Hospital Regional do Seridó manifesta indignação com a repercussão de fake news

06:52:00


A direção do Hospital Regional do Seridó - Telecila Freitas Fontes,  vem a público manifestar indignação com a repercussão de fake news e informações distorcidas  sobre o funcionamento desta importante unidade hospitalar da região.

Profissionais de saúde,  médicos, equipe de enfermagem, fisioterapeutas e  uma equipe de apoio e retaguarda atuam de forma qualificada e comprometida  diuturnamente na Unidade de Terapia Intensiva deste serviço, que apresenta estrutura física adequada e todo o suporte  necessário. Ademais a qualidade do serviço é atestada pelos indicadores hospitalares que revelam boa rotatividade de leitos, capacidade resolutiva e baixa taxa de mortalidade, sendo a metade do previsto pela Organização Mundial de Saúde.  Destacamos que o serviço é cenário de prática para residência em Clínica Médica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, bem como estudantes de medicina, Enfermagem e Odontologia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Em parceria com as Universidades,  a unidade hospitalar vem se modernizando e incorporando protocolo e tecnologias assistenciais em conformidade com as diretrizes do SUS, a exemplo da classificação de risco na porta de urgência, garantindo através de preceitos técnicos a acolhida a partir de protocolos técnicos e não por ordem de chegada.

Informamos que  a produção hospitalar   bem como taxa de mortalidade estão disponíveis para amplo acesso, e que em caso de informações distorcidas que maculem a imagem dos profissionais e da unidade em tela, serão tratados nos espaços devidos de responsabilização.

Respeito, transparência e compromisso com o serviço público é o nosso lema.

Estamos abertos a demais esclarecimentos, assim como também temos a ouvidoria para que as sugestões, reclamações e elogios cheguem até ao hospital.

Ouvidoria: 3232- 5385/ 3232-3536 (SESAP) – 136
ouvidoriahrsrn@gmail.com

Leia Também...

0 comentários