Caixa-preta mostra 'Clara semelhança' entre acidentes com Boeing Max, diz Etiópia

06:48:00

A análise da caixa preta do avião da companhia aérea Ethiopian Airlines, que caiu no último dia 10, mostra “semelhanças claras” com os dados da aeronave da Lion Air que caiu em outubro na Indonésia, disse o Ministério de Transportes da Etiópia neste domingo (17).

Nos dois casos, o modelo dos aviões era o mesmo, um Boeing 737 Max 8, o que levantou dúvidas sobre a sua segurança. Em ambos os acidentes, as aeronaves caíram pouco após a decolagem

“Foi a mesma coisa que no caso indonésio (da Lion Air). Até o momento, há claras semelhanças entre os dois acidentes”, disse um porta-voz do Ministério dos Transportes, Muse Yihevis.

“Os dados foram encontrados com sucesso. Tanto o tome americano como o nosso (etíope) confirmaram isso”, afirmou ele. “Teremos mais novidades em três ou quatro dias”.

O relatório completo sobre o caso, porém, deve sair apenas em 30 dias, informou o jornal The Wall Street Journal.

Por causa dos dois acidentes, diversos países do mundo acabaram proibindo o uso do 737 Max até que a Boeing consiga comprovar a segurança do modelo.

O voo da Ethiopian Airlines caiu próximo a Adis Abeba, capital da Etiópia, logo após decolar, matando todas as 157 pessoas que estavam a bordo.

Em 29 de outubro de 2018, o mesmo modelo de aeronave caiu próximo a Jacarta, matando também todas as 189 pessoas a bordo.

Reuters / BG

Leia Também...

0 comentários