PM que atropelou duas mulheres e duas crianças em Natal é solto em audiência de custódia

06:31:00



O policial militar que atropelou com sua motocicleta, nesta segunda-feira (18), duas mulheres e duas crianças na Zona Norte de Natal foi solto após audiência de custódia realizada nesta terça (19). O PM, que apresentava sinais de embriaguez, responderá em liberdade ao processo.

O juiz Guilherme Newton do Monte Pinto argumentou que não poderia converter a prisão em flagrante do policial em prisão preventiva, porque não havia justificativa jurídica. Isso porque, ainda segundo o magistrado, o homem tem bons antecedentes, é réu primário, foi detido por crime culposo (quando não se tem a intenção) e o delito não é de violência doméstica.

As vítimas esperavam para atravessar em uma faixa de pedestres na Avenida Itapetinga, no bairro Potengi, Zona Norte da capital potiguar, quando foram atropeladas. Foram atendidas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e três delas levadas para o Hospital Walfredo Gurgel. Uma das crianças teve uma fratura na perna.

O advogado do PM, João Antônio Cavalcanti, disse que seu cliente imaginou que estava sendo seguido por um assaltante no momento do acidente e perdeu o controle da motocicleta, atropelando as quatro pessoas em seguida.

Imagens de câmeras de segurança mostraram que ele subiu no canteiro central e em depois atingiu as duas mulheres e duas crianças. As vítimas saíam de uma escola que fica no Conjunto Santarém. De acordo com a assessoria da PM, o policial se negou a fazer o teste do bafômetro, mas foi feito um auto de constatação já que o condutor apresentava sinais de embriaguez.

G1



Leia Também...

0 comentários