NO RN, PARA CADA PM EXISTE UM VIGILANTE DE EMPRESA PRIVADA

13:21:00



A elevação histórica dos indicadores da violência no Rio Grande do Norte, aliada a falta de efetivos e investimentos em segurança pública, abriu espaço a um fenômeno social e comercial: o crescimento dos serviços de segurança privada. De acordo com dados atualizados da Polícia Federal, o RN tem 6.812 vigias em atuação em 39 empresas regulamentadas. Isso significa que, para cada Policial Militar em atuação no Estado, há um vigilante. O ‘exército’ de seguranças privados, apesar de não substituir o trabalho de um policial, segundo análise de especialistas, é fundamental para não agravar a sensação de insegurança constantes.

Atualmente, entre praças e oficiais, a PMRN dispõe de 7.978 homens e mulheres, sendo 7.514 praças e 464 oficiais. Extraindo os que estão cedidos a outros órgãos e em licença médica, esse efetivo gira em torno de 6.500 pessoas. A Lei Complementar nº 449, de 20 de dezembro de 2010, diz que o estado deveria ter um efetivo de 13.466 policiais militares, sendo 12.791 praças e 675 oficiais. É quase o dobro do que realmente existe em atuação. É considerada a necessidade de se ter um policial para cada grupo de 250 pessoas.

Com a experiência de mais de 30 anos em segurança pública e 25 anos em segurança privada, o major Jorge Ferreira de Oliveira Filho, sócio da Feroli – Academia de Formação de Vigilante e Tiro, é categórico: a atividade policial não substitui a da segurança privada, e vice-versa.

Tribuna do Norte

Leia Também...

0 comentários