sábado, 16 de fevereiro de 2019


Caicó recebe sinalização turística

A cidade de Caicó está ganhando neste sábado (16), sua sinalização turística. Esse trabalho é uma parceria da Prefeitura com o governo estado através do governo cidadão.   A equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do município fez todos levantamento dos pontos ainda em 2017 e solicitou a inclusão as ações do governo do Estado.

Carreta bitrem com carga de algodão incendeia em Caicó


Uma carreta carregada de algodão incendiou na BR - 437, estrada que liga Caicó a Serra Negra do Norte, na altura da fazenda Lagoa da Serra, próximo ao Posto da PRF.

O acidente aconteceu por volta das 5:00 horas da manhã deste sábado (16). O motorista saiu ileso do veículo e toda a carga foi queimada.

Bombeiros de Caicó foram acionados para o local e conseguiram conter as chamadas.

Imagem via WhatsApp.

Helicóptero que transportava Boechat sofreu pane mecânico


O helicóptero que transportava o jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, sofreu uma pane mecânica antes de cair na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, apontam informações preliminares da Polícia Civil. O inquérito policial não deve responsabilizar criminalmente nenhum dos envolvidos. O piloto Ronaldo Quattrucci, de 56 anos, também morreu no acidente.

A queda aconteceu na última segunda-feira, 11. “Houve uma pane mecânica. Quer dizer, não há de se falar que o cara ia por um remold lá no motor ou sei lá onde, montar na aeronave e subir”, afirmou ao Estado o delegado Luiz Roberto Hellmeister, responsável pelo inquérito na Polícia Civil. Os investigadores aguardam laudos para confirmar as circunstâncias do acidente.

Quattrucci era sócio majoritário da empresa RQ Serviços Aéreos Especializados, com sede em São Paulo. “Ele era dono da aeronave e único piloto da empresa. Ficou comprovado por profissionais da área que ele fez todo procedimento de pouso de emergência”, disse Hellmeister.

Para o delegado, as investigações, até o momento, apontam para possível responsabilidade administrativa – e não criminal – de pessoas vinculadas à empresa. Dois dias após a tragédia, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) suspendeu a RQ Serviços Aéreos por haver “indícios” que ela prestava serviços de táxi-aéreo sem autorização.

A versão foi confirmada à Polícia Civil nesta sexta-feira, 15, pelo filho e sócio do piloto, o nutricionista Rodrigo Quattrucci, de 23 anos, detentor de menos de 2% das ações da RQ Serviços Aéreos. Segundo as investigações, ele só teria ido quatro vezes na empresa desde a fundação, em março de 2004.

Na delegacia, ele informou que a aeronave não tinha seguro. Havia apenas seguro para os tripulantes, que teria sido posto à disposição de familiares das vítimas e do motorista do caminhão em que o helicóptero colidiu.

Boechat morreu por politraumatismo

Laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que Boechat morreu em decorrência de politraumatismo provocado pela queda do helicóptero. De acordo com o documento, o jornalista sofreu traumatismos torácico e abdominal, “caracterizando politraumatismo, com carbonização secundária”.

O exame não apontou indícios de que Boechat inspirou fuligem ou fumaça antes de morrer. “(Foi detectada) uma concentração abaixo de 10% de carboxihemoglobina (intoxicação por monóxido de carbono) no sangue, o que indica que a vítima já se encontrava em óbito antes da exposição ao gás”, afirma o laudo. O corpo do jornalista foi reconhecido pela arcada dentária.

Estadão Conteúdo.




LK MULTIMARCAS EM CAICÓ

T-shirt PoloVip 100% algodão com acabamento corte lateral e malha menegoth você vai encontrar na loja LK MULTIMARCAS

tamanhos P ao XXGG

Valor R$ 29,90 à vista
ou 4x R$ 9,90 no cartão

LK MULTIMARCAS
84 - 9.9927-8030.

Pivô da crise dos laranjas, ministro diz a aliados que deixará governo Bolsonaro

Após ser chamado publicamente de mentiroso pelo presidente Jair Bolsonaro, o ministro Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral da Presidência), parece não ter conseguido respaldo para continuar no cargo. Pivô da crise envolvendo denúncias de candidaturas laranjas no PSL, o antes considerado homem de confiança de Bolsonaro participou de uma série de reuniões com outros ministros palacianos nesta sexta-feira (15). E, pelo visto, a saída de Bebianno do governo está próxima.

Segundo reportagem da Folha de São Paulo, Bolsonaro informou a Bebianno que a saída dele será formalizada na segunda-feira (18). Já o ministro, que era presidente do PSL durante a campanha vitoriosa de Bolsonaro, também teria avisado a aliados que deixará o cargo.

A gota d'água para a saída do ministro teria sido o vazamento de diálogos privados entre ele e Bolsonaro. O que foi desmentido pelo presidente e por seu filho, o vereador carioca Carlos Bolsonaro.