Após massacre em presídio, presos são mortos em caminhão durante transferência

14:15:00


Durante a transferência para Belém, mais quatro envolvidos na briga entre facções que resultou no massacre do presídio de Altamira foram mortos, de acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup). Com isso, o número total de mortos no confronto chega a 62.

Os detentos eram levados algemados dentro de um caminhão, dividido em duas celas, na noite de terça-feira (30). Os novos crimes ocorreram no trajeto entre os municípios de Novo Repartimento e Marabá. Na manhã desta quarta-feira (31), os corpos foram achados com sinais de sufocamento.

A Segup informa que os mortos "eram da mesma facção e viviam juntos na mesma cela" no Centro de Recuperação Regional de Altamira. "Foram comparsas no confronto entre facções. Durante o transporte, estavam algemados, divididos em quatro celas. A ação criminosa ocorreu entre 19 horas e 1 hora da manhã. Ao chegar a Marabá, os agentes encontraram quatro presos mortos por sufocamento em duas celas. Todos os 26 presos remanescentes serão colocados em isolamento. As razões deste fato lamentável estão sendo investigadas", explica. 

O caminhão tem quatro celas e a capacidade para até 40 presos -30 eram transportados no momento dos crimes. O Estado do Pará informou que não possui caminhão com celas individuais.

Leia Também...

0 comentários