Reajuste da conta de luz será menor em 2019


Após dois anos com forte alta na conta de luz, o país vai passar por reajustes abaixo das taxas de dois dígitos, como ocorreu em 2017 e 2018.

Neste ano, o preço da energia elétrica deve ficar na média de 15% em relação a 2017, ano em que a alta chegou a 14%. Já em 2019, a tarifa deve ficar praticamente estável, com elevação média de 0,38%, segundo cálculo da TR Soluções, empresa de tecnologia especializada em tarifas de eletricidade, feito a pedido da Folha de S. Paulo.

Pelo cálculo, as distribuidoras do Nordeste terão a maior alta, com 3,09%, seguidas pelas do Centro-Oeste (2,13%) e do Sudeste (0,94%). No Sul e no Norte, a expectativa é de queda de -2,58% e -5,03%, respectivamente.

O aumento na conta de luz se dá, principlamente, pelo regime de chuvas fraco, que reduziu a capacidade de geração das usinas hidreléticas, a principal fonte de energia do país.

Folha de S.Paulo

Caminhão tomba entre os municípios de Serra Negra e Caicó


Na manhã desta quarta-feira (26), um caminhão Mercedes-Benz com placas de Campina Grande/PB, tombou na BR-427 entre os municípios de Caicó e Serra Negra do Norte. O condutor do veículo sofreu pequenos ferimentos pelo corpo e o caminhão ficou bastante danificado.

Imagem via WhatsApp

Policiais Civis do RN param por atrasos nos salários

Os agentes da Polícia Civil anunciaram através do seu sindicato que a partir desta quarta-feira (26) irão paralisar as atividades em todo estado do Rio Grande do Norte.

O movimento foi denominado de “Operação Zero 2” e tem como motivo os salários atrasados por parte do governo do estado.

Acidente provoca rompimento de adutora que abastece Caicó

Um acidente de trânsito tipo capotamento acabou provocando o rompimento da adutora que abastece Caicó. O sinistro ocorreceu na manhã desta quarta-feira (26), próximo ao Distrito de Laginhas em Caicó.

Ninguém ficou gravemente ferido, apenas danos materiais.

Oitivas marcadas para esta quinta serão remarcadas

As oitivas marcadas para esta quinta-feira (27) na Câmara de Vereadores de Caicó serão remarcadas. De acordo com a assessoria jurídica da Casa Legislativa, o denunciante Francisco da Silva Filho não se encontra em Caicó para participar da oitiva.

Seriam ouvidos amanhã nas oitivas os vereadores Zaqueu Fernandes, Rosângela Maria e Diogo Silva, o prefeito afastado Batata, além do vereador afastado Raimundo Inácio Filho (Lobão) e o senhor Edvaldo Pessoa de Farias. A assessoria jurídica ainda informa que a nova data será definida esta semana, durante os trabalhos da Comissão.

A Comissão Processante que apura possíveis práticas de irregularidades cometidas pelo prefeito Robson Araújo, afastado do cargo através da Operação Tubérculo, deflagrada pelo Ministério Público é presidida pela vereadora Ana Edna (Avante), tem como relator o vereador Alisson Jackson (PROS) e membro Maria Cleide (PP).

Novidades e promoções na LK MULTIMARCAS EM CAICÓ

CAMISETAS  POLO VIP R$ 29,90

BERMUDAS POLO VIP R$ 69,90

SHORT TACTEL POLO VIP R$ 38,00

GOLA POLO POLO VIP R$ 55,00

BONÉ POLO VIP R$ 35,00

BERMUDAS DADOS E RAFFS R$ 40,00

BERMUDAS GAJANG R$ 99,00

BERMUDAS FLORAL IMPORTADA R$ 79,00

PERFUMES  ESSÊNCIA FRANCESA R$ 20,00

RELÓGIOS A PARTIR DE R$ 15,00

CARTEIRAS IMPORTADA R$ 35,00

MI BAND 2 R$ 149,00

MI BAND 3 R$ 249,00

MESA PORTÁTIL MALETA R$ 299,00

T-SHIRTS MARCAS DIVERSAS R$ 39,90

MOCASSIM LOUIS VUITTON OU GUCCI R$ 119,00

GOLA POLO PRADA, BURBERRY, BROOKSFIELD, HUGO BOSS, LACOSTE E RESERVA.

CAMISA COM PROTEÇÃO SOLAR R$ 45,00

KIT 3 CAMISETAS R$ 49,90

KIT CAMISETA + BERMUDA R$ 60,00

Obs. Os valores acima são para pagamento à vista. Consultar o valor para parcelar no cartão na loja.

End. Av. Renato Dantas 633 Centro
Por trás do Banco do Nordeste em Caicó
Telefone : 84 9.9927.8030

Planalto diz que Temer pode mudar decisão e conceder indulto de Natal

A assessoria do Palácio do Planalto informou nesta terça-feira (25) que o presidente Michel Temer vai avaliar nesta quarta-feira (26) se concederá o indulto de Natal a presos.

Mais cedo, nesta terça, o próprio Palácio do Planalto disse que Temer não assinaria o decreto de perdão de pena.

Segundo o colunista do G1 Gerson Camarotti, interlocutores de Temer afirmaram que o presidente está "sensível" a argumentos da Defensoria Pública da União a favor da assinatura do decreto.

O órgão encaminhou um ofício nesta terça em que reforça o pedido para que o indulto seja concedido (veja mais detalhes abaixo).

A concessão do benefício é uma prerrogativa, prevista na Constituição, exclusiva do presidente da República.

O indulto é um perdão de pena e costuma ser concedido todos os anos em período próximo ao Natal. É destinado a quem cumpre requisitos especificados no decreto presidencial.

Se for beneficiado com o indulto, o preso tem a pena extinta e pode deixar a prisão.

G1