Acusado de matar coronel morre em confronto com policiais na grande Natal

09:06:00




Após troca de tiros em Macaíba, na Grande Natal, Francisco Acson da Silva, acusado de matar o coronel Nunes, morreu no confronto com policiais, no começo da noite desse sábado.

Francisco Acson foi socorrido à UPA daquele município, por policiais que participaram da ocorrência, onde já chegou morto. Ele estava com um revólver calibre 38, com munições deflagradas e usava uma tornozeleira eletrônica.

Tornozeleira usada por Acson está sendo periciada
Tornozeleira usada por Acson está sendo periciada

Logo após o assalto que terminou com o assassinato do coronel PM Nunes, por volta das 16:25h desse sábado (28), fogos de artifício foram soltos no bairro de Mãe Luiza – que seriam em comemoração à morte do oficial de 63 anos. Desde então, a polícia passou a trabalhar com a hipótese, após obtenção de “informes”, que um dos participantes da ação criminosa seria Acson, conhecido como “Urêia”, morador daquela localidade, na zona Leste de Natal.

As diligências policiais continuam, pois existem outros suspeitos do assalto foragidos. Autoridades policiais estão fazendo uma varredura nas informações contidas na tornozeleira usada por Acson.


Leia Também...

0 comentários