quinta-feira, 22 de novembro de 2018


Em visita ao Deputado Nelter, Marcos do Manhoso viabiliza R$ 200 mil em emenda para Caicó


O prefeito de Caicó Marcos do Manhoso fez também uma visita de cortesia ao gabinete do deputado Nélter Queiroz que conseguiu R$ 100 mil  em emenda para o carnaval e R$ 100 mil para construir uma passagem molhada que liga o bairro Samanaú a Ilha de Santana. O Secretário de Turismo Paulo Jorge Dantas também acompanhou a reunião.

Black Friday Brisanet

Promoção válida para os serviços ativos na sua Cidade.

Promoção válida apenas para o dia 23 e 24 de Novembro.

O desconto de 100% no novo serviço é apenas na primeira mensalidade.

O desconto referente ao telefone fixo, refere-se somente a mensalidade (franquia do pacote contratado), o cliente paga o valor excedente ao plano.

Contrate um ou mais serviços e ative o Brisa Móvel o com uma recarga a partir de R$19,99 e ganhe a instalação referente a fibra óptica.

Os benefícios da promoção velocidade em dobro permanecem ativas na Black Friday Brisanet.

Cliente da base que adquirir um novo serviço, terá desconto aplicado apenas na contratação de novos serviços.

UFRN é condenada a pagar R$ 200 mil de indenização por danos morais em erro médico


A Universidade Federal do Rio Grande do Norte foi condenada a pagar indenização de danos morais no valor de R$ 200 mil por erro médico ocorrido na Maternidade Escola Januário Cicco. A denúncia recaiu sobre procedimento conduzido pela equipe médica vinculada à Maternidade Januário Cicco.

Segundo o relato da parte autora, Sara Epaminondas Alves, o parto seria normal, mas terminou sendo cesáreo. Durante a cirurgia ocorreram complicações e o bebê ficou com seqüelas de hipóxia neonatal (falta de oxigenação).

A Juíza Federal Moniky Mayara Costa Fonseca acolheu a preliminar de ilegitimidade das médicas processadas, já que pela Constituição Federal prevê ¿a responsabilidade das pessoas jurídicas de direito público pelos danos causados por seus agentes a terceiros, assegurado o direito de regresso contra o servidor público responsável nos casos de dolo ou culpa grave¿.

A magistrada destacou que ficou provado nos autos o erro médico. ¿Embora a perícia realizada pelo médico obstetra tenha concluído que os profissionais da Escola Maternidade Januário Cicco seguiram todos os protocolos clínicos da área de obstetrícia, o prontuário médico e os depoimentos colhidos na audiência de instrução e julgamento apontam que houve uma falha da equipe médica na condução do parto, que não pode ser atribuído a um momento específico, mas a uma cadeia de acontecimentos que culminou com o sofrimento fetal (hipóxia neonatal) e, por conseguinte, com o quadro de paralisia cerebral¿, escreveu a magistrada na sentença.

A Juíza Federal analisou que a paralisia cerebral da criança, decorrente da falta de oxigenação, poderia ter sido revertida se a equipe médica tivesse realizado um acompanhamento mais efetivo e o parto cesariano logo após ter sido constatada taquicardia do bebê.

Ministério garante que Barragem de Oiticica será concluída em 2019

Em reunião com a governadora eleita, senadora Fátima Bezerra, o secretário executivo do Ministério da Integração, Gustavo Canuto, garantiu a liberação de R$ 239 milhões para a Barragem de Oiticica e afirmou que a obra será concluída em 2019. Participaram também da reunião o futuro senador Jean-Paul Prates, a deputada e senadora eleita Zenaide Maia e o secretário de Recursos Hídricos do RN, José Mairton Figueiredo de França.

Fátima ressaltou a necessidade da liberação de R$ 56 milhões, recursos oriundos de emenda parlamentar de bancada para o Orçamento deste ano. “Fiquei muito satisfeita com as notícias que recebemos nesta tarde, uma vez que teremos a possibilidade de inaugurar a obra no nosso primeiro ano de governo. Desde 2013, venho batalhando, aqui em Brasília, para a liberação e conclusão da obra”, disse.

Gustavo Canuto garantiu que a pasta vai agilizar os documentos encaminhados pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS, para a liberação dos recursos da emenda de bancada ainda este ano.

Caicoense foragido da justiça é preso na manhã desta quinta-feira

Na manhã desta quinta-feira (22), Políciais Militares do 6° BPM conseguiram prender o foragido da justiça, Fagner Wanderlan Santino de 33 anos.

Cheiro como é mais conhecido, caminhava no bairro Soledade quando foi  capturado por uma guarnição de rádio patrulha. O mesmo foi conduzido para Delegacia de Polícia Cívil e em seguida será encaminhado para o Presídio Pereirão em Caicó.

Fagner reponde por um crime de homicídio praticado anos atrás no Bairro Paraiba em Caicó.

Mais Médicos recebe 3 mil inscrições em três horas


Com mais de 1 milhão de acessos simultâneos, página do Programa saiu do ar. Ministério da Saúde fala em "ataques cibernéticos"

O Ministério da Saúde informou ter recebido 3.336 inscrições nas primeiras três horas de abertura do sistema para as inscrições no programa Mais Médicos.

Foram registrados mais de 1 milhão de acessos simultâneos pela manhã. De acordo com informações oficiais, o “volume é característico de ataques cibernéticos”, visto que o número de médicos em atuação no país não chega aos 500 mil.

Dos R$17 milhões de restos a pagar de 2017, parte é no setor de iluminação pública que resultou nas operações Blecaute e Tubérculo do MP

Dos mais de R$ 17 milhões de reais de restos a pagar ficaram ao final de 2017 do primeiro ano da gestão Batata Araújo, um valor é emblemático: R$363.262,73. Este é o montante de restos a pagar do déficit da COSIP.

Chama a atenção pelo fato de ser justamente a área que foi o foco do Ministério Público do Rio Grande do Norte e que ocasionou a deflagração da Operação Blecaute e na sequência, operação tubérculo que prendeu e afastou do cargo o prefeito Batata.

Na operação Blackout, realizada no mesmo ano de 2017, só que no mês de agosto, e que apura superfaturamento e pagamento de propina para manutenção do contrato de iluminação pública em Caicó.

Segundo o MP, Robson Araújo chegou a receber R$ 70 mil reais em propina por meio de um esquema fraudulento no setor de iluminação pública do município. Ainda de acordo com os promotores, o envolvimento do chefe do poder Executivo com o esquema fraudulento começou antes mesmo de ele ser empossado, em novembro de 2016.

A investigação sobre a participação do prefeito foi iniciada após um acordo de delação premiada ter sido firmado entre os empresários Allan Emannuel Ferreira da Rocha e Felipe Gonçalves de Castro, presos na operação Cidade Luz, com o MP.

Nas delações, Allan Emannuel e Felipe Gonçalves admitiram que negociaram com Robson Batata, como o prefeito é conhecido, a continuidade da prestação dos serviços de manutenção da iluminação pública mediante pagamento de propina. Eles batizaram de ‘lâmpada’ cada pagamento de R$ 1 mil que era efetuado. Entre as provas, os empresários apresentaram aos investigadores trocas de mensagens com o chefe do poder executivo.

Somente após a deflagração da Operação Blecaute, que o contrato com a empresa foi cancelado, e, com o cancelamento, fez com que os recursos voltassem a ter saldo positivo.

Toda a peça processual, incluindo as provas que estão ainda em segredo de justiça, estão de posse dos vereadores de Caicó, para que “tomem as medidas cabíveis”.

Por Suébster Neri

LK MULTIMARCAS

Novas bermudas Importadas floral, ótima qualidade. Hoje disponível em nossa loja. Tamanhos 38 ao 48.

4x Valor R$ 22,50
No cartão

LK MULTIMARCAS
9.9927-8030