domingo, 3 de novembro de 2019


RN tem 20,5% de candidatos ausentes no primeiro dia de provas do Enem 2019

     Caderno de provas do Enem 2019 - 1º dia — Foto: Ana Carolina Moreno/G1

O Exame Nacional do Ensino Médio teve 20,5% de candidatos faltosos no Rio Grande do Norte neste domingo (3), primeiro dia de provas. Os dados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Legislação e Documentos (Inep)
Ao todo, o RN teve 119.324 inscritos no Enem 2019. Destes, 94.894 (79,5%) compareceram à prova e 24.430 faltaram.
O instituto informou, ainda, que em todo o país 3,9 milhões de candidatos fizeram a prova neste domingo (3), de um total de 5,09 milhões de inscritos. Isso representa um índice de presença de 77%, e abstenção de 23%.

O balanço aponta, ainda, que, em todo o país, 376 candidatos foram eliminados no primeiro dia do Enem 2019. Eles tiveram problemas com equipamentos eletrônicos, saíram mais cedo da sala ou não atenderam a orientações dos fiscais.
Outras 93 pessoas foram afetadas por questões logísticas. Isso significa que elas tiveram problemas médicos ou estavam em locais em que ocorreram falta de energia ou água.
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 foi realizado neste domingo (3), e tem nova fase marcada para o dia 10 de novembro. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aplicou a prova em 10.133 locais, em 1.727 municípios brasileiros.
Neste domingo, foram aplicadas 45 questões de linguagens, 45 questões de ciências humanas e a redação - cujo tema foi "democratização do acesso ao cinema no Brasil". No próximo fim de semana, o exame abrangerá 45 questões de ciências da natureza e 45 questões de matemática.

Enem: 1,2 milhão de inscritos faltaram; 376 foram eliminados

Cerca de 3,9 milhões de pessoas fizeram hoje (3) o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os cerca de 1,2 milhão de faltosos representam 23% do total de 5,1 milhões de inscritos. Ao todo, 376 pessoas foram eliminadas por descumprirem as regras do exame. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).    

“Deu tudo certo, foi tudo perfeito, funcionou tudo bem. Tivemos a mais baixa abstenção da história”, avaliou o ministro da Educação, Abraham Weintraub. A taxa é mais baixa que a de faltas no primeiro dia de prova do ano passado, quando 24,9% dos inscritos não compareceram ao exame.
O índice total de abstenções no Enem 2019 será fechado apenas após o segundo dia de aplicação, no próximo domingo (10). Quem não fez a prova neste domingo, ainda poderá comparecer ao segundo e último dia do exame.
O ministro avaliou o número de eliminados como baixo. Neste ano, o Enem passou a ter uma nova regra, candidatos cujos aparelhos eletrônicos que emitissem qualquer som, mesmo dentro do envelope porta-objetos seriam eliminados.

Vazamento da prova

Uma foto da prova de redação do Enem vazou hoje nas redes sociais. Segundo Weintraub, as investigações, a cargo da Polícia Federal, indicam que a foto foi tirada por um aplicador de prova.  
O ministro explicou que a suspeita de que tenha sido um aplicador se deve ao fato de que aparecem na imagem três provas de pessoas que faltaram ao exame e apenas aplicadores têm acesso ao caderno de provas de candidatos faltosos. A identificação é possível devido ao código de cada prova. “Houve a tentativa de macular, de colocar em cheque o Enem, ele foi um péssimo profissional, péssima pessoa ao fazer isso, mexe com a vida de 5 milhões de pessoas”, disse o ministro.  
Segundo o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, ao contrário dos participantes, que são eliminados se os celulares estiverem fora do envelope porta-objetos, os aplicadores podem portar os aparelhos.
“Porque eles entram em contato com os coordenadores para reportar problemas ou pedir orientações”, explicou Lopes. No entanto, no momento de abertura dos malotes e distribuição das provas, os aplicadores são orientados a não portarem celulares.
Segundo o ministro da Educação, apesar de a imagem ser verdadeira, o vazamento não causou prejuízo aos participantes, uma vez que a imagem foi divulgada após o início da aplicação: “O impacto foi zero”.
O ministro defendeu uma punição severa ao culpado por divulgar a imagem: “O que a gente vai tentar fazer é escangalhar ao máximo a vida dele. Eu sou a favor sempre de que pessoa que é um transgressor pague o preço da transgressão dela”, disse. “A gente vai atrás de absolutamente tudo que puder fazer para essa pessoa pagar pela má fé dela, pela falsidade, pela traição que ela cometeu. Absolutamente tudo. Se der para ser criminal, criminal, cível, absolutamente tudo que a gente puder fazer para essa pessoa realmente se arrepender amargamente de um dia ter vindo ao mundo”, complementou.

Tema da redação

tema da redação deste ano foi Democratização do acesso ao cinema no Brasil. “Antigamente para ter acesso ao cinema, precisava de estrutura grande para produzir um filme e estrutura para ver o filme. Hoje, [a gente] vê o filme aqui”, disse levantando o celular. “Consegue fazer filme de coisa barata, isso democratizou”.
Segundo o ministro, não há uma resposta única para a redação. “O objetivo da redação é a pessoa conseguir elaborar um texto com argumentos racionais tangíveis e bem escrito. Achei muito bom o tema, gostei do tema, porque tinha várias possibilidades”, disse.
Sobre os conteúdos da prova como um todo, ele ressaltou que a orientação foi a elaboração de uma prova por meio da qual fosse possível selecionar pessoas qualificadas para entrar na faculdade: “O objetivo do Enem é selecionar as pessoas mais capacitadas. E acho que foi plenamente atendido”. Ele reafirmou que nem ele, nem o presidente do Inep tiveram acesso às provas com antecedência. “Tivemos contato com a prova hoje”.
Os participantes fizeram hoje as provas de redação, ciências humanas e linguagens. No dia 10, farão as provas de matemática e ciências da natureza. Agência Brasil

Homem é preso após ameaçar familiares com arma e reagir a abordagem policial no interior do RN


Um homem de 47 anos foi preso após ameaçar a sua companheira com uma arma de fogo e ainda reagir à abordagem policial, segundo informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O caso aconteceu em São José de Mipibu, região metropolitana de Natal, na tarde deste sábado (2).
De acordo com a PRF, uma mulher chegou à Unidade Operacional da PRF, na BR-101, pedindo ajuda aos policiais, porque o marido da sua mãe estaria armado e muito violento, ameaçando a família.
Ao chegar na comunidade de Areia, onde a família mora, os policiais se depararam com o suspeito, que reagiu à abordagem e atirou. Segundo a PRF, a equipe deu ordem de prisão, mas o homem precisou ser contido fisicamente. Ele ainda apresentava sinais de embriaguez.
Após a detenção, o revólver calibre .38 e cinco munições, sendo uma deflagrada, foram apreendidos. Na delegacia especializada de proteção à mulher na Zona Norte da capital, o homem foi enquadrado por tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo e resistência.  G1/RN.

Fábio Carille é demitido do Corinthians após derrota para o Flamengo


Fábio Carille não é mais técnico do Corinthians. O treinador deixou o comando do Timão após a derrota por 4 a 1 para o Flamengo, neste domingo, no Maracanã.
Além de Carille, deixam o clube o auxiliar Leandro da Silva, o Cuca, e o preparador físico Walmir Cruz. O coordenador de futebol Emerson Sheik e o gerente de futebol Vilson Menezes também têm cargo ameaçado. Todos voltam no mesmo voo da delegação a São Paulo. 

– Nós tiramos. Foi uma conversa, toda conversa de demissão é triste, ainda mais de um treinador que tem história grande no Corinthians. Tivemos de tomar essa decisão – afirmou o presidente Andrés Sanchez, após a partida.

Flamengo goleia Corinthians e mantém vantagem na ponta do Brasileiro


O Flamengo derrotou o Corinthians por 4 a 1 neste domingo (3) no estádio do Maracanã em jogo válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com este resultado o líder da competição mantém a vantagem de 8 pontos em relação ao vice-líder Palmeiras.

O jogo


Mesmo jogando em casa, o Flamengo encontrava dificuldades diante de um Corinthians que se defendia muito bem no primeiro tempo. Assim, o primeiro gol saiu apenas aos 42 minutos de partida, quando o juiz marcou pênalti a favor da equipe carioca.

Bruno Henrique foi para a cobrança, o goleiro Cássio consegue defender parcialmente, mas o atacante aproveita o rebote para abrir o marcador aos 45 minutos.

Um minuto depois o Flamengo amplia para 2 a 0. O meia Gerson recupera a bola após saída do Corinthians e acerta passe milimétrico para Bruno Henrique, que bate de cobertura na saída de Cássio.
3 gols de Bruno Henrique

Com menos de um minuto do segundo tempo o camisa 27 do Flamengo chegou ao seu terceiro gol na partida. Ele recebe na ponta esquerda, avança em velocidade e bate colocado.

Mas o Corinthians não se deu por vencido e conseguiu descontar aos 6 minutos da etapa final. Mateus Vital recebe cruzamento de Pedrinho e marca de cabeça.

Contudo, o dia era do Flamengo. E o rubro-negro carioca ampliou com Vitinho aos 21 minutos. O camisa 11 recebeu na intermediária e acertou um chute muito forte de esquerda.

Com esta vitória o time carioca chega à marca de 17 jogos de invencibilidade nesta edição da competição.

Vitória do Palmeiras


Em jogo realizado no último sábado o vice-líder Palmeiras derrotou o Ceará por 1 a 0 com um gol do meia Zé Rafael.

Também no sábado Fortaleza e Atlético Mineiro empataram em 2 a 2, Fluminense e Vasco ficaram no 0 a 0 e o São Paulo derrotou a Chapecoense por 3 a 0.

Morre Walter Mercado, o astrólogo do ‘ligue já’


O astrólogo porto-riquenho Walter Mercado morreu na noite deste sábado (2) aos 87 anos. A porta-voz do hospital Sofía Luquis disse à Associated Press no domingo (3) que Mercado morreu de insuficiência renal no Hospital Auxilio Mutuo, em San Juan, no final do sábado.
Ela não estava autorizada a divulgar mais detalhes, incluindo quantos dias ele havia sido hospitalizado e se havia se mudado de volta para Porto Rico, do sul da Flórida.
Mercado nasceu em Ponce, uma das maiores cidades de Porto Rico. Ele trabalhou brevemente em emissoras de TV no território do Caribe dos EUA antes de se mudar para o sul da Flórida.
Lá, ele ganhou fama por seu segmento diário de horóscopo na TV em espanhol, transmitido de maneira dramática com um toque exagerado do som “r”. Ele utilizava longos e coloridos tecidos e enormes anéis de pedras preciosas, que ele exibia enquanto apontava para telespectadores.
Sua frase de efeito para o público era: “Acima de tudo, muito e muito amor”.
Mercado nunca declarou publicamente sua sexualidade, mas ele era um ícone na comunidade gay como alguém que desafiava a cultura conservadora da televisão na América Latina.
“Ele confere à drag queen autoridade papal”, escreveu Diana Taylor, professora da Escola Tisch de Artes Cênicas da Universidade de Nova York, em uma crítica de 2003.

No Brasil, Walter Mercado ficou famoso durante os anos 1990 com seu bordão ‘Ligue já’, utilizado em campanhas publicitárias para anunciar serviços de consulta astrológica.
Em 1998, Mercado teve problemas por endossar supostos produtos de saúde e beleza.
Ele foi citado em uma ação coletiva que o acusou de induzir pessoas a comprarem pedras com supostos poderes especiais. O presidente da joalheria, Unique Gems International Corp., foi condenado a 14 anos de prisão por enganar 16 mil pessoas em uma fraude de US$ 90 milhões.
Em outubro de 2010, Mercado anunciou que estava mudando seu nome para “Shanti Ananda”. Nesse mesmo ano, ele parou de filmar seu segmento no canal de TV em espanhol da Univision. Meses depois, ele começou a entregar horóscopos diários através do jornal El Nuevo Herald, em Miami.
Mercado foi hospitalizado em dezembro de 2011 em Porto Rico, após um resfriado que se transformou em pneumonia. Seu estado de saúde piorou e ele foi transferido para um hospital em Ohio. Mais tarde foi revelado que ele havia sofrido um ataque cardíaco.

“Enem 2019: estudante fotografa prova de redação e distribui por WhatsApp “


“O ministro da Educação Abraham Weintraub confirmou, neste domingo (3), que uma foto da prova de redação do Enem 2019 que está circulando em mensagens de Whatsapp, desde aproximadamente 14h30, é verdadeira.
A imagem traz o tema da redação e os quatro textos de apoio. De acordo com Weintraub, o vazamento foi feito, provavelmente, em Pernambuco e a Polícia Federal está investigando o caso.
O edital do Enem proíbe os estudantes de usar celular ou qualquer dispositivo eletrônico. Os portões do local de prova fecharam às 13h e o exame teve início às 13h30. Cerca de uma hora depois, a foto com a página da redação já circulava em grupos de Whatsapp.
“Saiu agora sobre uma prova, uma foto de uma prova, a foto é verdadeira, mas em nada compromete a realização do Enem”, disse Weintraub. “A prova já havia sido distribuída para todo mundo e alguém tirou uma foto e colocou nas redes. Isso não compromete em nada, tudo segue normal. Agora a Polícia Federal vai identificar essa pessoa responsável e vai tomar as devidas providências legais contra ela”.

URGENTE: JOVEM É ASSASSINADO NA NOITE DESTE DOMINGO EM CAICÓ



Por volta 19:30 deste domingo (03), um jovem conhecido por "Mário", foi morto a tiros na garagem de uma residência no Conjunto Nova Descoberta em Caicó.

Pelo menos 2 ou 3 indivíduos foram vistos correndo a pé próximo ao local do crime. 

Policia Civil e ITEP foram acionados para o local.

Democratização do acesso ao cinema no Brasil é tema da redação do Enem


Democratização do acesso ao cinema no Brasil é o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Hoje (3), os participantes do exame fazem, além da redação, as provas de linguagens e ciências humanas. As provas começaram a ser aplicadas às 13h30 e vão até as 19h, no horário de Brasília.
O tema foi anunciado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, pelo Twitter. “Esse é o tema, estou aqui em Palmas, capital do estado de Tocantins, no colégio da Polícia Militar conferindo se o Enem está indo tudo bem. Tudo 100%, zero de atraso, zero de problemas, tudo caminhando para ser o melhor Enem de todos os tempos”, disse em vídeo.
A prova de redação é a única subjetiva do exame e um bom desempenho pode ser decisivo para os candidatos. Cada redação é corrigida por duas pessoas. Elas dão notas de 0 a 200 para cada uma das cinco competências avaliadas no Enem. A nota final é a média aritmética das duas notas.
Caso haja uma diferença entre as notas de mais de 100 pontos na nota final ou de mais de 80 pontos em qualquer uma das competências, a redação passa por um terceiro avaliador.
Se a diferença entre as notas dadas se mantiver, a redação é avaliada por uma banca presencial composta por três professores, que define a nota final do participante.
As cinco competências avaliadas na redação do Enem são:
1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa.
2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.
3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

No dia do Enem, celulares voltam a adiantar hora mesmo sem horário de verão


Usuários relataram nas redes sociais que o relógio de seus aparelhos celulares foi adiantado de forma automática para o horário de verão na madrugada deste domingo (3). O problema já havia ocorrido no fim de semana de 19 e 20 de outubro, data padrão da mudança, mas que foi revogada este ano pelo presidente Jair Bolsonaro.
A reprogramação já era prevista, porque o horário de verão em 2018 teve início no primeiro fim de semana de novembro. No ano passado, usuários tiveram a mesma reclamação. Relembre
Na última sexta-feira (1º), o Google havia publicado um anúncio oficial recomendando que usuários de Android no Brasil alterassem as configurações automáticas de data e hora; saiba como fazer isso. O Google sugere manter a desativação até o dia 16 de fevereiro, quando o horário de verão chegaria ao fim, se ainda estivesse em vigor.
No último dia 18, as operadoras de telefonia disseram que tinham “desprogramaram a alteração” em suas plataformas, “de acordo com o novo decreto presidencial”. Mas, no dia 20, alguns usuários constataram a mudança de horário automática em seus aparelhos.

Investigadas em esquema de laranjas do PSL dizem que verba delas ajudou Bolsonaro


As três principais candidatas do PSL suspeitas de serem laranjas em Pernambuco afirmaram, em depoimentos à Polícia Federal, que as gráficas que aparecem nas prestações de contas realizaram trabalhos encomendados para impulsionar a candidatura do presidente Jair Bolsonaro, também do PSL. De acordo com a reportagem da Folha de São Paulo, as três negaram terem participado de irregularidades.
A reportagem conta ainda que uma das investigadas disse que todos os dias um contêiner com material gráfico saía do comitê do partido para ser distribuído em todo o estado. Ela ainda alegou que todos os candidatos do partido produziram material para Bolsonaro.
De acordo com a publicação, um ex-dirigente do PSL de Pernambuco tido como interlocutor entre o partido na esfera estadual e a campanha nacional de Bolsonaro disse em depoimento que, quando havia necessidade de produção de material de campanha, seja para Bolsonaro, seja para candidatos a deputados, fazia o pedido diretamente a assessores de Luciano Bivar, deputado federal e presidente do PSL.
As três candidatas são investigadas por terem recebido R$ 781,6 mil em dinheiro público do PSL apesar de não haver sinais de que tenham feito campanha efetiva, caso revelado pela Folha em fevereiro.

Casos de morte por dengue aumentam 5 vezes em relação ao ano passado


Até 12 de outubro deste ano, houve 689 mortes em decorrência da dengue em todo o país, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, número quase 5,4 vezes maior que as 128 mortes registradas no mesmo período de 2018.  

Ao todo, foram registrados 1.489.457 milhões casos notificados de dengue em 2019, até o 12 outubro, número cerca de 690% maior do que os 215.585 casos de 2018. A dengue atinge até o momento 708,8 em cada 100 mil habitantes. A região com a maior taxa de incidência é a Centro-Oeste, com 1.235,8 para cada grupo de 100 mil habitantes, apesar de ter um número menor de casos.
Os estados de Minas Gerais (482.739), onde houve 154 mortes confirmadas, e São Paulo (442.014), com 247 mortes confirmadas, concentram 62% dos casos prováveis. No Sudeste, a taxa de incidência é 1.151,8 para cada grupo de 100 mil habitantes.
No período, o ano de 2019 é o terceiro com a maior notificação de casos de dengue no Brasil desde o início da série histórica, em 1998, ficando atrás somente de 2015 (1,68 milhão) e 2016 (1,5 milhão).

Conta de luz para os brasileiros em 2020 pode ter aumento de 2,42%


As contas de luz dos consumidores de todo o país poderão ter um aumento médio de 2,42% em 2020. O aumento consta de uma consulta pública aberta ontem (30) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) sobre o orçamento para a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), um dos subsídios pagos pelos consumidores de energia.

Em 2020, a Aneel aprovou um orçamento para a CDE de R$ 22,453 bilhões, um aumento de 11% em relação ao orçamento deste ano, de R$ 20,208 bilhões. Desse montante, a parte paga pelos consumidores teve um aumento de 27% e deve passar de R$ 16,238 bilhões para R$ 20,645 bilhões.