta quinta-feira (06).

Ismael Sousa