Banco do Brasil isenta clientes de nova tarifa do cheque especial em 2020

08:46:00


O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (23), que vai isentar a nova cobrança de tarifa de até 0,25% ao mês para todos os clientes com limite no cheque especial.

A resolução (CMN 4765) prevê que os bancos possam cobrar essa modalidade de tarifa a partir de 06 de janeiro de 2020 para novos clientes. Mas o BB optou pela isenção para atuais e novos clientes ao longo de 2020.

O Banco Central definiu novas regras para o cheque especial em novembro, e essa cobrança automática é uma delas.

Funciona assim: quem tiver limite de até R$ 500 no cheque especial e não fizer uso do dinheiro não paga nada. Acima disso, o banco poderá cobrar 0,25% sobre o valor disponível que exceder esses R$ 500 – mesmo que o cliente não encoste no dinheiro.

Caso use o cheque especial, a pessoa fica isenta dessa taxa e paga o juro de até 8% ao mês, equivalente a cerca de 150% ao ano. Esse teto continua valendo para os clientes do Banco do Brasil – nada mudou nesse aspecto.

Com a medida, o banco busca fortalecer o relacionamento com seus clientes e aprimorar a experiência na utilização de seus produtos e serviços.

“A isenção da tarifa no cheque especial demonstra que proporcionar a melhor experiência para nossos clientes está no centro da nossa estratégia. A medida demonstra que buscamos cada vez mais aliar a oferta de produtos e serviços de qualidade, com a definição de preços e taxas ainda mais competitivos”, afirmou Rubem Novaes, presidente do Banco do Brasil.


Considerando o acumulado até outubro, o juro médio do cheque ficou em 305,9% ao ano. Com a mudança, os juros cairão praticamente pela metade, a 150% ao ano, segundo o diretor de Organização do Sistema Financeiro e Resolução do Banco Central, João Manoel Pinho de Mello.


Leia Também...

0 comentários